Página 16 dos resultados de 532 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Desenvolvimento de processo continuo de obtenção de frutose a partir de sacarose.; Development of continuous process of attainment of frutose from sacarose.

Clarissa Muller Lorenço
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/02/2004 PT
Relevância na Pesquisa
16.37%
O mercado de consumo da frutose tem aumentado significativamente nos últimos anos, visto que este açúcar está sendo cada vez mais utilizado em substituição à sacarose devido aos benefícios fisiológicos apontados em recentes pesquisas. Dentre muitos métodos para obtenção de frutose de alto grau de pureza a partir da sacarose, a utilização de enzimas imobilizadas em biorreatores apresenta vantagens como a utilização de condições operacionais amenas e baixa formação de subprodutos. A mistura de glicose e frutose resultante pode ser separada por técnicas cromatográficas de baixo custo, como a utilização de zeólitas como adsorvente. O objetivo deste estudo foi desenvolver um processo para obtenção de frutose partindo-se da sacarose. Foi estudada a hidrólise em leito contendo a enzima inulinase imobilizada e a seguir, a separação da glicose e frutose feita em colunas de adsorção contendo zeólitas Y. Inicialmente realizou-se a caracterização da inulinase de Kluyveromyces marxianus var. bulgaricus imobilizada em alginato de cálcio com adição carvão ativado e foi observado que a meia-vida da enzima é aumentada, sendo que a 50oC é de 11,1 dias, o que representa boas perspectivas de utilização industrial. Obteve-se ainda a temperatura ideal de processo para o biorreator...

Remoção de cromo de solução aquosa utilizando rocha sedimentar contendo zeolita; Chromium removal from aqueous soolution using zeolite bearing sedimentary rock

Sandra Maria Dal Bosco
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
16.37%
Além do enriquecimento de metais pesados em águas subterrâneas devido aos processos biogeoquímicos que ocorrem na natureza, as atividades industriais, agrícolas e outras têm contribuído para um aumento significativo nas concentrações de íons metálicos em águas, representando importantes fontes de contaminação dos corpos aquáticos e provocando preocupações principalmente quando se considera que tais íons podem ser disseminados via cadeia alimentar. O cromo, objeto deste estudo, é um dos metais potencialmente tóxicos encontrados em água subterrânea. Em águas naturais, o cromo pode ocorrer nas formas químicas Cr(III) e Cr(VI), estáveis em meio aeróbio. A ingestão de águas contaminadas com Cr(VI) pode causar vários danos à saúde como dermatite alérgica, ulcerações na pele, perfurações do septo nasal e câncer. Embora o Cr(III) seja reconhecido como menos móvel e menos tóxico que o Cr(VI), vários processos podem induzir o intercâmbio entre as espécies Cr(VI) e Cr(III) revelando a importância de prevenir concentrações excessivas de cromo em água. Neste trabalho, foi avaliado o comportamento de um arenito contendo zeólita, proveniente da Formação Corda, Bacia do Parnaíba, como trocador catiônico...

Estudo cinetico do craqueamento catalitico de moleculas modelo de hidrocarbonetos em catalisadores de FCC; Kinetic study of the ctalytic cracking of hydrocarbons model molecules on Fcc catalysts

Adriana Siviero Pagani
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
16.37%
O 1-octeno, 2,2,4-trimetil-pentano e n-octano foram utilizados como moléculas modelo para o estudo experimental e de modelagem do craqueamento catalítico na superfície de dois catalisadores comerciais (PETROBRAS), compostos por zeólita USY e matriz (SiO2-Al2O3) com impregnação de terras raras (CTR) e sem a impregnação de terras raras (STR), ambos desativados pelo método vapor. Os testes de craqueamento catalítico foram realizados em fase gasosa em reator tubular de leito fixo, construído em quartzo, na faixa de temperatura de 325 a 685 K para o 1-octeno, 725 a 950 K para o 2,2,4-trimetil-pentano e 815 a 975 K para o n-octano à pressão atmosférica. O catalisador STR apresentou valores de taxa de giro (s-1) maiores que os encontrados para o CTR. As energias de ativação aparente apresentaram a seguinte ordem decrescente: n-octano (STR: 180 kJ mol-1 e CTR: 192 kJ mol-1) > 2,2,4-trimetil-pentano (STR: 121 kJ mol-1 / CTR: 127 kJ mol-1) > 1-octeno (STR: 18 kJ mol-1 / CTR: 23 kJ mol-1). Os mecanismos de reações foram determinados para as três moléculas modelo através dos produtos de reação determinados experimentalmente e considerando as famílias de reações de iniciação, isomerização, transferência de hidrogênio...

Simulação do processo de adsorção psa para separação da mistura etanol-água; Simulation of the adsorption process psa for separation of ethanol-water mixtures

Natalie Alexandra Amézquita Fonseca
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/07/2011 PT
Relevância na Pesquisa
16.37%
Um dos problemas na produção de etanol é o elevado custo energético associado a sua separação por causa do excesso de água e a existência de um azeótropo na mistura etanol - água, pelo que através da destilação convencional esta mistura só pode ser separada até um máximo de 95% em peso. Existe na atualidade um notável interesse no desenvolvimento de processos tecnológicos com o objetivo de melhorar as técnicas de separação necessárias para isolar o etanol do produto obtido na fermentação. Convencionalmente as técnicas empregadas para a purificação final na etapa posterior à destilação convencional são a destilação azeotrópica e a destilação extrativa, embora a importância relativa da adsorção tenha aumentado nos últimos anos como conseqüência do desenvolvimento dos processos de adsorção, a invenção das peneiras moleculares. Desta forma o processo PSA (Pressure Swing Adsorption) como um processo de maior eficiência térmica tornou se uma alternativa à destilação azeótropica. No entanto, o desenho e a análise de um sistema PSA é uma tarefa difícil devido ao grande número de parâmetros envolvidos na simulação numérica, pelo que é de grande importância a utilização de simuladores comerciais no estúdio deste tipo de processos. No presente trabalho foi estudada a dinâmica do processo PSA para a desidratação de etanol com zeólitas 3A mediante sua simulação no Software comercial Aspen Adsim. Foram estimados a partir de dados experimentais encontrados na literatura os parâmetros da Isoterma de Langmuir e o coeficiente de transferência de massa dado por LDF e estabelecido o ciclo de Adsorção PSA completo. As condições utilizadas foram similares as indústrias e foram estabelecidos ciclos por médio da ferramenta Cycle Organizer do simulador com 4 passos básicos assim: Adsorção...

Estruturas 3D a partir de estruturas 2D : transformações hidrotérmica e topotática; 3D structures from 2D ones : hydrothermal and topoctatic transformation

Francisca Solânea de Oliveira Ramos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/07/2012 PT
Relevância na Pesquisa
16.37%
A aplicação dos silicatos lamelares como catalisadores apresenta como limitações as baixas área superficial e acidez, porém, esses sólidos têm como principais propriedades a reatividade dos grupos Si-OH e Si-ONa da superfície de suas lamelas e sua capacidade de troca iônica. Em função disso, esses sólidos podem sofrer uma variedade de modificações em sua superfície e em seu espaço lamelar e até passar de uma estrutura 2D para uma estrutura 3D. As lamelas do silicato lamelar Na-RUB-18, além de serem recobertas por Si-OH e Si-O, são constituídas de cavidades de quatro anéis de cinco membros [5], presentes tanto no RUB-24 quanto na MOR, assim como em outros zeólitos, indicando que tal lamelar seja potencial precursor de estruturas zeolíticas. Por tais motivos, o presente trabalho teve como objetivo estudar e descrever como o Na-RUB-18 se transforma nas estruturas zeolíticas MOR e RUB-24, por processos hidrotérmico e topotático, respectivamente, e como essas estruturas 2D e 3D se relacionam. A gradual aproximação das lamelas do Na-RUB-18 e conseqüente condensação dos grupos Si-OH, ou seja, unidades Q ([O4Si]3Si-OH), ocasiona a formação de ligações Si-O-Si, unidades Q ([O4Si]4-Si), gerando a estrutura 3D. No caso do zeólito MOR...

[V,AI]-MCM-22 - um catalisador redox bifuncional; [V,AI]-MCM-22 - a bifunctional redox catalyst

Angela Albuquerque
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/07/2006 PT
Relevância na Pesquisa
16.37%
A síntese da peneira molecular vanadoaluminossilicato com estrutura MWW, [V,Al]-MCM-22, foi realizada por tratamento hidrotérmico estático. Os materiais recém sintetizados, calcinados e trocados com íons H, Na ou K foram caracterizados por diversas técnicas analíticas e espectroscópicas. Foi preparado também um material por troca iônica do [Al]-MCM-22 com íons vanadila, o VO-[Al]-MCM-22. Todos os materiais apresentaram estrutura cristalina semelhante à observada para o [Al]-MCM-22. A presença de sítios redox (pares V/ V) foi monitorada por espectroscopia no UV -Vis com refletância difusa e por espectroscopia de infravermelho com transformada de Fourier (FTlR) com adsorção de CO a 100 K. As características ácidas foram monitoradas por FTlR com adsorção de NH3 e por dessorção termoprogramada (TPD) de NH3. Em testes catalíticos na reação de desidrogenação oxidativa do propano, os vanadoaluminossilicatos apresentaram maiores valores de conversão em relação aos aluminossilicatos, com valores de seletividade semelhantes. A troca iônica com íons alcalinos pode promover modulação na acidez dos catalisadores, tomando-os mais seletivos, por diminuir a seletividade para produtos de craqueamento.; The synthesis of the vanadoaluminosilicate molecular sieve with MWW structure...

Nanocompósitos polímero-aluminofosfatos (silicatos) lamelares : preparação, caracterização e propriedades; Layered (silicates) aluminophosphates-based polymer nanocomposites : preparation, characterization and properties

Guilherme Bicaleto Superti
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
16.37%
Este trabalho descreve a síntese de dois materiais lamelares, um silicato, a magadiita, e um aluminofosfato, a AlPO-kanemita. No primeiro caso foi feita a substituição isomórfica com alumínio e no segundo com ferro ou vanádio e também se variou os tipos de alquilaminas no espaço interlamelar, alternandose cadeias longas e curtas. A magadiita foi convertida em sua forma ácida por dois métodos diferentes: um pela troca iônica com NH4+ e outro pela troca iônica com HCl. Estudos de DRX em temperaturas crescentes demonstraram que a estabilidade térmica da magadiita não se altera após a introdução de alumínio. A acidez dos materiais foi avaliada pelo monitoramento por FTIR do CO adsorvido e verificou-se que a introdução de alumínio produz sítios de alta acidez, comparável aos zeólitos. A comparação dos dois materiais ácidos diferentes indicou que os sítios produzidos por desamoniação são mais acessíveis ao CO do que os produzidos pela troca com HCl. A AlPO-kanemita foi utilizada na preparação de compósitos poliméricos por dois métodos diferentes, por mistura no estado fundido e polimerização in situ. No primeiro caso os polímeros usados, PP e EVA, não conseguem acessar o espaço interlamelar, enquanto que no segundo caso o PS e a PA6 tem acesso...

A formação da [Al]-magadiita, sua funcionalização e pilarização; [Al]-magadiite crystallization and the preparation of its pillared and aminopropyl-grafted forms

Hipassia Marcondes de Moura
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
16.37%
O estudo da inserção de alumínio na estrutura lamelar da magadiita assim como o acompanhamento de sua cristalização permitiu elucidar os mecanismos de incorporação deste metal neste tipo de silicato, ainda pouco investigado na literatura. Através do monitoramento por técnicas espectroscópicas (RMN de Si e Al, IV-TF e XPS) e não espectroscópicas (DRX, análise elementar e TGA) das etapas de formação da [Al]-magadiita, notou-se que sua obtenção em laboratório pode ser otimizada devido ao uso de sementes do próprio material. Os experimentos de XPS elucidam a [Al]-magadiita como uma estrutura do tipo `coreshell¿, constituída de magadiita silícica sobre a qual encontra-se depositada uma camada de aluminossilicato. Seguido por estudos de adsorção de CO à baixas temperaturas, avaliou-se os sítios ácidos dos materiais obtidos pelo uso de sementes de cristalização assim como a homogeneidade da distribuição da camada de aluminossilicato. A [Al]-magadiita pode apresentar aplicações descritas na literatura como precursora de outras estruturas zeolíticas. Porém, pouco se explora seu uso em outros tipos de modificações como é feita para sua forma livre de alumínio, a magadiita. Nesse sentido, algumas modificações na superfície do aluminossilicato foram investigadas. Dentre elas...

Síntese e caracterização de catalisadores óxidos metálicos para oxidação catalítica total de BTX (benzeno, tolueno e orto-xileno) e transformação química de monoterpenos

Balzer, Rosana
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 162 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
16.37%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas, Programa de Pós-Graduação em Química, Florianópolis, 2014.; A pesquisa sobre o desenvolvimento de novas tecnologias que possibilitem a substituição das fontes energéticas poluentes por fontes limpas e renováveis vem incentivando o aumento de pesquisas na área de catálise heterogênea. Nesse contexto, a emissão de poluentes altamente tóxicos, tais como, BTX através de atividades industriais, causam inúmeros problemas ambientais. Dessa forma, existe uma necessidade para o desenvolvimento de técnicas que sejam economicamente viáveis e capazes de remover de forma eficaz estes poluentes (BTX). A oxidação catalítica tem sido reconhecida como um dos métodos mais eficazes para reduzir as concentrações atmosféricas de BTX. Nesse contexto, pode-se também destacar a importância de reações de epoxidação de substratos naturais renováveis e de baixo custo, destacando-se os terpenos de grande abundância natural no Brasil. Portanto, apresentam-se como matéria-prima de baixo custo a serem explorados. Dessa forma, o objetivo desse trabalho foi o de arquitetar e aperfeiçoar uma unidade catalítica para reações de oxidação e epoxidação...

Estudo e aplicação dos Sistemas ZSM-5 contendo nióbio

Barros, Ivoneide de Carvalho Lopes
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
16.37%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Química, 2007.; A incorporação do metal nióbio em peneiras moleculares microporosas promove novas propriedades a esses materiais. Nesse sentido, foram preparados catalisadores suportados com 2 - 25 % em massa de óxido de nióbio(V) sobre zeólita ZSM-5 de duas fontes: Zeolyst e FCC/Petrobrás. A natureza do metal tem um papel importante na alteração da distribuição e força dos sítios ácidos na superfície do suporte. As amostras foram submetidas a um estudo térmico a fim de otimizar parâmetros e evitar uma possível redução das propriedades ácidas do catalisador por desidroxilação. Os catalisadores modificados, Nb(x)HZSM-5, foram caracterizados através da combinação de métodos térmicos (TG, DTA, DSC) e espectroscópicos (FT-IR e FT-Raman e IR-DRIFT), bem como de RMN-MAS de 29 vi Si e 27Al e CP/MAS de 29Si, DRX, ICP-AES e medidas de área superficial específica (método BET), visando a obtenção de informações estruturais e de estabilidade dos sólidos. As propriedades catalíticas foram verificadas com auxílio das reações modelo de dessulfurização do tiofeno e esterificação do ácido oléico. Para monitorar o rendimento desses processos, foram utilizadas as técnicas de FRX e RMN 1H. Resultados de RMN e DRX indicaram que a estrutura da zeólita contendo Nb não sofreu desaluminização após tratamento térmico...

Mass transport of large molecules in zeolites

Magalhães, Fernão Domingos de Montenegro Baptista Malheiro de
Fonte: Universidade do Porto Publicador: Universidade do Porto
Tipo: Tese de Doutorado Formato: XVIII, 221 f., 28 cm; application/pdf; application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
16.37%
Dissertation submitted for obtain de degree of Doctor of Philosophy, at the University of Massachusetts, under supervision Prof. Conner and Prof. Laurence

Contamination of Zeolites Used in Oxygen Production by PSA: Effects of Water and Carbon Dioxide

J. C. Santos; F. D. Magalhães; A. Mendes
Fonte: Universidade do Porto Publicador: Universidade do Porto
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
16.37%
Pressure swing adsorption (PSA) is one of the technologies used for producing oxygen from air. Besides the cycles employed, the adsorbent used plays an important role. Many adsorbents are nowadays available showing different adsorption properties. The adsorbent contamination that may occur in a working PSA unit has a great impact on the performance of the separation; it is then important to know the behavior of the selected adsorbent toward major contaminants such as water vapor and carbon dioxide. From the study conducted it was possible to conclude that some adsorbents are contaminated in a large extent even after being regenerated at 70 degrees C for 2 h. In this paper, the adsorption equilibrium data for several adsorbents used for oxygen production from air are presented. Oxysiv MDX and Oxysiv 7 from UOP as well as AgLiLSX from Air Products and Chemicals are shown to have very good selectivities for the separation of oxygen from air. The contamination study in a working laboratorial PSA unit packed with MS S 624 from Grace Davison is also presented. In the selected operating conditions, about 30% of the bed was contaminated.

Iron and chromium removal from binary solutions of Fe(III)/Cr(III) and Fe(III)/Cr(VI) by biosorbents supported on zeolites

Silva, Bruna Andreia Nogueira Airosa; Figueiredo, Hugo; Quintelas, C.; Neves, Isabel C.; Tavares, M. T.
Fonte: Faculdade de Engenharia Publicador: Faculdade de Engenharia
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /04/2007 ENG
Relevância na Pesquisa
16.37%
The goal of the present work is the design of a material that may act as a robust and low cost biosorbent for treatment of wastewater with low concentration of metals ions, such as chromium and iron. The removal of metallic ions from binary aqueous solutions of Fe(III)/Cr(III) and Fe(III)/Cr(VI), by an Arthrobacter viscosus biofilm supported on NaY zeolite was investigated. Experiments were repeated without zeolite for comparison purposes. The batch method has been employed, using for both metals in solution different concentrations (10 mg/L, 25 mg/L and 40 mg/L). The affinity of the transition metals for bacteria in suspension and supported on NaY zeolite, as well as the influence of each competitive ion in the removal mechanism, were evaluated. Results indicated that Arthrobacter viscosus is able to retain the metallic ions, although not totally. The removal efficiencies were improved when the biofilm was added to the zeolite, for all the initial concentrations of Cr(III), for the intermediate and higher concentration of Cr(VI) and for all range of initial concentrations of Fe(III), in the presence of Cr(III). The bacteria reduce Cr(VI) to Cr(III) and, only then, this cation may be entrapped in the framework zeolite by ion exchange [1...

Immobilization of Fe(III) complexes of pyridazine derivatives prepared from biosorbents supported on zeolites

Figueiredo, Hugo; Silva, Bruna Andreia Nogueira Airosa; Raposo, M. Manuela M.; Fonseca, António Manuel; Neves, Isabel C.; Quintelas, C.; Tavares, M. T.
Fonte: Elsevier Inc. Publicador: Elsevier Inc.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /03/2008 ENG
Relevância na Pesquisa
16.37%
Immobilization of Fe(III) complexes of pyridazine derivatives was achieved in NaY zeolite, loaded with iron through the action of a robust biosorption mediator consisting of a bacterial biofilm, Arthrobacter viscosus, supported on the zeolite. The objective of this study is the preparation and characterization of new catalytic materials to be used in oxidation reactions under mild conditions. The biosorption of Fe(III) ions was performed starting from aqueous solutions with low concentrations of iron and the highest values of biosorption efficiency for Fe(III) were reached at the beginning of the contact period with the sorbents. The Fe(III) biosorption process was compared with the one of Cr(III) under the same experimental conditions, as this latter case has been well characterized. The sample used in the immobilization of Fe(III) complexes of pyridazine derivatives was prepared from an aqueous solution of 100.0 mgFe/L, without the competing effect of other metals. Fe(III) is retained in the zeolite by ion exchange and coordination with two different pyridazine derivative ligands, 3-ethoxy-6-chloropyridazine (A) and 3-piperidino-6-chloropyridazine (B). The resulting materials were fully characterized by different spectroscopic methods (EPR...

Zeolites as supports for the biorecovery of hexavalent and trivalent chromium

Silva, Bruna Andreia Nogueira Airosa; Figueiredo, Hugo; Quintelas, C.; Neves, Isabel C.; Tavares, M. T.
Fonte: Elsevier Inc. Publicador: Elsevier Inc.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2008 ENG
Relevância na Pesquisa
16.37%
The aim of this study is the preparation and characterization of new catalytic materials to be used in oxidation reactions through the recovery of heavy metals in wastewater. The recovery of Cr(III) and Cr(VI) from aqueous solutions by an Arthrobacter viscosus biofilm supported on NaY zeolite was investigated. Experiments were repeated without the bacteria for comparison purposes. The batch method has been employed, using solutions with chromium concentrations of 10 mg L-1, 25mgL-1, 50mgL-1 and 100 mg L-1. Cr(III) was easily removed from solution due to its positive charge which allows the entrapment in the framework zeolite by ion exchange. However, due to its anionic form Cr(VI) was only removed in the presence of the biofilm that performs its reduction to Cr(III), followed by ion exchange in the zeolite. The best uptake was achieved for initial concentration of 100 mg L-1: 14mg g-1 zeolite for Cr(III) by both systems and 3 mg g-1 zeolite for Cr(VI) by the zeolite with the bacterium biofilm. The modified zeolite samples have been fully characterized by surface analysis (XRD, XPS), chemical analyses (ICPAES), spectroscopic method (FTIR) and microscopic analysis (SEM). The results show that the biofilm of A. viscosus supported on NaY zeolite is able to recover chromium from dilute solutions and the framework zeolite remains unchanged after chromium biosorption.; Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) - programa POCTI/FEDER (POCTI/44449/ CTA/2002)...

Biosorption of Cr VI supported on mordenite zeolite

Figueiredo, Hugo; Silva, Bruna Andreia Nogueira Airosa; Quintelas, C.; Neves, Isabel C.; Tavares, M. T.
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /09/2008 ENG
Relevância na Pesquisa
16.37%
This work reports the usage of a combined zeolite-biosorbent system for the removal and recovery of aqueous CrVI. The biosorption system consisted of a bacterium, Arthrobacter viscosus, supported on two mordenite (MOR) type zeolites with different Si/Al ratio, HMOR (Si/Al = 10) and NaMOR (Si/Al = 6.5). The results show that the biofilm of A. viscosus supported on MOR zeolite is able to recover chromium from dilute solutions. For both biosorption-MOR systems, the maximum removal was obtained for initial concentration of 20 mgCr/L. However, the best results were obtained for HMOR-system with a removal of 52.1 % for the diluted concentration and the best uptake, 3.3 mgCr VI/gzeolite, was achieved for the initial concentration of 100 mgCr/L. The Langmuir isotherm model was applied with good fitting to the experimental data.; Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)

Fructooligosaccharides production using immobilized cells of Aspergillus japonicus

Mussatto, Solange I.; Dragone, Giuliano; Rodrigues, L. R.; Teixeira, J. A.
Fonte: Universidade do Minho. Departamento de Engenharia Biológica Publicador: Universidade do Minho. Departamento de Engenharia Biológica
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /09/2008 ENG
Relevância na Pesquisa
16.37%
The fructooligosaccharides (FOS) production using immobilized cells of the fungus Aspergillus japonicus ATCC 20236 was evaluated. Polyurethane foam, stainless steel sponge, vegetal fiber sponge, pumice stones, zeolites and cork were tested as immobilization carrier during the fermentation under submerged conditions. Experiments were carried out in 500 ml Erlenmeyer flasks containing 1 g of carrier and 100 ml of sucrose medium (165 g/l) enriched with nutrient sources. The flasks were agitated in an orbital shaker at 160 rpm, 28°C, for 48 h. Samples were withdrawn during the fermentation to determine the consumption of sucrose, liberation of glucose and fructose to the medium, production of FOS (1-kestose (GF2), 1-nystose (GF3) and 1-β-fructofuranosyl nystose (GF4)) and enzymatic activity of β-fructofuranosidase. At the fermentation end, the cell mass adhered to the carrier was quantified. The microorganism adhesion to the carrier varied to each tested material. Consequently, the FOS production and enzymatic activity also varied to each medium, due to the differences in the amount of free and immobilized cells present. The highest values of immobilized cells, FOS production and enzymatic activity were achieved by using vegetal fiber sponge as immobilization carrier...

Iron and chromium removal from binary solutions of Fe(III)/Cr(III) and Fe(III)/Cr(VI) by biosorbents supported on zeolites

Silva, Bruna Andreia Nogueira Airosa; Figueiredo, Hugo; Quintelas, C.; Neves, Isabel C.; Tavares, M. T.
Fonte: Trans Tech Publications, Switzerland Publicador: Trans Tech Publications, Switzerland
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2008 ENG
Relevância na Pesquisa
16.37%
The removal of metallic ions from binary aqueous solutions of Fe(III)/Cr(III) and Fe(III)/Cr(VI) by an Arthrobacter viscosus biofilm supported on NaY zeolite was investigated. Experiments were repeated with suspended biomass for comparison purposes. Batch assays were performed using different concentrations (10, 25 and 40 mg/L), for both metals in solution. Results indicated that Arthrobacter viscosus is able to retain the metallic ions, although not totally. The removal efficiencies were improved when the biofilm was supported on the zeolite, for all the initial concentrations of Cr(III), for the intermediate and higher concentration of Cr(VI) and for all range of initial concentrations of Fe(III), in the presence of Cr(III). The bacteria reduce Cr(VI) to Cr(III) and, only then, this cation may be entrapped in the framework zeolite by ion exchange. Suspended bacteria had higher affinity for Fe(III), than for Cr(VI) or Cr(III), while the conjugated system was selective to Fe(III) when in the presence of Cr(VI). For solutions of Fe(III)/Cr(III), very high removals were achieved by the supported system, ranging from 94 to 100 % for Cr(III) and from 98 to 100 % for Fe(III). The conjugated system also reached the highest removal ratio of Cr(VI)...

Some considerations about the durability of historic mortars

Torgal, Fernando Pacheco; Gomes, J. P. Castro; Jalali, Said
Fonte: Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) Publicador: Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC)
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2008 ENG
Relevância na Pesquisa
16.37%
The current manuscript discusses the durability of historical mortars. The majority of the descriptions about those mortars are mainly related to the Roman period and refer the mixture of calcium hydroxide and pozzolans (volcanic ashes and calcined clays) as the right recipe to get strong and durable binders. Those descriptions lack explanations about the reaction mechanisms that could explain the durability of those mortars, not can they explain the presence of analcime zeolites that several researchers found in historical mortars. The present manuscript discusses the durability of historical mortars trough the alkali-activation theory, according to which geopolymeric compounds and calcium silicate hydrates are responsible for the durability of historical mortars.

Biosorption of heavy metal and dyes : a promising technology leather wastewater treatment

Rosales, E.; Pazos, M.; Sanromán, M. A.; Tavares, M. T.
Fonte: Centro para a Valorização de Resíduos (CVR) Publicador: Centro para a Valorização de Resíduos (CVR)
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 04/03/2011 ENG
Relevância na Pesquisa
16.37%
The presence of dyes and heavy metals is usual in industrial processes like chrome tanning in tannery industry and their removal may be an environmental problem. Different techniques were developed and applied for the treatment of dyes and heavy metals in effluents. Among them, adsorption showed to be an economic, simple operation and an effective technique. Zeolites have a strong affinity for cations of transition metals, but only little affinity for anions and non-polar organic molecules. The application of a zeolite to heavy metal removal may be improved by the presence of microorganisms. The aim of this work is the treatment of an effluent containing dyes and toxic metals. Several operation parameters such as pH, concentration and kinetic behavior were studied. This innovative process for treating dyes and heavy metal effluents showed that the zeolite-biomass system is able to perform the removal of a combination of Azure B and chromium(VI). A mixture of dye and metal solutions was treated reaching a removal higher than 50% in the case of chromium (VI) and higher than 99% for dye, in 8 days.