Página 15 dos resultados de 8905 itens digitais encontrados em 0.039 segundos

"Atividade física no programa saúde da família, em municípios da 5ª regional de saúde do Estado do Paraná - Brasil" ; Physical Activity in the Health family Program, in cities of 5th Regional of Health in Paraná State - Brazil

Coutinho, Silvano da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/09/2005 PT
Relevância na Pesquisa
96.12%
O objetivo geral desta pesquisa foi identificar e analisar as percepções dos Secretários Municipais de Saúde da 5ª Regional de Saúde do Estado do Paraná acerca da realização de atividades físicas no Programa Saúde da Família (PSF). Como objetivos específicos elegemos caracterizar e analisar a prática da atividade física nos PSFs dos referidos municípios, bem como, verificar a inserção de profissionais de educação física nessas equipes do PSF. Tomamos como pressuposto teórico as discussões sobre promoção da saúde presentes nas Conferências Internacionais de Promoção da Saúde, buscando articulá-las à teoria e a prática da atividade física. Trata-se de um estudo descritivo exploratório (TRIVIÑOS, 1992), com abordagem qualitativa, sendo os sujeitos constituídos de onze secretários de saúde dos municípios da regional citada, e também nove profissionais da área da saúde que são responsáveis pelas atividades físicas realizadas no PSF destes municípios. Os dados empíricos foram coletados através de entrevistas semi-estruturadas realizadas com os secretários de saúde, e também dos questionários aplicados com os profissionais de saúde responsáveis pela realização das atividades físicas. A organização dos dados foi feita conforme ferramenta metodológica do Discurso do Sujeito Coletivo - DSC (LEFÈVRE...

Promoção da saúde: a relação entre aptidão física e fatores de risco biológico das doenças cardiovasculares em escolares

Silva, Marcelo Faria
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.14%
Para Czeresnia (1999), a promoção da saúde representa um conjunto de idéias capazes de redirecionar as práticas em saúde pública. Entre elas, é de se destacar, o instituto recente no espaço da educação formal do conceito de escolas promotoras de saúde. Implícitos neste conceito estão às práticas pedagógicas e ações efetivas com o intuito do desenvolvimento de princípios, valores, atitudes e condutas frente à melhoria da qualidade de vida e ao aprimoramento das bases para hábitos de vida mais ativos. Neste cenário, emergem as preocupações do professor de educação física com o desenvolvimento da aptidão cardiorrespiratória desde a fase escolar no que se refere a menor probabilidade do surgimento de doenças cardiovasculares na idade adulta. A partir disto, os objetivos desta tese são: a) apresentar alguns aspectos históricos relacionados à promoção da saúde no âmbito internacional e nacional e, conseqüentemente, salientar a importância desse quadro teórico na fundamentação das escolas promotoras de saúde e, especificamente, na perspectiva de ações inerentes à prática pedagógica relacionada à educação física escolar e disciplinas afins; b) propor pontos de corte para o teste de corrida e caminhada de 9 minutos considerando sua associação com marcadores biológicos de riscos cardiovasculares e c) identificar a probabilidade de escolares com razão de chances aumentada de fatores de risco cardiovascular a partir do teste de 9 minutos categorizados pelo índice de massa corporal (IMC) e sexo com os marcadores de triglicerídeos (TG)...

Promoção da saúde e atenção primária à saúde em Porto Alegre

Pinto, Maria Eugênia Bresolin
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.12%
Em 2011, o governo brasileiro lançou o Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das DCNT (doenças crônicas não transmissíveis) no Brasil (2011-2022) que promove a abordagem integrada de fatores de risco modificáveis que ocorrem em combinação (tabagismo, álcool, inatividade física, alimentação não saudável e obesidade). Neste processo de mudança a Atenção Primária à Saúde (APS) tem um papel fundamental. No Sistema Único de Saúde (SUS), a Estratégia Saúde da Família tem uma cobertura elevada, entretanto a qualidade dos serviços, tanto tradicionais como da ESF, ainda está longe do desejável. Esta tese avaliou a cobertura de quatro práticas de promoção da saúde (orientação sobre parar de fumar, de ingerir bebidas alcoólicas, exercício físico, alimentação saudável), na visão dos usuários de serviços públicos de APS de Porto Alegre (no sul do Brasil) através de um estudo transversal de base populacional no período de julho de 2006 a agosto de 2007. O aconselhamento mais prevalente foi sobre alimentação saudável em 40,4% (IC95% 36,9 – 44), seguido de parar de fumar em 31,9% (IC95% 26,2 – 37,6) e exercício físico em 28,7% (IC95% 25,30 - 32,06). A prática menos realizada é a orientação sobre bebidas alcoólicas que ocorreu em apenas 8...

Knowledge of professionals from public service on oral health promotion for babies; Conhecimento de profissionais do serviço público sobre a promoção de saúde bucal em bebês

Marti, Luana Mafra; Tagliaferro, Elaine Pereira da Silva; Valsecki Júnior, Aylton; Silva, Silvio Rocha Correa da; Rosell, Fernanda Lopez
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 24-29
POR
Relevância na Pesquisa
96.12%
Health promotion seeks to integrate oral health practices to other public health, by building healthy public policy and the development of strategies directed to all people in the community. This study aimed to analyze the knowledge and actions on the infants’ oral health promotion by dentists, pediatricians and nurses. Were interviewed dentists (n=34), pediatricians (n=31) and nurses (n=26) from Basic Health Units, Family Health Units and Centers for Education and Recreation in Araraquara - SP about knowledge and actions on oral health promotion for infants, by filling out a pre-tested questionnaire. Data were analyzed by association tests. Generally, the professionals are aware of and perform actions on oral health promotion for infants. Most participants were female; mean age of 39.9 years, worked in Basic Health Units, had over 10 years of graduation, demonstrated knowledge on and considered oral health promotion in infants very important. The time since graduation and actions on oral health promotion for infants were associated (p<0.05) with issues concerning the use of dental floss. That most of the professionals who participated in this study know about, take actions on oral health promotion for infants and consider them crucial.; A promoção de saúde procura integrar a saúde bucal às demais práticas de saúde coletiva...

A saúde bucal no paradigma da promoção da saúde

Reibnitz Júnior, Calvino
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
96.12%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-graduação em Odontologia; O paradigma da promoção da saúde surgiu no Canadá em 1974, com a publicação do Informe Lalonde como uma resposta à medicalização da saúde, ao alto custo da assistência médica e à baixa efetividade do modelo biomédico. Com a difusão das Conferências Internacionais de Promoção da Saúde, esta proposta começou a ser discutida e adotada também por países de economia emergente, no entanto, em muitos casos de forma a-crítica, centrando suas estratégias na mudança de comportamento e estilo de vida das pessoas. Por se tratar de um tema emergente no sistema de saúde brasileiro, esta pesquisa foi desenvolvida com acadêmicos formandos dos sete cursos de Odontologia do Estado de Santa Catarina, objetivando analisar a aderência do campo conceitual da promoção da saúde no discurso destes alunos. O referencial da promoção da saúde em sintonia com a Política Nacional de Promoção da Saúde norteou o processo reflexivo deste estudo. A estratégia metodológica utilizada foi a de pesquisa qualitativa baseada na técnica do Discurso do Sujeito Coletivo - DSC conforme estabelecem Lefèvre e Lefèvre (2003)...

Grupo de promoção da saúde na estratégia saúde da família (ESF)

Alves, Lucia Helena de Souza
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
96.15%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2010; Pesquisa qualitativa participativa que objetivou conhecer a percepção dos usuários e equipe de ESF sobre grupos desenvolvidos em unidades de saúde em município da região do Alto Vale do Itajaí/SC. Objetivos específicos: levantar publicações de pesquisas sobre promoção da saúde, educação em saúde e enfermagem com grupos no Brasil; identificar percepções dos usuários/equipe ESF quanto às ações desenvolvidas nos grupos; analisar estas ações a partir das cinco estratégias de promoção da saúde da Carta de Ottawa. Utilizou-se o referencial teórico da promoção da saúde e a estrutura conceitual/metodológica de Paulo Freire. A busca das publicações ocorreu em artigos de periódicos em português/espanhol, na base de dados LILACS e biblioteca SciELO, nos anos de 2003-2008, utilizando os descritores: enfermagem, promoção da saúde, educação em saúde, saúde de grupos específicos; selecionando18 artigos. A coleta de dados da pesquisa ocorreu no segundo semestre de 2009 em duas unidades ESF, com usuários/profissionais, em 3 fases: investigação temática; codificação/descodificação; desvelamento crítico. Os temas foram discutidos e analisados à luz da Carta de Ottawa. Como resultado da revisão literária identificou-se que 50% dos estudos objetivaram compreender percepções dos participantes do grupo sobre determinado tema ou primeiro passo para depois realizar a atividade proposta; predominaram pesquisas participativas...

Análise da produção de conhecimento da enfermagem brasileira na promoção da saúde da criança

Medeiros, Elaine Alano Guimarães
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 156 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
96.14%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.; Trata-se de uma pesquisa bibliográfica do tipo descritivo-exploratória com abordagem qualitativa com o objetivo de caracterizar a produção de conhecimento da enfermagem brasileira na promoção da saúde da criança e analisar esta produção quanto aos cuidados para a promoção da saúde relacionando-os com a Carta de Ottawa, que foi realizada por meio de buscas em bases de dados eletrônicas. A seleção das publicações se deu através de leitura exploratória dos títulos e resumos e, posteriormente, de uma leitura seletiva e integral das obras. O material bibliográfico foi organizado em pastas eletrônicas e iniciou-se a coleta de dados propriamente dita por meio da leitura analítica e interpretativa, ordenando e sumarizando as informações. Para a análise dos dados, valeu-se da análise de conteúdo, mas propriamente, a proposta operativa de Minayo. As categorias que emergiram foram descritas e, em seguida, discutidas à luz das próprias publicações analisadas e do referencial teórico de promoção da saúde. Os resultados foram descritos e discutidos por meio de dois manuscritos: "Análise da produção de conhecimento da enfermagem brasileira na promoção da saúde da criança" e "O papel do enfermeiro e as recomendações para a promoção da saúde da criança nas publicações da enfermagem brasileira". Como ficou evidente...

Promoção da saúde

Mascarenhas, Carine Vendruscolo
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
96.15%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública.; Realizou-se um estudo de campo qualitativo, cujo objetivo foi conhecer as representações sociais sobre promoção da saúde dos acadêmicos dos cursos de graduação da área da saúde, em uma universidade pública federal. Tendo como referência o conceito mais moderno de promoção da saúde, a pesquisa ancora-se no modelo que sugere a união de esforços individuais e ações coletivas, podendo intervir sobre a realidade sanitária na resolução dos problemas de saúde da população e na melhoria da sua qualidade de vida, através de políticas públicas saudáveis, ambientes favoráveis à saúde, fortalecimento da ação comunitária, desenvolvimento de habilidades e atitudes pessoais e reorientação dos serviços de saúde e da saúde pública. Os dados foram coletados através de entrevistas semi-estruturadas com trinta (30) alunos de cinco (5) diferentes cursos: Farmácia, Nutrição, Odontologia, Medicina e Enfermagem. Para a análise dos dados, utilizou-se o método de Análise do Conteúdo proposto por Bardin. Foi possível identificar seis (6) categorias de análise: Da Prevenção de Doenças a Qualidade de Vida: Concepções Sobre Promoção de Saúde ao Longo da Vida Acadêmica...

Percepções e ações de mulheres em relação à prevenção e promoção da saúde na atenção básica

Figueira,Taís Rocha; Ferreira,Efigênia Ferreira e; Schall,Virgínia Torres; Modena,Celina Maria
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
96.11%
OBJETIVO: Analisar percepções e participação de usuárias de unidade básica de saúde em relação à prevenção e promoção de saúde. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS: Estudo qualitativo no qual foram entrevistadas 20 usuárias de uma unidade de saúde da família de Belo Horizonte, MG, em 2007. O roteiro da entrevista englobou questões sobre o processo saúde-doença e prevenção e promoção de saúde. Foi utilizada a técnica de análise de conteúdo na análise dos relatos. ANÁLISE DOS RESULTADOS: A percepção sobre prevenção apresentou influência da teoria de Leavell & Clark, expressa por ações que evitam o aparecimento, progressão ou agravamento de alguma doença. A promoção de saúde foi concebida como um nível de prevenção e associada à responsabilização individual e ao conceito positivo de saúde. As práticas de prevenção e promoção de saúde estiveram orientadas pelo conceito positivo de saúde, pela possibilidade de gerarem prazer/desprazer, pelas interferências que poderiam ocasionar no cotidiano, pela concepção de força de vontade e de valor conferido à vida. CONCLUSÕES: O discurso sobre prevenção e promoção de saúde é marcado por concepções tradicionais. Contudo, houve a incorporação do conceito positivo de saúde que...

Possibilidades do WHOQOL-bref para a promoção da saúde na estratégia saúde da família

Chiesa,Anna Maria; Fracolli,Lislaine Aparecida; Zoboli,Elma Lourdes Pavone Campos; Maeda,Sayuri Tanaka; Castro,Danielle Freitas Alvim de; Barros,Débora Gomes; Ermel,Regina Célia; Chang,Katherine
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
96.11%
A ampliação das ações de promoção da saúde na Estratégia Saúde da Família pode contribuir para a construção da integralidade, mas, ainda persistem lacunas de tecnologias para instrumentalizar os profissionais a analisarem os potenciais de saúde da população. O objetivo deste estudo é sintetizar as contribuições do WHOQOL-bref para instrumentalizar ações de promoção da saúde na Estratégia Saúde da Família. Foi realizada uma metassíntese qualitativa a partir de pesquisas realizadas pelo grupo Modelos tecnoassistenciais e a promoção da saúde com o uso do WHOQOL-bref e sua interface com a promoção da saúde. As sínteses das cinco pesquisas mostraram que existem relações conceituais entre os domínios do WHOQOL-bref e a promoção da saúde, legitimando este como um instrumento para a promoção da saúde. A utilização do WHOQOL-bref pode facilitar o vinculo e o cuidado longitudinal na Estratégia Saúde da Família.

Percepção do enfermeiro sobre promoção da saúde na Unidade de Terapia Intensiva

Aguiar,Adriana Sousa Carvalho de; Mariano,Monaliza Ribeiro; Almeida,Lívia Silva; Cardoso,Maria Vera Lúcia Moreira Leitão; Pagliuca,Lorita Marlena Freitag; Rebouças,Cristiana Brasil de Almeida
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
96.12%
Objetivou-se relatar a percepção dos enfermeiros sobre a promoção da saúde, descrever ações de promoção da saúde e identificar dificuldades na realização de atividades de promoção da saúde na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Trata-se de um estudo descritivo, exploratório, qualitativo realizado com 31 enfermeiros de duas UTIs adulto e uma UTI neonatal de hospital de referência em Fortaleza, Ceará, Brasil, entre julho e agosto de 2009, mediante questionário. Os dados foram analisados e categorizados a partir da análise de conteúdo de Bardin. Emergiram as seguintes categorias e subcategorias: Conceito de promoção da saúde: visão biomédica x visão holística de promoção da saúde; Ações de promoção da saúde; Comunicação e apoio emocional ao paciente/família; Promoção da saúde na UTI; Promoção da saúde com enfoque na educação em saúde; e Dificuldades para o desenvolvimento de ações de promoção da saúde.

Construção do conceito de promoção da saúde: comparação entre estudantes ingressantes e concluintes de Fonoaudiologia

Santos,Lidiane Gonçalves dos; Lemos,Stela Maris Aguiar
Fonte: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2011 PT
Relevância na Pesquisa
96.12%
OBJETIVO: Caracterizar e comparar o conhecimento de ingressantes (estudantes do 1º período) e concluintes (estudantes do 8º período) de um curso de Fonoaudiologia acerca do tema promoção da saúde. MÉTODOS: Estudo descritivo transversal realizado por meio da aplicação de 92 formulários em estudantes de Fonoaudiologia ingressantes e concluintes. A análise dos dados obtidos foi realizada em três etapas: análise descritiva das questões fechadas, análise estatística da associação entre as respostas do 1º e do 8º períodos, e análise qualitativa das questões abertas do formulário. RESULTADOS: A maioria dos entrevistados cursou disciplinas com o tema promoção da saúde; mais de um terço participou de atividades extracurriculares ou disciplinas práticas envolvendo o tema. A maioria referiu saber o que é promoção da saúde e ter a intenção de realizar ações em promoção da saúde. Os ingressantes relataram conceitos empíricos sobre promoção da saúde e confundiram promoção com prevenção. Entre os concluintes, a confusão existe em menor quantidade. CONCLUSÃO: O curso de graduação em Fonoaudiologia dos estudantes entrevistados contribui para a formação do conceito de promoção da saúde, porém existe uma confusão entre os termos prevenção e promoção da saúde...

A investigação participada de base comunitária na construção da saúde: Projecto de Capacitação em Promoção da Saúde (PROCAPS): resultados de um estudo exploratório

Loureiro, Isabel; Gomes, José Carlos Rodrigues; Dias, Lúcia; Santos, Maria João Heitor dos
Fonte: INSA,IP Publicador: INSA,IP
Tipo: Relatório
Publicado em /03/2011 POR
Relevância na Pesquisa
96.15%
A saúde é um fenómeno com dimensões sociais, psicológicas, espirituais e físicas. A sua manutenção exige uma abordagem multisectorial e transdisciplinar e é condicionada por todas as políticas, em todos os sectores. Consciente deste desafio, a Unidade de Promoção da Saúde (UPS) do Departamento de Promoção da Saúde e Doenças Crónicas (DPSDC) do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, I.P. (INSA, I.P.), propôs-se desenvolver um estudo de necessidades e potencialidades de acção e formação em promoção da saúde a nível local, regional e nacional, o PROCAPS (Projecto de Capacitação em Promoção da Saúde). A metodologia utilizada nesta 1ª fase do projecto destinou-se a identificar as principais preocupações, necessidades e recursos das autarquias. Para isso preparou-se 1) um workshop com autarquias seleccionadas com base no seu interesse e experiências prévias na área, 2) consultaram-se as Administrações Regionais de Saúde para perceber a sua sensibilidade em relação a um apoio mais concreto às autarquias no diagnóstico e planeamento (Perfis de Saúde e Plano de Desenvolvimento em Saúde, e 3) fez-se um questionário (on-line) sobre competências necessárias e indicadores já disponíveis baseado no workshop “Autarquias e Promoção da Saúde” e nas reuniões de trabalho com as ARS do território continental. A população alvo do estudo foi constituída pelas autarquias (Continente e Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores) (N=308). No caso...

Desvelando as ações de promoção da saúde das enfermeiras nos grupos de atendimentos coletivos de atenção básica

Maceno, Priscila Rosa
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 147 p.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
96.14%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2013.; Trata-se de uma pesquisa exploratório-descritiva, de abordagem qualitativa, com o objetivo de conhecer as ações educativas dos enfermeiros para a Promoção da Saúde nos grupos de Atenção Básica em Florianópolis/SC, relacionando-as com a Carta de Ottawa e Levantar as publicações de pesquisas voltadas às ações educativas de Promoção da Saúde desenvolvidas por enfermeiros na Atenção Básica.A coleta de dados da pesquisa ocorreu no primeiro semestre de 2012 em dez unidades de saúde com dez enfermeiros atuantes nos grupos de Atenção Básica e constou de duas etapas: sorteio dos grupos das unidades por meio de ficha fornecida pela Secretaria Municipal de Saúde. Em cada ficha constam os atendimentos coletivos das unidades da Rede da Atenção Básica de Florianópolis. Após identificação dos grupos e das unidades sorteadas, seguiu-se a segunda etapa, com a entrada de campo nas unidades de Saúde, com data e hora marcadas com os participantes. Utilizou-se um instrumento de seis perguntas relacionadas com as atividades realizadas nos grupos para a realização de entrevistas semiestruturadas. Para a análise dos dados...

Educação em saúde no ensino fundamental: uma reflexão acerca da promoção da saúde

Damiani, Ana Paula Macan
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.14%
Dissertação apresentada ao Programa de Pós-graduação em Educação, da Universidade do Extremo Sul Catarinense – UNESC, como exigência parcial para obtenção do título de Mestre em Educação.; Este estudo foi desenvolvido em duas escolas municipais de Araranguá, SC - Brasil, com o problema de pesquisa: De que forma a educação em saúde está presente no ensino fundamental sob a ótica da promoção de saúde? O objetivo geral do estudo foi de compreender de que forma a educação em saúde está presente no ensino fundamental, especificamente no que se refere à promoção da saúde. Através dos objetivos específicos, que foram: compreender a concepção dos professores sobre a promoção da saúde; investigar como os professores trabalham (se trabalharem) questões de saúde em seu cotidiano de sala de aula; verificar se existe integração entre as políticas municipais de educação e de saúde em termos de ações educativas em saúde; verificar a integração da Estratégia de Saúde da Família com as escolas do ensino fundamental buscou-se responder ao problema de pesquisa. Metodologicamente, o estudo foi caracterizado como pesquisa qualitativa, exploratória e empírica. Os sujeitos da pesquisa foram 10 educadores e os secretários de educação e de saúde do município. Os instrumentos de coleta de dados foram a entrevista semi-estruturada e um diário de campo. A análise dos dados se deu por categorias...

Construindo pontes entre a academia e a gestão da saúde pública; Building Bridges Between the Academy and the Public Health Management; Construyendo Puentes entre la Academia y la Gestión de Salud Pública

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Departamento de Ciência e Tecnologia
Fonte: Ministério da Saúde (MS) Publicador: Ministério da Saúde (MS)
Tipo: Livro
POT
Relevância na Pesquisa
105.79%
56 p.:il. Documento de planejamento; Esta publicação, tem como objetivo correlacionar as prioridades políticas e os investimentos em pesquisa, apresentando de forma sumária o que vem sendo realizado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos e seus parceiros, e mostrando em que medida essa produção científica em saúde vem aproximando-se das necessidades de saúde da população, como percebidas pelos gestores.

Percepção do enfermeiro sobre promoção da saúde na Unidade de Terapia Intensiva; Percepción del enfermero sobre promoción de la salud en la Unidad de Terapia Intensiva; The nurses' perceptions regarding health promotion in the Intensive Care Unit

Aguiar, Adriana Sousa Carvalho de; Mariano, Monaliza Ribeiro; Almeida, Lívia Silva; Cardoso, Maria Vera Lúcia Moreira Leitão; Pagliuca, Lorita Marlena Freitag; Rebouças, Cristiana Brasil de Almeida
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2012 POR
Relevância na Pesquisa
96.12%
The objective of this study was to report the nurses' perceptions regarding health promotion, describe health promotion activities, and identify difficulties in performing health promotion activities in the Intensive Care Unit (ICU). This descriptive, exploratory study was performed with 31 nurses from two adult ICUs and one neonatal ICU of a reference hospital in Fortaleza, Ceará, Brazil, between July and August 2009, using a questionnaire. Data were analyzed and categorized using Bardin's content analysis. The following categories and subcategories emerged: the concept of health promotion: biomedical and holistic view of health promotion; health promotion activities; communication and emotional support for patients/family; health promotion in the ICU; health promotion focusing on health education; and the difficulties in developing health promotion activities.; Objetivou-se relatar a percepção dos enfermeiros sobre a promoção da saúde, descrever ações de promoção da saúde e identificar dificuldades na realização de atividades de promoção da saúde na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Trata-se de um estudo descritivo, exploratório, qualitativo realizado com 31 enfermeiros de duas UTIs adulto e uma UTI neonatal de hospital de referência em Fortaleza...

Developing competency - based accreditation for health promotion in Europe; Desenvolvimento de competências – credenciamento baseado em promoção da saúde na Europa

Battel-Kirk, Barbara; Barry, Margaret M.
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
96.16%
RESUMO: Introdução: Em abril de 2013, a reunião inaugural do Conselho de Administração e Comitês do Sistemade Acreditação de Promoção da Saúde Europeu da União Internacional de Promoção e Educação em Saúde (UIPES) foi realizada em Paris. A reunião anunciou a implementação de um sistema inovador para a promoção da saúde na Europa, baseado em competências. O sistema tem como objetivo promover a garantiade qualidade e competência na promoção da saúde através de um sistema de acreditação a nível europeu, que foi projetado para ser flexível e sensível a diferentes contextos, mantendo critérios robustos e validados. O sistema baseia-se na literatura internacional sobre as abordagens baseadas em competências para a promoção da saúde e em iniciativas de desenvolvimento de capacidades globais, tais como a Declaração consensuada da Conferência de Galway (“Toward Domains of Core Competence for Building Global Capacity in Health Promotion”)1. O Sistema é projetado para fornecer mecanismos validados que garantam a qualidade às práticas da promoção, da educação em saúde bem como da formação e do desenvolvimento de capacidades na Europa, basedo em conceitos compartilhados e em um sistema formalizado de reconhecimento profissional. As competências e os padrões profissionais que sustentam o Sistema têm como premissa os principais conceitos e princípios da promoção da saúde definidosna Carta de Ottawa2 e sucessivas cartas e declarações(3-8) da Organização Mundial de Saúde. Atualmente...

Marcos legais da promoção da saúde no Brasil; Legal framework of health promotion in Brazil

Aith, Fernando Mussa Abujamra
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
96.12%
Introduction and objectives: health was recognized as a social human right by the Brazilian Constitution (Articles 6 and 196) and by international normative instruments. To fulfill the right to health, health promotion occupies a prominent role. This article aims to identify the international and national legal frameworks that currently govern the action of the Brazilian State in the field of health promotion, as well as define the rights and duties of citizens in relation to health promotion. Methods: The methodology was to research rules about health promotionedited by international and national normative organisms. Results: We identified international legal documents that make explicit reference to health promotion as well as national laws and regulations that have specific provisions on the subject. National laws and regulations have been listed following the hierarchical importance in the legal field, starting with the 1988 Constitution, going through laws and finally identifying infralegal standards (eg, resolutions). Discussion and conclusions: The normative consolidation of National Policy on Health Promotion represents a breakthrough in the institutional development of the Brazilian state. However, the issue of formal legal rules is not sufficient condition for its fulfillment. The practical consequences of these legal frameworks must be achieved by providing actions and public health promotion services across the country. The accountabilityon the implementation of legal frameworks is essential for the development of Brazil in the area of health promotion.; Apresentação e objetivos: A saúde foi reconhecida como um Direito humano social...

Contributos da Psicologia para as Profissões da Saúde

Grilo,Ana Monteiro; Pedro,Helga
Fonte: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde Publicador: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2005 PT
Relevância na Pesquisa
105.91%
Neste artigo as autoras pretendem aprofundar alguns dos contributos das diversas áreas da Psicologia para as profissões de saúde. Neste sentido, são indicados contributos em quatro grandes áreas, a saber, promoção da saúde, reacção à doença, pediatria e a relação do profissional de saúde com o utente.