Página 15 dos resultados de 806 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

A inefetividade da função ressocializadora da pena de prisão no sistema carcerário brasileiro

Bianchi, Luciano Passos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
16.31%
O sistema prisional brasileiro sempre apresentou sérios problemas estruturais, nunca sendo destinatário de verba pública suficiente para equilibrar o caráter preventivo e ressocializatório da pena corporal com os direitos individuais dos apenados, garantidos principalmente pela Constituição Federal. Grande parte da sociedade cobra do Estado, cada vez mais, o efetivo encarceramento dos criminosos, e o agravamento das penas, na intenção de diminuir a sensação geral de impunidade e insegurança. Todavia, os direitos dos apenados raramente entram na discussão. O resultado é ausência de vagas no regime prisional, o que reflete a perda de racionalidade e a inversão das funções legítimas do sistema. Assim, a presente monografia pretende, por meio de um estudo interdisciplinar, analisar a realidade do sistema penal brasileiro, incluindo a do presídio central de Porto Alegre. A seguir, pretende tratar do problema da ressocialização, instituto frequentemente ignorado pelos governantes e pela sociedade. Por fim, objetiva-se demonstrar a tendência do judiciário local, bem como os princípios norteadores e as reais funções de um Direito Penal legítimo.; The Brazilian prison system always presented serious structural problems...

Epidemiologia da tuberculose em uma penitenciária do Rio Grande do Sul

Kühleis, Daniele Chaves
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
16.31%
A ocorrência de tuberculose (TB) nas penitenciárias de muitos países tem sido descrita como um problema de saúde pública, especialmente naqueles em fase de desenvolvimento sócio-econômico. No Brasil, a dimensão do problema é pouco conhecida, entretanto a introdução, em 2007, da informação sobre a origem prisional do caso de TB na ficha de notificação do SINAN aumentou a visibilidade do problema e permitiu a primeira avaliação nacional. Em 2011, a população privada de liberdade representou 0,2% da população geral, porém contribuiu com 6,8% dos casos de tuberculose notificados. Somada à alta endemicidade, também é particularmente elevada a frequência de formas resistentes e multirresistentes, relacionadas ao tratamento irregular e à detecção tardia de casos de resistência. Este trabalho teve como objetivo realizar um inquérito entre a população privada de liberdade com sintomas respiratórios de tuberculose, a fim de estimar a incidência da doença, analisar o perfil de sensibilidade aos fármacos e o genótipo dos isolados de Mycobacterium tuberculosis (M.tuberculosis), em uma penitenciária, na cidade de Charqueadas, Rio Grande do Sul. Foi aplicado um questionário de triagem entre os 1900 privados de liberdade da penitenciária...

O adolescente em conflito com a lei na cidade de Assis-SP

Santos, José Roberto Oliveira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 103 f. : il. + anexo
POR
Relevância na Pesquisa
16.31%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Psicologia - FCLAS; Historicamente no Brasil, as crianças e adolescentes foram vítimas da falta, ou descontinuidade, de políticas públicas que garantissem seu pleno desenvolvimento. Um outro fator que também contribuiu para agravamento deste quadro foi o envolvimento de crianças e adolescentes com a violência, principalmente como autores de infrações. No século XX, houve tentativas de solucionar este problema, através dos Códigos de Menores de 1927 e 1979. Nos anos 80, houve a consolidação das Fundações Estaduais do Bem-Estar do Menor (FEBEM), que ficaram marcadas como modelos de encarceramento de adolescentes. Com a nova Constituição Federal de 1988 e, finalmente, em 1990, com a promulgação o Estatuto da Criança e Adolescência (ECA), criaram-se instrumentos fundamentais para a defesa dos direitos das crianças e adolescentes. O principal diferencial do ECA em relação as outras leis é concepção de que a família, a sociedade e o estado são responsáveis pela promoção dos direitos das crianças e adolescentes. Mais especificamente na cidade de Assis-SP, a situação do adolescente em conflito com lei, tem sido atendida...

Trabalho em tempos de crise: a superexploração do trabalho penal nos Centros de Ressocialização Femininos do Estado de São Paulo

Massaro, Camilla Marcondes
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 368 f. : il., gráfs.
POR
Relevância na Pesquisa
16.31%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciências Sociais - FCLAR; O interesse de análise da pesquisa apresentada abrange as diversas dimensões do trabalho penal realizado por mulheres presas em três unidades de Centros de Ressocialização (CR) para cumprimento de pena em regime fechado no Estado de São Paulo. Uma das intenções deste estudo é procurar compreender as razões que incidem sobre o atual processo de encarceramento em massa e o interesse de diversas empresas em oferecer postos de trabalho a essa população. Pressupomos que o fenômeno decorre da necessidade que o sistema do capital tem de minimizar os efeitos mais negativos da crise estrutural que o acomete, advindos, sobretudo, das transformações que as políticas neoliberais vêm provocando sobre as esferas produtiva e subjetiva da classe-que-vive-do-trabalho. A escolha pela análise desse processo nos CR femininos se justifica por dois motivos fundamentais: para que possamos apreender os desdobramentos da crise hodierna, é necessário voltar o olhar para o segmento mais prejudicado por esse processo, o das mulheres. É a elas que cabe o trabalho mais desqualificado, nas piores condições de estrutura, jornada e remuneração. Além disso...

Entre as normas e a invenção : a atuação dos burocratas de rua nas medidas socioeducativas em meio aberto; Between the rules and the invention : the work of street-level bureaucrats in educational measures

Marina Stefani de Almeida
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
16.31%
Há décadas se discute a ineficiência da privação da liberdade como política no combate à criminalidade juvenil. O fracasso da política de encarceramento levado a cabo até a década de 80, que culminou com sangrentas rebeliões nas FEBENs paulistas, impulsionaram a adoção das medidas socioeducativas em meio aberto. Entretanto, a trajetória de implementação e execução das medidas socioeducativas em meio aberto não é livre de impasses e conflitos. São inúmeros os trabalhos na área a apontar para a execução de uma política burocrática, sendo o ciclo da implementação comumente considerado o grande vilão da política. Nesse contexto, essa tese analisa a implementação das medidas socioeducativas em meio aberto no Estado de São de Paulo. Para tal, acompanhamos a execução da política em três municípios paulistas com portes diferenciados ¿ Ribeirão Preto, Franca, Patrocinio Paulista ¿ e que apresentam dilemas de gestão diversos. O objetivo da tese é demonstrar os impasses dessa política pública por meio da observação da sua implementação, vendo na atuação do burocrata de nível de rua um meio privilegiado de análise, local de encontro das normas burocráticas, das instituições, dos elementos contextuais...

Puerpério em ambiente prisional

Bez Birolo, Ioná Vieira
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
16.31%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2010; Trata-se de um estudo com abordagem qualitativa, do tipo exploratório descritivo que teve como objetivo: Compreender como as detentas vivenciam o puerpério em ambiente prisional. O referencial teórico foi pautado nos ensinamentos de Florence Nightingale e na utilização de conceitos de Carraro e Radünz, entre outros estudiosos da área. A pesquisa foi desenvolvida na ala feminina de uma unidade prisional de Santa Catarina, com a participação de dez detentas com idade entre 21 e 35 anos que vivenciaram, pelo menos, duas semanas de puerpério na prisão. Para coletar os dados, utilizaram-se observação e entrevista semiestruturada. Para adentrar no presídio, solicitou-se autorização e apresentou-se o projeto para os responsáveis. Durante todo o período de desenvolvimento da pesquisa, respeitaram-se os princípios éticos com fundamento na resolução do Conselho Nacional de Saúde nº. 196 de 1996. Os dados foram analisados utilizando a técnica de análise de conteúdo de Bardin e apresentados textualmente. Emergiram duas categorias de análise: Encarceramento Feminino e...

Por amor ou pela dor? : um olhar feminista sobre o encarceramento de mulheres por tráfico de drogas

Ramos, Luciana de Souza
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
16.31%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Direito, 2012.; A presente dissertação busca compreender o porquê da intensificação do encarceramento de mulheres por tráfico de drogas no Brasil, particularmente, no Distrito Federal, capital que mais encarcera mulheres por tráfico de drogas no país, de acordo com dados do Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN). A pesquisa se alicerça sob a tríplice perspectiva da criminologia crítica, da epistemologia feminista e da divisão sexual do trabalho. Verificou-se que o mercado de trabalho lícito se apresenta para a maioria das mulheres como um lugar que reflete as discriminações sexistas, com baixos salários, trabalhos precarizados e de baixo prestígio. Inserido a este contexto, por sua vez, o mercado ilícito das drogas vem recrutando cada vez mais mão de obra feminina, tanto para funções de menos prestígio, como para o exercício das denominadas “mulas e aviões”, como também para a gerência e administração de alguns setores dentro do tráfico. Foi possível, por meio deste estudo, chegar à conclusão de que o tráfico de drogas funciona como um mercado informal/ilícito de trabalho que possibilita às mulheres manterem-se cumprindo as tarefas socialmente construídas como sendo especificamente delas...

Care and respect : mothering and relatedness in multigenerational prison settings

Cunha, Manuela Ivone P. da; Granja, Rafaela
Fonte: Demeter Press Publicador: Demeter Press
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2013 ENG
Relevância na Pesquisa
16.31%
Drawing on fieldwork conducted in different periods in Portuguese carceral settings, we focus on variable aspects of motherhood and forms of relatedness as they emerge in different imprisonment situations. Aspects approached include: the relationship of incarcerated mothers with their offspring behind and beyond bars (children and/or adults, since imprisonment situations may comprehend three generations of co-confined relatives); motherhood in prisoners’ social identity and in carceral sociality; experiences of mothering in prison and mothers’ experiences of imprisonment; notions of care and care responsibilities; respect, reciprocity and moral obligation in relation to parenthood.

Adaptação à prisão : estudo das relações entre os processos de coping, "marcadores" de bem-estar e ajustamento psicológico

Afonso, Leonor Pulido Valente
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
16.31%
Dissertação de mestrado integrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia da Justiça); Este estudo visou contribuir para um aprofundamento do conhecimento sobre o funcionamento das variáveis e indicadores psicológicos no âmbito prisional e, especificamente, a sua relação com a adaptação à prisão. Apesar do elevado número de investigações já feitas no contexto da adaptação e ajustamento à prisão, existe uma lacuna na integração destes conceitos com outros constructos conceptualmente relacionados, nomeadamente constructos associados ao bem-estar e ajustamento psicológico: estratégias de coping, as crenças acerca do próprio, a capacidade para se autorregular, os estados de humor mais frequentemente experienciados, bem como os níveis de otimismo, positividade e satisfação com a vida. Os stressores a que esta população está sujeita podem dificultar a adaptação à vida intramuros. Assim, importa saber quais as estratégias normalmente implementadas pelos sujeitos para lidarem com o stress, bem como perceber quais as diferenças na seleção dessas mesmas estratégias entre indivíduos que aparentam ter conseguido um bom ajustamento à nova realidade e indivíduos que parecem lidar com maiores dificuldades com o processo de reclusão. Para melhor se compreenderem as relações entre estas variáveis...

The changing scale of imprisonment and the transformation of care : the erosion of the ‘Welfare Society’ by the ‘Penal State’ in contemporary Portugal

Cunha, Manuela Ivone P. da
Fonte: Palgrave MacMillan Publicador: Palgrave MacMillan
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2013 ENG
Relevância na Pesquisa
16.31%
(pre-print version); Portugal has been depicted as a “Welfare Society” where the shortcomings of the support provided by an incipient Welfare State are absorbed by informal social networks that provide care on a personal basis. The strength of these ties is also what has led to consider the “poverty” observed in Southern European contexts as specific and different from the “exclusion” emerging in late capitalist societies. While acknowledging the ongoing importance of these networks of support, I will document a situation where their present erosion is partly a by-product of the workings of a growing penal State. Current phenomena of massive incarceration are changing both the face of prison institutions and of the poverty-stricken urban territories where imprisoned populations now come from. This puts new kinds of pressure on traditional forms of organising support. Horizontal, mutuality-type systems of care are discontinued or become less viable, gradually giving way to vertical, top-down, State-only managed systems of support.; Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)

Intimidades em (des)conexão com a prisão : as relações amorosas de mulheres antes e durante a reclusão

Granja, Rafaela; Cunha, Manuela Ivone P. da; Machado, Helena
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
16.31%
Os estudos prisionais sobre mulheres reclusas tendem a negligenciar as configurações e transformações das suas relações amorosas. Partindo de um conjunto de entrevistas a mulheres reclusas, nesta comunicação almeja-se explorar as trajetórias conjugais destas mulheres, focando, por um lado, as relações amorosas no período prévio à reclusão, por outro, as reconfigurações das mesmas nos primeiros meses do cumprimento da pena. Estas evidenciam matizes específicos e singulares ao nível dos contextos e motivações que as envolvem. Os nossos dados evidenciam como as relações amorosas destas mulheres as conectaram às malhas da justiça e do sistema penal antes da sua própria reclusão e independentemente dos seus próprios comportamentos desviantes. Estes vínculos ao sistema penal resultam do apoio que estas mulheres, antes de serem reclusas, prestavam aos seus companheiros reclusos. Este é um papel que não se esbate perante a própria reclusão. Pelo contrário, ele mantem-se e acentua-se. As mulheres passam então a desempenhar dois papéis sociais amalgamados, com fronteiras híbridas, (estar em reclusão e ter o parceiro em reclusão) e ambos com íntimas conexões ao sistema prisional. Tais conexões parecem ditar as suas trajetórias aquém e além da prisão.; Prison studies about women prisoners tend to neglect the settings and changes of their intimate relationships. Drawing from a set of interviews with 20 women prisoners...

(In) Consistências nos autorrelatos de experiências de reclusos : bad is stronger than good?

Fernandes, Ana Cristina Freitas
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
16.31%
Dissertação de mestrado integrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia da Justiça); O percurso de vida do ser humano é marcado por várias etapas desenvolvimentais, nas quais vivencia uma multiplicidade de experiências, negativas e/ou positivas. As experiências negativas, denominadas maioritariamente como eventos adversos, são amplamente estudadas, certificando que “Bad is Stronger than Good” (Bausmeister, Bratslavsky, Finkenauer, & Vohs, 2001). Estes estudos focam-se em experiências na infância e/ou impacto nos sujeitos que as vivenciam. Os reclusos, devido à “estabilidade” do seu contexto de vida, representam casos únicos em termos de fatores que podem afetar o relato. Segundo a literatura, esta população vivencia mais experiências de vida negativas e manifesta mais problemas de saúde mental e física. Os estudos sobre experiências de vida têm privilegiado o design retrospetivo recorrendo ao autorrelato. Contudo, existem dúvidas acerca das fragilidades desta metodologia e, por isso, a comunidade científica tem vindo a explorar a sua validade e consistência. Nesta investigação avaliamos a consistência do autorrelato entre dois momentos temporais, em 30 reclusos do sexo masculino. Verificamos consistência nos seus autorrelatos e uma associação entre as experiências de vida negativas e a sintomatologia psicológica. Esta...

O sentido das prisões : funções e impactos da reclusão

Sampaio, Luís Miguel Calheiros Cruz
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
16.31%
Dissertação de mestrado em Sociologia das Organizações e do Trabalho; Ao pôr em confronto a dialéctica - prisão como factor punitivo ou, cumulativamente, contribuinte para a reinserção social do indivíduo - esta investigação vem criar tensões que auxiliará a recolocação da sua função na ordem. A investigação decorre em duas fases: uma que problematiza a dualidade ideológica em confronto e, outra, que, através da análise e interpretação de entrevistas a reclusos e outros actores próximos da reclusão, permitirá analisar os impactos da reclusão e, assim, trocar outros olhares sobre essa dialéctica. O objectivo foi construir e desconstruir discursos institucionalizados e/ou teóricos sobre o sentido da prisão através do seu confronto com representações de actores que encarnam ou vivem a situação de reclusão. Uma vez que o objectivo de internamento visa qualquer uma das funções em debate, importa perceber as respostas que a prisão nos transmite, através dos discursos dos sujeitos e analisar se, de facto, ela responde aos objectivos para o qual ela foi criada. Todavia, interrogamo-nos, é possível reabilitar – punindo? Ou será que a prisão, no sentido foucaulteano, transforma o indivíduo num corpo dócil ou...

Gender asymmetries, parenthood and confinement in two portuguese prisons; Asymétries de genre, parentalité et enfermement dans deux prisons portugaises

Cunha, Manuela Ivone P. da; Granja, Rafaela
Fonte: Association Champ pénal / Penal field Publicador: Association Champ pénal / Penal field
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 ENG
Relevância na Pesquisa
16.31%
Parenthood is a gendered relation, but its bearing on how men and women “do” gender differs: fatherhood is more peripheral an attribute in men’s conventional gender definitions than motherhood is in women’s. Confinement situations may amplify this asymmetry. However, as prisons reflect structural variations, the very saliency of gender as a category of identity may be highly contextual. Drawing on fieldwork conducted in different periods in Portuguese carceral settings, we will focus on variable aspects of motherhood and forms of relatedness in different imprisonment situations.; La parentalité est une relation marquée par les catégories de genre. Elle intervient de façon différenciée dans les définitions du masculin et du féminin, les femmes, plus que les hommes étant désignées à travers leur fonction maternelle. Les situations d’incarcération peuvent amplifier ou au contraire nuancer cette asymétrie de genre. À partir d’une recherche réalisée dans deux prisons portugaises à différentes périodes, cet article revient sur cette asymétrie tout en montrant comment l’identité maternelle prend des formes variables selon les époques, les situations carcérales et les lieux de détention.; Fundação para a Ciência e Tecnologia

Narrativas de mulheres de nacionalidade estrangeira no sistema prisional português

Santos, Joana Filipa Pacheco Loureiro dos
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /07/2012 POR
Relevância na Pesquisa
16.31%
Analisando as trajetórias de vida de reclusas estrangeiras no sistema prisional português, o presente estudo pretende contribuir para a compreensão desse fenómeno em Portugal. São analisadas as abordagens relativas à criminalidade feminina, colocando enfâse na reclusão, género e nacionalidade. A metodologia consistiu na realização e análise de entrevistas semi-estruturadas a a 41mulheres estrangeiras detidas em Portugal. Após análise das narrativas destas mulheres, é feita uma interpretação dos dados recolhidos das mesmas. Os resultados não mostram diferenças significativas nos discursos das reclusas quando comparadas entre género e nacionalidade, ou seja, a nacionalidade não permite observar diferenças no que diz respeito aos momentos positivos e negativos das suas vidas.; Analyzing the life trajectories of foreign inmates in Portuguese prisons, this study intends to contribute to the understanding of this phenomenon in Portugal. This study analyzes the approaches to female criminality, putting emphasis on incarceration, gender and nationality. The methodology involved in conducting and analyzing semi-structured interviews to 41 foreign women held in Portugal. After analysis of the narratives of these women...

Utilização da internet nos estabelecimentos prisionais portugueses: realidade ou utopia?

Rocha, Daniela Graça Silva
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
16.31%
Este estudo aborda questões relacionadas com o tema “Liberdade Física versus Liberdade Virtual”, tendo o foco na utilização da Internet por parte dos reclusos na rede de Estabelecimentos Prisionais Portugueses. O principal objectivo é perceber se o acesso à Internet por parte dos reclusos nos Estabelecimentos Prisionais Portugueses poderá ser uma realidade e, se sim, que implicações essa utilização teria na vida dos reclusos. Como sustentação teórica abordaram-se temas como o conceito de “prisão”, os modelos prisionais, a reclusão enquanto método de punição/correcção, o Sistema Prisional Português, a Internet e os limites da sua segurança, e a actual sociedade portuguesa na sua vertente tecnológica. O trabalho prático debruçou-se sobre três agentes principais: a População Reclusa, as Entidades Oficiais (na figura dos técnicos, professores e formadores), e a rede social de apoio dos reclusos participantes. Através da aplicação de Inquéritos por Questionário e Inquéritos por Entrevista recolheram-se os dados fundamentais à análise e obtenção de resultados. A utilização da Internet pode ser uma mais-valia na reabilitação e reinserção social pós-reclusão, quer por proporcionar a comunicação com a rede social de apoio do recluso e permitir-lhe maior estabilidade emocional quer por contribuir para a preparação do indivíduo com as habilitações e capacidades necessárias a um retorno pleno a uma vida profissional activa e bem sucedida.; This study approaches a thematic related with the subject “Physical Freedom versus Virtual Freedom” having its focus in the use of the Internet by inmates in the Portuguese Penal System. The main purpose of this investigation is to understand if access to the Internet by Portuguese inmates can be a reality and...

Medidas de flexibilização da pena de prisão e reinserção social de reclusos no Estabelecimento Prisional Regional de Silves

Moisão, Alexandra Maria Monteiro, 1966-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
16.31%
Tese de mestrado em Comportamentos Desviantes e Ciências Criminais, apresentada à Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, 2008; News from the media about prisoners, who re-offend while on home leave from prison, are frequent. Flexible sentences have come about as a measure to contribute to the reinsertion of prisoners into their community while also alleviating the absence of freedom. If home leave serves to help with the social re-integration of prisoners, and this concept of social re-integration has the objective of making individuals not reoffend, of their own free will, then it should have an effect on the reduction of re-offences. Within a period of five consecutive years, in a prison in the south of the country, in Silves, 74 home leaves were granted to 56 prisoners, 29 of whom were first offenders and 27 were re-offenders. Eight of these were imprisoned in various penal establishments on January 2, 2007. The judicial and penal situation as well as the characteristics of each individual were analysed, and interviews were carried out on the prisoners in the system, in order to try understand, through their statements, what the uses are of home leave. We concluded that home leave combats the damaging consequences of incarceration...

A política prisional e a criminalidade portuguesa contemporânea

Santos, João Carlos Carvalho dos
Fonte: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas Publicador: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 07/12/2011 POR
Relevância na Pesquisa
16.31%
Dissertação de Mestrado em Administração Públia na especialização na Administração da Justiça; A Escola Clássica nascida do ideário iluminista alicerçou a sua ideologia no homem delinquente, dotado da racionalidade pelo que haveria que dotar o sistema prisional dos meios adequados à sua corrigibilidade.Porém, esta política prisional falhou porque não existiam os meios necessários e suficientes e porque a racionalidade dos delinquentes era bastante limitada. Sucedeu-lhe a Escola Humanista de Lombroso associada ao Estado Providência com a ideia de que o delinquente era um doente que haveria que tratar, leia-se ressocialização, e que se manteve até há bem pouco tempo. Ainda que os resultados não tivessem o resultado desejado: reduzir a criminalidade. A partir dos anos sessenta surgiu a Nova Criminologia que procurou conciliar algumas das ideias da Escola Clássica às ideias da Escola Humanista de Lombroso na tentativa de inverter a tendência ascendente da criminalidade. A dissuasão, comum à Escola Clássica e à Nova Criminologia, surge no contexto prisional como um meio que provámos ser necessário prever na nossa política prisional como forma de tentar resolver o problema social da criminalidade.; The Classical School born from the enlightenment ideas supported their ideology on the criminal...

Iridencleisis?

Ramalho, M; Coutinho, I; Kaku, P; Vaz, F; Esperancinha, F
Fonte: International Council of Ophthalmology Publicador: International Council of Ophthalmology
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2014 ENG
Relevância na Pesquisa
16.31%
A 74- year-old woman was evaluated for progressive reduction of visual acuity in her left eye (OS). She had been submitted to glaucoma surgery in both eyes (OU) 7 years ago and to cataract surgery in OS 1 and a half years ago in another Institution. Current examination showed a visual acuity of no light perception in her right eye (OD) and 1/10 in OS, intraocular pressure (IOP) of 24 mmHg in OD and 2 mmHg in OS. Biomicroscopy revealed a medium bleb OU and an inflammatory pupillary membrane OS. Fundoscopy revealed total excavation OD and OS couldn t be observed. Normal ocular ecography OU. After two successful Nd:YAG LASER removals, the pupillary membrane reappeared. It was decided to perform a surgical membranectomy. It was confirmed intraoperatively that the previous glaucoma surgery was a technique called Iridencleisis, and we used bovine pericardium to cover the existing sclerocorneal fistula, thereby creating a flap. Three weeks after the surgery the visual acuity is 8/10 OS and IOP of 8 mmHg OS. Iridencleisis consists in the surgical creation of a permanent drain by incarceration of a slip of the iris within a sclerocorneal incision to act as a wick through which the aqueous is filtered from the anterior chamber to the subconjunctival tissues. It was a popular procedure between 1907 and 1957 and was forgotten after 1968 Cairns s trabeculectomy. Surprisingly iridencleisis was the surgical procedure used in this patient and the responsible for the formation of the inflammatory membrane.

A pessoa reclusa em contexto prisional: Agressividade, sintomas psicopatológicos e apoio social

Gomes, Sofia
Fonte: ISPA - Instituto Universitário das Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida Publicador: ISPA - Instituto Universitário das Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
16.31%
Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica; Neste estudo tenta-se averiguar relação entre a agressividade, os sintomas psicopatológicos e o apoio social da pessoa reclusa, em contexto prisional. A adaptação ao meio prisional é um processo complexo a nível psicológico, a pessoa reclusa está continuamente sujeita ao controle espacial e temporal, às regras e rotina prisional, tendo também de aceitar normas e valores do sistema e subcultura carcerária, como estratégia de sobrevivência. Existem diversos tipos de sintomas psicopatológicos na pessoa reclusa, por vezes associados ao consumo de estupefacientes, falta de controlo da agressividade e de liberdade. Os comportamentos agressivos podem surgir como uma forma de defesa ou estratégias de sobrevivência, constituindo para esta população respostas habituais face aos obstáculos impostos pelo meio. Neste contexto, o apoio social é de grande importância, no sentido da satisfação de necessidades humanas básicas, não apenas a nível psicológico, como também económico (precisa-se de dinheiro na prisão para comprar produtos higiénicos, alguma comida extra e poder negociar produtos com os companheiros). Parece-nos importante compreender os fatores associados a comportamentos de agressividade...