Página 14 dos resultados de 6751 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Interacção museu/escola. Museu do Instituto Geológico e Mineiro

Cruz, Maria do Rosário Sousa Casquinha
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
Esta dissertação trata da importância que tem para o público infanto-juvenil, e, em particular, para o público escolar (faixa etária correspondente dos 10 aos 15anos) da interacção Museu / Escola. Divide-se em duas partes: a primeira trata do papel formativo e educativo, da interacção com as escolas, tentando mostrar como é importante como recurso pedagógico e como pode contribuir para uma melhor sociabilização do público escolar, incluindo os alunos ditos "deficientes" e os que pertencem a minorias étnicas, permitindo e colaborando para uma melhor inclusão social e uma aprendizagem mais construtiva. Na segunda parte faz-se um estudo de caso – o MIGM (Museu do Instituto Geológico e Mineiro), que por não ter Serviço Educativo, não deixa, contudo, de prestar um óptimo serviço de acção educativa. Sempre disponível para interagir com as escolas e com a comunidade, como é o caso das visitas para a terceira idade. A sua interacção com as escolas passa pela cedência de materiais pedagógico-didácticos, sobretudo, no que diz respeito à secção de arqueologia, e ainda a sua preocupação em ajudar os professores que preferem elaborar os seus próprios materiais para realização de visitas de estudo. Ainda um aspecto importante focado neste trabalho...

Redescobrindo o Fundo Antigo do Museu Nacional do Azulejo. Identificação e documentação do núcleo de painéis de azulejos produzidos em Coimbra no século XVIII

Matos, Madalena Almeida Azevedo
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
O presente relatório de estágio tem por finalidade documentar as diversas atividades desenvolvidas no Museu Nacional do Azulejo entre Setembro de 2013 e Abril de 2014. Ao longo dos oito meses de duração do estágio foi desenvolvido um projeto visando o tratamento do núcleo de azulejos produzidos em Coimbra no século XVIII, integrado no "Fundo Antigo" do museu. O relatório é apresentado em oito capítulos dedicados a cada uma das atividades e problemáticas surgidas em período de estágio. No primeiro capítulo é concretizada uma caracterização da entidade museológica, atendendo à história do Convento da Madre de Deus, à génese do Museu Nacional do Azulejo e das suas colecções, discorrendo-se igualmente sobre a questão do "Fundo Antigo". As cinco secções seguintes respeitam ao trabalho prático realizado em contexto de estágio, dividindo-se em: reunião do núcleo, proposta de programação para a sua preservação, identificação de azulejos, montagem de painéis e documentação dos objectos descobertos. Nos dois últimos capítulos são então sistematizadas algumas considerações no que concerne a autorias, cronologias, estado de conservação e perspetivas de exposição de alguns painéis do núcleo tratado. Por fim...

Classificação do conhecimento nas esferas de produção e comunicação do saber : a exposição "Em casa, no universo" do Museu da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Semensatto, Simone
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
Os museus podem, hoje, ser caracterizados por dois paradigmas: o tradicional e o contemporâneo, que influenciam as atividades de pesquisa, documentação e exposição. Observa-se a existência de diversas tipologias e novos modelos de museus. Contudo, a maneira de se fazer e comunicar ciência também está mudando, de um fazer regido pela especialização e fragmentação para um fazer investigativo, governado pela ―mistura‖ a partir das relações disciplinares e da contextualização do conhecimento. Hoje em relação ao conhecimento científico temos de um lado os saberes divididos em disciplinas e de outro a realidade e problemas cada vez mais globais e multidisciplinares. O Museu da UFRGS caracteriza-se por ser um museu Universitário, mas que não abrange em seu espaço físico laboratórios de pesquisas acadêmicas e científicas. Com isso, o objetivo deste estudo é observar como ocorre a transposição da classificação do conhecimento das linhas de pesquisa do Departamento de Astronomia da UFRGS (DepAstro), em uma esfera de produção, para a classificação do conhecimento da exposição "Em Casa, no Universo" do Museu da UFRGS, em uma esfera de comunicação. A presente pesquisa se constitui em um estudo de caso com abordagem qualitativa...

Acesso limitado : as lacunas da informação institucional do Museu de Comunicação Social Hipólito José da Costa

Vignol, Ana Letícia de Alencastro
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
Trabalho de Conclusão de Curso para a obtenção do grau de Bacharel em Arquivologia. Apresenta o processo de criação do Museu de Comunicação Social Hipólito José da Costa, sob uma perspectiva histórica. Analisa as implicações políticas da concepção e dos primeiros anos de funcionamento do Museu estabelecendo relações conceituais entre censura, visibilidade e memória. Relata a experiência de pesquisa no Arquivo Institucional do Museu, destacando os limites de Acesso ao mesmo. Demonstra a pertinência da alteração do foco inicial da pesquisa com o objetivo proposto. Identifica e relaciona elementos que assinalam idéias e ações que convergem para sua indefinição enquanto Instituição e as possibilidades interdisciplinares entre as Ciências da Informação.; Conclusion of Course to obtain the Bachelor's degree in archive. Introduces the process of creating the Museum of Media Hipólito José da Costa, from a historical perspective. It analyzes the political implications of the design and the first years of the Museum establishing conceptual relationships between censorship, visibility and memory. Report the experience of research in Institutional Archive of the Museum, highlighting the limits of access to it. Demonstrates the relevance of the change of the initial focus of research with the goal proposed. It identifies and lists elements that indicate ideas and actions that converge to its vagueness as an institution and interdisciplinary possibilities between the Information Sciences.

Museu Cruz e Sousa

Tempo Editorial
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Formato: 800x545
Relevância na Pesquisa
36.79%
Casarão do Museu Histórico de Santa Catarina, localizado no Palácio Cruz e Sousa.

O impacto das tecnologias da informação e comunicação em museus : estudo de caso no museu da gente sergipana

Maffei, Waldir Roque
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
As mudanças que as tecnologias propiciam em nossa sociedade são importantes, pois aumentam a interação entre os seres humanos e máquinas. As mais diversas mídias são transmitidas em equipamentos cada vez mais rápidos e leves e já percebe-se os efeitos dos usos das Tecnologias da Informação e Comunicação nos mais variados processos de ensino e aprendizagem. As TICs (Tecnologias da Informação e Comunicação) estão se tornando um instrumento precioso no processo de comunicação entre o museu e o seu público. A sua utilização como complemento de uma exposição vem facilitar a transmissão da mensagem pretendida e captar a atenção do visitante, possibilitando uma nova visão do objeto museológico. Neste trabalho apresento os resultados da análise do impacto do uso das Tecnologias da Informação e Comunicação no Museu da Gente Sergipana. Através dos roteiros de visitação, o público tem a oportunidade de conhecer Sergipe através de diversas informações expostas em imagens, sons e objetos, fazendo uso dos mais variados recursos mediáticos. O impacto das tecnologias, associadas ao museu, segue o rumo de grande sucesso. Elas são disponibilizadas como mediadoras para o público compreender as exposições...

O Museu Afro Brasil; The afro Brazil museum

Araujo, Emanoel
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/04/2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
Ao longo de mais de trinta anos de trabalho voltado para o resgate da memória do negro no Brasil, o artista plástico, curador e diretor de museus Emanoel Araujo reuniu uma extraordinária coleção de cerca de cinco mil obras, entre pinturas, esculturas, gravuras, fotografias, livros, vídeos e documentos, de artistas e autores brasileiros e estrangeiros, relacionados com a temática do negro. Em 2004, o artista criou o Museu Afro Brasil, com o patrocínio da Petrobras e com parcerias estabelecidas com as secretarias de cultura da cidade e do Estado de São Paulo, bem como com o Ministério da Cultura. Já foram realizados no Museu mais de 80 exposições temporárias, atividades educativas e eventos, que lhe renderam o reconhecimento de instituição de grande importância no cenário cultural local e nacional.; Along more than 30 years of work turned to the recovery of black people memory in Brazil, the fine artist, museums curator and director Emanoel Araujo joined an extraordinary collection of more than 5.000 works, paintings, sculptures, engravings,  photographies, books, videos and documents, by Brazilianand foreign artists and authors, related to the theme of black people. In 2004, the artist created the Museu Afro Brasil...

Museu de Arqueologia e Etnologia

Medina, Sandra
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/12/1995 POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
Information on the History and the collection of the University of São Paulo's Museu de Arqueologia e Etnologia (Archaeology and Ethnology Museum).; Informações sobre a História e o acervo do Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo.

Arquivo Aguirra: fonte documental sobre a formação territorial de São Paulo; Aguirra Archives: documental source about the territorial formation of São Paulo

Pires, Walter
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
O artigo trata da importância do Arquivo Aguirra, acervo documental produzido, coletado e organizado por João Baptista de Campos Aguirra (1871-1962), como fonte de informações sobre a formação territorial de São Paulo. Essa coleção, adquirida pelo Museu Paulista em 1962, foi utilizada nas pesquisas que resultaram no texto Configuração territorial, urbanização e patrimônio: Colônia da Glória (1876-1904), dissertação de mestrado para a FAU-USP. A organização dos dados de algumas das séries documentais desse Arquivo, através de um banco de dados informatizado, colaborou na interpretação de tendências de alteração fundiária na área da Glória no final do século XIX, destacando-se: a identificação de proprietários e de negócios imobiliários relevantes; o estabelecimento das etapas de concentração e divisão fundiárias; a valorização dessas propriedades.; The article is about the importance of the Aguirra Archives, a documental collection produced, gathered and organized by João Batista de Campos Aguirra (1871-1962), as a source of information about the territorial formation of São Paulo. This collection, acquired by Museu Paulista in 1962, was used in the researches which resulted in the text Territorial...

O Serviço de Objetos do Museu Paulista; The Department of Object Collections of Museu Paulista

Almeida, Adilson José de; Ribeiro, Angela Maria Gianeze; Barbuy, Heloisa; Andreatta, Margarida Davina
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
Aborda a organização do Serviço de Objetos do Museu Paulista - curadoria de acervos e sistema de informação - e suas linhas de pesquisa: 1. Formação das coleções. 2. Formas alternativas de dinheiro. 3. Cultura visual no século XIX: museus exposições industriais e cidades / Comércio, industrialização e cultura material. 4. Arqueologia histórica e industrial. 5. Vida militar e cultura material.; It focuses the organization of the Department of Object Collections of Museu Paulista - curatorship and information system - and its research directions: 1. Formation of the collections. 2. Money alternative forms. 3. Visual Culture in the 19th century: museums, industrial exhibitions and cities / Commerce, industrialization and Material Culture. 4. Historical and Industrial Archaeology. 5. Military life and Material Culture.

Exposições em museus de ciências: reflexões e critérios para análise

Chelini, Maria-Júlia Estefânia; Lopes, Sônia Godoy Bueno de Carvalho
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2008 POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
Hoje, no que diz respeito à sua interface direta com o público, os museus são considerados, em teoria, instituições com objetivos variados, como educação, lazer, informação e inclusão social. Neste contexto, as exposições aparecem como elemento fundamental da relação entre museus e sociedade, e a expografia torna-se, portanto, ferramenta de comunicação essencial para a efetividade do processo de divulgação. Mas, como se dá a comunicação nestes espaços? Trata-se o presente, de uma reflexão acerca das estratégias de comunicação nas exposições em museus de ciências e sua eficácia. Foram selecionadas três temáticas, a primeira delas é a dos tipos de exposição, e entre as numerosas possibilidades de categorização, optou-se por aquelas descritas por Dean (2003) e Davallon (1986 e 1989). Outra questão discutida é a do uso do objeto, tido, dentre as diferentes mídias a que se pode recorrer em uma exposição, como o diferencial do museu. Por fim, discute-se a questão da interatividade, por vezes reduzida à manipulação, a partir dos níveis propostos por Wagensberg (2000). Apontam-se exemplificações dessas temáticas na exposição de longa duração Pesquisa em Zoologia: a biodiversidade sob o olhar do zoólogo...

A sombra do imortal: reflexões sobre a nação e a memória; Under the aegis of the immortal: reflexions on nation and memory

Saliba, Elias Thomé
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1996 POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
A partir do livro de Regina Abreu, A fabricação do imortal: memória, história e estratégias de consagração no Brasil, são discutidas as principais abordagens da problemática da nacionalidade. O tema central do livro é a coleção Miguel Calmon du Pin, doada ao Museu Nacional em 1936, que é analisada nos seus mais variados desdobramentos, tanto no que se refere às estratégias de consagração individual quanto às formas de construção cultural da brasilidade.; Taking Regina Abreu's book, A fabricação do imortal: memória, história e estratégias de consagração no Brasil, as a starting point, the A. discusses the main approaches to the issues of nationalism and memory, The core of this book is the grant ma de to the National History Museum in 1936 by Miguel Calmon du Pin of his collection which is analysed according to the strategies of personal consecration and to the vectors for the cultural construction of "brasilidade" (Brazilianness").

Museu: um olhar sobre o espaço público, o espaço arte, o espaço arquitetura; Museum: reflections on public space, art space and architecture

Fabiano Junior, Antonio Aparecido
Fonte: Centro de Preservação Cultural. Pró-Reitoria de Cultura e Extensão - USP. Publicador: Centro de Preservação Cultural. Pró-Reitoria de Cultura e Extensão - USP.
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Avaliado pelos pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/10/2007 POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
Investigar os limites da arquitetura perante o tema museu. Museu enquanto projeto público, espaço público e ato público. "Enquanto durmo, este povo silencioso de estátuas e pinturas, esta humanidade remanescente, paralela, continua de olhos abertos a velar pelo mundo a que, dormindo, renunciei. Para que o possa encontrar novamente ao descer à rua, mais velho eu e precário, porque mais duram afinal as obras da pedra e da cor do que esta fragilidade de carne. [...] Percorro mais uma vez os Uffizi, para mim o museu que soube permanecer na dimensão exactamente humana, e que é, por isso mesmo, um dos que mais amo." José Saramago.; To investigate the limits of the architecture before the subject museum. Museum while public project, public space and public act. "While I sleep, this quiet people of statues and paintings, this remaining, parallel humanity, continue of open eyes to guard for the world the one that, sleeping, I resigned. So that it I can again find when going down to the street, older precarious and, because more the workmanships of the rock and the color of what last after all this fragility of meat. [...] I cover the Uffizi one more time, for me the museum that it knew to remain in the dimension exactly human being...

O Museu de Anatomia Veterinária da FMVZUSP: proposta e análise de um método sistêmico e modular de planejamento e ação; The Museum of Veterinary Anatomy of FMVZ-USP: proposal and analysis of a systemic and modular method of planning and action

Silva, Maurício Cândido da
Fonte: Universidade de São Paulo. Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária Publicador: Universidade de São Paulo. Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 31/05/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
No dia 9 de setembro de 2012, a nova exposição de longa duração do Museu de Anatomia Veterinária da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo completou dois anos de existência. Este período também é marcado pela implantação de uma nova estratégia de trabalho, caracterizada por uma metodologia sistêmica e modular de planejamento e desenvolvimento de ações no museu. Este artigo tem por objetivo apresentar uma estratégia de gestão para museus universitários, com resultados e perspectivas futuras. Com isso, esperamos compartilhar nossa experiência e contribuir para a reflexão sobre essa tipologia de museus e suas perspectivas de desenvolvimento.; On September 9th 2012 the new long-term exhibition of the Museum of Veterinary Anatomy, School of Veterinary Medicine and Animal Husbandry, completed two years. This period is also marked by the implementation of a new strategy of work, characterized by a systemic and modular methodology of planning and development of activities at the museum. This article aims to present a management strategy for university museums, its performance and future prospects. We hope to share our experience and contribute to the discussion and development of this typology of museums.

COLONIZAÇÃO DO OESTE DO PARANÁ: POSSIBILIDADE DE PESQUISA ATRAVÉS DAS FOTOGRAFIAS DO MUSEU DA IMAGEM E DO SOM (MIS) DO MUNICÍPIO DE CASCAVEL

Rodrigues dos Santos, Janaina; Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE; Schöne, Kellin Caroline; Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE; Noal, Sara Munique; Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 16/08/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
O presente artigo tem como principais objetivos expor as atividades desenvolvidas no projeto de extensão “Ações para a Higienização, Catalogação e Digitalização do Acervo do Museu da Imagem e do Som (MIS) do Município de Cascavel”, além de apresentar a possibilidade de pesquisa sobre a colonização da região oeste do Paraná por meio das fotografias disponíveis no museu. O projeto é resultado de uma parceria, firmada em 2009, entre a Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE, campus de Marechal Cândido Rondon e a prefeitura do município de Cascavel. As atividades são desenvolvidas no Núcleo de Pesquisa e Documentação sobre o Oeste do Paraná (CEPEDAL) e consistem na higienização, catalogação, digitalização e a inserção no site do Museu da Imagem e do Som de um conjunto de fotografias (cerca de 40 mil) que retratam diferentes aspectos sobre a história do município de Cascavel e da região.

The Museum School of São Paulo Marist Archdiocesan College: constitution, history and firsts actions toward safeguarding the collection; Museu Escolar do Colégio Marista Arquidiocesano de São Paulo: constituição, histórico e primeiros movimentos de salvaguarda da coleção

Braghini, Katya Zuquim; Professora do PEPG em Educação: História, Política, Sociedade da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.; Pedro, Ricardo Tomasiello; Mestrando em Educação no PEPG em Educação: História, Política, Sociedade da Po
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
The article presents the School Museum of São Paulo Marist Archdiocesan College, a Catholic institution, confessional, established in 1858. The current college’s school museum keeps a scientific heritage which began 150 years ago and serves the studies related to the history of science education; the history of the sciences and the uses of scientific instrumentation; and the history of scientific dissemination in the relationship between the place of production and the dissemination of schooled knowledge. The aim of this article is not only to probe the current state of the collection but also to show how the composition began, starting with the acquisition records of its pieces, always thinking of it as innovative didactic material and how representative it was in the modernization of science teaching. It is, therefore, the study of the "school museum" as the biography of the school itself, i.e. having been the location for the teaching of science and nowadays the safekeeping of the historical collection, giving historicity to the notion of heritage as "property".; http://dx.doi.org/10.5007/2175-7976.2014v21n31p28O artigo apresenta o Museu Escolar do Colégio Marista Arquidiocesano de São Paulo, instituição católica, confessional...

O “Culto da Saudade” nas Comemorações do Centenário da Independência do Brasil: A Criação do Museu Histórico Nacional, 1922.

Costa, Júlia Furia; Universidade de Brasília
Fonte: Em tempo de histórias Publicador: Em tempo de histórias
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
O presente estudo procura analisar a criação do Museu Histórico Nacional (MHN), como parte das comemorações do Centenário da Independência do Brasil que aconteceram na Capital Federal, Rio de Janeiro, em 1922. O Centenário da Independência ocorreu em um momento em que os debates políticos se concentravam em torno do tema da identidade nacional. Desta forma, a criação do MHN relacionou-se com o debate político coevo, procurando definir a partir de sua exposição a identidade e a memória nacional. Estas definições tiveram grande influencia de Gustavo Barroso, o fundador e primeiro diretor do Museu Histórico Nacional, e sua idéia de “Culto da Saudade”. Assim, com base na análise de periódicos, anais do MHN, crônicas e jornais do período procuramos relacionar a criação e a estruturação do MHN, como parte das comemorações do Centenário da Independência do Brasil, com o debate em torno da identidade nacional. Mostraremos, também, como a exposição desenvolvida por Gustavo Barroso procurou apresentar uma visão especifica de história e de identidade nacional.Palavras-chave: Centenário da Independência; Museu 

ARQUIVOS DE MUSEUS: CARACTERÍSTICAS E FUNÇÕES

Silva, Maria Celina Soares de Mello e; Museu de Astronomia e Ciências Afins/MAST/MCTI
Fonte: Revista Museologia & Interdisciplinaridade Publicador: Revista Museologia & Interdisciplinaridade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 08/10/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
O artigo aborda as definições de arquivo e museu e a partir de seus objetivos, explora as características dos arquivos de museu apontadas pela literatura e traça as duas funções básicas do arquivo de museu, que são a de recolher e colecionar documentos.

Museologia, Comunicação Museológica e Narrativa Indígena: a Experiência do Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre

Cury, Marília Xavier; Universidade de São Paulo
Fonte: Revista Museologia & Interdisciplinaridade Publicador: Revista Museologia & Interdisciplinaridade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
O presente artigo apresenta a participação de um grupo Kaingang em processo expográfico no Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre. Discutimos como a Museologia pode se apropriar de situações culturais que envolvem a musealização como processo dinâmico e interativo e o museu como fenômeno em construção. O caso apresentado tem como objetivo reafirmar a ideia de patrimônio e musealização como conceitos que se constroem contemporaneamente na esfera coletiva, o que equivale a dizer que as distâncias semânticas entre os contextos da vida coletiva e museu devem ser enfrentadas e incorporadas ao processo de discussão sobre eficácia comunicacional e política de formação de coleções.

A compreensão da prática educativa de um museu na perspectiva das comunidades de prática

Monaco, Luciana M.; Marandino, Martha
Fonte: Revista Museologia & Interdisciplinaridade Publicador: Revista Museologia & Interdisciplinaridade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 09/04/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
Este texto discute a dinâmica de constituição das práticas realizadas pelos educadores do setor educativo de um museu de ciência na perspectiva das Comunidades de Práticas de Etienne Wenger. O universo de estudo foi a área educativa do Museu Paraense Emílio Goeldi e os dados foram analisados com base nas categorias de engajamento mútuo, empreendimento conjunto e repertório partilhado. Verificou-se que a área educativa deste museu se estrutura parcialmente como uma comunidade de prática de educação em museus. As análises realizadas auxiliam para compreensão das possibilidades e desafios que os setores educativos enfrentam em sua conformação e aprofundam o entendimento da educação em museus como uma área de conhecimento.