Página 13 dos resultados de 944 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

O Asilo de Órfãos de Santos na engrenagem da cidade (1908-1931); Santos Orphans Home as a gear of the city (1908-1931).

Vieira, Marina Tucunduva Bittencourt Porto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
16.29%
Nesse trabalho trago a relação entre uma instituição, o Asilo de Órfãos de Santos, criado em 1889 quando as epidemias matavam muitos habitantes deixando crianças órfãs, e a cidade. A representação que se tinha então era de que a função do asilo era proteger essas meninas e meninos e tirá-los das ruas. A cidade se organizava em função do porto, escolhido para escoamento do café da Província de São Paulo, e era preciso disciplinar seus espaços. A construção de um cais acostável em substituição aos trapiches e a intervenção sanitária através da canalização de rios e da construção de canais transformaram Santos em seu aspecto sanitário, urbano e econômico. O capitalismo mudou as relações de trabalho e, ao mesmo tempo em que algumas pessoas ganharam muito dinheiro, outras conheceram a miséria. Dentro desse quadro, esta tese, que se insere na área de História e Historiografia da Educação, buscou conhecer alguns aspectos da cultura escolar do Asilo de Órfãos, entre 1908 e 1931. Verificou-se que o projeto de educação implantado em 1908 veio imbuído de nova representação sobre a função do asilo. Este deveria continuar, sim, a recolher crianças, mas agora não era suficiente protegê-las, mas sim prepará-las para ocupar de forma civilizada a nova cidade. As mudanças começaram com a entrada de Victor de Lamare na direção da Associação Protetora da Infância Desvalida...

Condicionantes socioambientais urbanos associados à ocorrência de dengue no município de Araraquara; Urban socio-environmental factors associated with the incidence of dengue fever in Araraquara city.

Oliveira, Maria Aparecida de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
16.29%
Introdução: Estima-se que 2,5 bilhões de pessoas vivam em áreas de risco de dengue, em mais de 100 países endêmicos. Mais de 50 milhões de infecções ocorrem anualmente com 500.000 casos de dengue hemorrágica e 22.000 mortes, principalmente entre crianças. A cidade de Araraquara apesar de apresentar boas condições sociais e econômicas, tem apresentado graves epidemias de dengue na última década. Objetivo: Este estudo examinou os fatores socioambientais urbanos associados à incidência de dengue em Araraquara, que é uma cidade de médio porte localizada no interior do estado de São Paulo, na região sudeste do Brasil nos anos de 1998 a 2008. Métodos: Foi realizado um estudo ecológico longitudinal, no qual foram avaliados dados de incidência de Dengue notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) em todas as semanas epidemiológicas dos anos de 1998 a 2008, no município de Araraquara. As variáveis socioambientais urbanas investigadas foram extraídas do censo demográfico, de imagens de satélite e de planos de informações georreferenciados do ambiente construído. As variáveis meteorológicas investigadas foram obtidas a partir de uma estação automática com mediçoes diárias para todo o período analisado. Para investigar o padrão espaço temporal da distribuição da incidência de dengue no município...

Diversidade genética dos vírus influenza A detectados em crianças de São Paulo.; Genetic diversity of influenza virus A detected in children of São Paulo.

Jesus, Danila Vedovello de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
16.29%
Os vírus Influenza A infectam um largo espectro de hospedeiros e causam epidemias anuais. São vírus com alta variabilidade genética e RNA segmentado, que podem sofrer rearranjos entre os genes de diferentes vírus. Em 2006, foram analisadas 521 amostras de crianças menores de 5 anos atendidas no HU-USP e 25 foram positivas para Influenza A, sendo H3N2 o mais prevalente (68%). Cinco genes de 18 amostras foram seqüenciados e obtivemos 13 sequencias de HA, 12 da NP, 12 de NA, 14 da M e 10 da NS. Verificou-se a presença de várias mutações, especialmente na HA e NA, que favoreceram a substituição da cepa vacinal naquele ano. Todas as amostras H3N2 apresentaram sítios de resistências aos inibidores da M2. Diferentes linhagens circularam no mesmo ano, tanto de H1 como de H3, favorecendo rearranjos entre elas. Foram verificados, também rearranjos envolvendo os genes da HA e NP, indicando o complexo mecanismo de evolução desses vírus e enfatizando a necessidade de monitoramento da circulação e caracterização de seus genes.; Influenza A virus infects a wide range of hosts and cause annual outbreaks. RNA segmented virus has high genetic variability and may have rearrangements between the genes of different viruses. In 2006...

Filogeografia da febre amarela na América do Sul; Phylogeography of the Yellow Fever in South America

Souza, Renato Pereira de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
16.29%
Os Flavivírus são vírus de 40 50 nm de diâmetro, com formas esféricas e RNA de fita simples, com sentido positivo e aproximadamente 11 kb de comprimento. O Vírus da Febre Amarela, protótipo do grupo, é o agente causador da Febre Amarela, uma antiga doença que causou epidemias generalizadas na África, Américas do Norte e do Sul e Europa do século XVII ao início do século XX, e depois ressurgiu nas últimas décadas na África sub- saariana e América do Sul tropical. O presente trabalho busca a reconstrução da transmissão da Febre Amarela na América do Sul, no tempo e espaço, em especial, considerando a provável influência das populações humanas, primatas não humanos e mosquitos, na evolução e distribuição das linhagens genéticas de Febre Amarela, aplicando modelos de inferência Bayesiana para análises filogenéticas e filogeográficas e testando hipóteses de distribuição geográfica com modelagem de nicho ecológico. Os dados dão poucas evidências de que as estratégias de vacinação vigentes tenham efetivamente colaborado para a diminuição da ocorrência de Febre Amarela, indicando possíveis erros na estratégia de vacinação. A partir da análise Coalescente da população viral de Febre Amarela...

Modelagem de epidemias via sistemas de partículas interagentes; Modeling epidemics through interacting particle systems

Vargas Junior, Valdivino
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
16.29%
Estudamos um sistema de partículas a tempo discreto cuja dinâmica é a seguinte. Considere que no instante inicial sobre cada inteiro não negativo há uma partícula, inicialmente inativa. A partícula da origem é ativada e instantaneamente ativa um conjunto aleatório contíguo de partículas que estão a sua direita. Como regra, no instante seguinte ao que foi ativada, cada partícula ativa realiza esta mesma dinâmica de modo independente de todo o resto. Dizemos que o processo sobrevive se em qualquer momento sempre há ao menos uma partícula ativa. Chamamos este processo de Firework, associando a dinâmica de ativação de uma partícula inativa a uma infecção ou explosão. Nosso interesse é estabelecer se o processo tem probabilidade positiva de sobrevivência e apresentar limites para esta probabilidade. Isto deve ser feito em função da distribuição da variável aleatória que define o raio de ação de uma partícula. Associando o processo de ativação a uma infecção, podemos pensar este modelo como um modelo epidêmico. Consideramos também algumas variações dessa dinâmica. Dentre elas, variantes com partículas distribuídas sobre a semirreta dos reais positivos (nesta vertente, existem condições para as distâncias entre partículas consecutivas) e também com as partículas distribuídas sobre vértices de árvores. Estudamos também para esses casos a transição de fase e probabilidade de sobrevivência. Nesta variante os resultados obtidos são funções da sequência de distribuições dos alcances das explosões e da estrutura dos lugares onde se localizam as partículas. Consideramos também variações do modelo onde cada partícula ao ser ativada...

Controvérsias em torno das práticas e terapias de cura: a epidemia de cólera-morbus em Pernambuco (1855); Controversies regarding practices and healing therapies: the epidemic of cholera-morbus in Pernambuco (1855)

Santos, Luciana dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
16.29%
O trabalho focaliza as controvérsias que se seguem ao evento da epidemia de cóleramorbus deflagrada na província de Pernambuco no ano de 1855, em torno de práticas e terapias que foram mobilizadas no combate à moléstia. O fio condutor da análise são os embates que se estabeleceram entre a medicina acadêmica e outras formas terapêuticas - particularmente de homeopatas, leigos, negros e índios. Adicionalmente, o trabalho procura pontos de intersecção entre a emergência de um projeto moderno de medicina e a religião, acompanhando a reflexão e a prática produzidas pelos missionários capuchinhos italianos sobre a epidemia.; The work focuses on the controversy following the event of the epidemic of choleramorbus triggered in the province of Pernambuco in the year 1855, around practices and therapies that have been mobilized to fight the disease. The guiding thread of the analysis are the shocks that have been established between academic medicine and other therapeutic methods - particularly of homeopaths, lay people, blacks and indians. Additionally, the work searches points of intersection between the emergence of a modern project of medicine and religion, accompanying the reflection and practice produced by italian capuchin missionaries on the epidemic.

Mineração de dados em redes complexas: estrutura e dinâmica; Data mining in complex networks: structure and dynamics

Arruda, Guilherme Ferraz de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
16.29%
A teoria das redes complexas é uma área altamente interdisciplinar que oferece recursos para o estudo dos mais variados tipos de sistemas complexos, desde o cérebro até a sociedade. Muitos problemas da natureza podem ser modelados como redes, tais como: as interações protéicas, organizações sociais, o mercado financeiro, a Internet e a World Wide Web. A organização de todos esses sistemas complexos pode ser representada por grafos, isto é, vértices conectados por arestas. Tais topologias têm uma influencia fundamental sobre muitos processos dinâmicos. Por exemplo, roteadores altamente conectados são fundamentais para manter o tráfego na Internet, enquanto pessoas que possuem um grande número de contatos sociais podem contaminar um grande número de outros indivíduos. Ao mesmo tempo, estudos têm mostrado que a estrutura do cérebro esta relacionada com doenças neurológicas, como a epilepsia, que está ligada a fenômenos de sincronização. Nesse trabalho, apresentamos como técnicas de mineração de dados podem ser usadas para estudar a relação entre topologias de redes complexas e processos dinâmicos. Tal estudo será realizado com a simulação de fenômenos de sincronização, falhas, ataques e propagação de epidemias. A estrutura das redes será caracterizada através de métodos de mineração de dados...

Zoneamento da favorabilidade climática para a ocorrência da ferrugem alaranjada da cana-de-açúcar nas principais regiões produtoras do Brasil e da Austrália; Climate favorability zoning for the occurrence of sugarcane orange rust in the main producing regions of Brazil and Australia

Santos, Dayana Lardo dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
16.29%
O Brasil, maior expoente do setor sucroalcooleiro mundial, apresenta como um dos entraves para obter elevadas produtividades a ocorrência de doenças fúngicas, as quais limitam o potencial produtivo do canavial. Atualmente, um dos grandes desafios para a comunidade canavieira é a recém-introduzida ferrugem alaranjada, doença causada pelo fungo Puccinia kuehnii, a qual foi detectada pela primeira vez no Brasil na safra 2009/10, ano em que as chuvas excederam os valores normais e as temperaturas foram amenas. Dada a grande dependência que as doenças fúngicas têm das condições climáticas para se manifestarem, o presente estudo teve por objetivo avaliar as condições meteorológicas que foram observadas durante as epidemias de ferrugem alaranjada ocorridas na província de Queensland, Austrália, em 1999/2000, e no estado de São Paulo, em 2009/2010, e a partir dessas elaborar modelos que possibilitassem estimar a severidade da doença, de modo a se estabelecer o zoneamento da favorabilidade climática para sua ocorrência. Com base nessas informações foram elaborados mapas de favorabilidade climática para a ocorrência da ferrugem no estado de São Paulo e na província de Queensland. As variáveis climáticas favoráveis à ocorrência da ferrugem alaranjada foram o número de decêndios com excedente hídrico (NDEXC) e o número de decêndios com temperatura média ideal para a infecção (NDTideal). Essas variáveis foram utilizadas no desenvolvimento de modelos lineares para determinação da severidade da doença...

DETA! O yokai e as transformações das criaturas sobrenaturais japonesas; DETA! The yokai and the transformations of supernatural Japanese creatures

Wanderley, Aline Majuri
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
16.29%
Yokai é a designação comumente aplicada para nomear seres sobrenaturais como oni (ogro japonês), kappa (espécie de ser aquático), criados pelos homens para explicar fenômenos desconhecidos à sua volta, como epidemias e desastres naturais; dessa maneira, eventos nocivos ao ser humano tomaram a forma do yokai. Hoje, essas criaturas estão presentes no imaginário japonês sob a condição de personagens de anime (denominação das animações japonesas), mangá (histórias em quadrinhos nipônicas), games expressões modernas da cultura popular do Japão. A presente pesquisa buscou trilhar o caminho percorrido por esses seres até alcançarem o status de yokai-personagem. Os estudos concentraram-se nas principais representações dos ykai nas Época Heian (794-1192), Época Muromachi (1333-1573) e Época Edo (1603-1867), pois foi quando se verificou importantes mudanças nas expressões dessas criaturas, até culminar nos personagens criados pelo artista de mangá Mizuki Shigeru (1922- ), responsável por introduzir o yokai no imaginário nacional japonês no século XX. Pesquisas acadêmicas em língua portuguesa que tomam o yokai como objeto são escassas. Esperamos com esse estudo, apresentar essas criaturas na academia, e inseri-las no contexto acadêmico...

Evolução do conceito de Segurança nas Relações Internacionais: uma análise das políticas de Segurança Alimentar Caso Bolívia; Evolution of the concept of Security in International Relations: an analysis of Food Security policies for Case Bolivia

Cordero, Claudia Carola Rios
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
16.29%
A Segurança sempre foi um tema de grande interesse para as nações, para os grandes líderes de governos e para os acadêmicos que foram testemunhas das mudanças no sistema internacional ao longo do tempo. Essas mudanças repercutiram em transformações no conceito de segurança que acompanharam o contexto internacional, criando assim um debate teórico em torno ao conceito. Depois da Guerra Fria, o realismo entra em crise, demandando uma mudança no conceito que, hoje, tem a ver com o indivíduo e as ameaças existentes que se tornam problemas internacionais toda vez que transcendem fronteiras. A Segurança Humana surge como resposta do PNUD à nova agenda internacional, e inclui ameaças não estatais à segurança internacional. Dentro destas ameaças estão presentes os problemas ambientais, as epidemias, o desemprego, a fome, o narcotráfico, o terrorismo, a migração, os conflitos étnicos, as violações dos direitos humanos, dentre outros. São sete as dimensões que procuram classificar todas as ameaças ao individuo. Uma das dimensões da Segurança Humana é a Segurança Alimentar, que busca garantir o acesso, disponibilidade e uso dos alimentos com uma estabilidade ao longo do tempo. Com base nisto, este trabalho abordará as condições e os debates teóricos durante a Guerra Fria...

Avaliação das medidas de educação e Vigilância Ambiental em Saúde com vistas ao controle da infestação predial de Aedes aegypti, e da dispersão de criadouros dos mosquitos vetores do vírus da dengue; Evaluation of measures of education and Surveillance Environmental Health in order to control the building infestation rate of Aedes aegypti, and the mosquito breeding dispersal of vectors of dengue virus

Rezende, Kênia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/11/2013 PT
Relevância na Pesquisa
16.29%
A Dengue, que se tornou um grave problema de Saúde Pública, é uma endemia viral com quatro sorotipos conhecidos. Atualmente todos circulam no Brasil. Os vetores do vírus são os mosquitos Aedes aegypti, adaptados ao ambiente urbano. A ocorrência das epidemias de dengue são associadas à presença do Ae. aegypti, ao clima favorável, ao conhecimento e atitude da população, a eficácia e cobertura dos programas governamentais de controle e vigilância do vetor, à má disposição de resíduos sólidos, a estrutura de saneamento, ao grau de urbanização, a densidade do vetor, a mobilidade da população e circulação dos sorotipos do vírus. Os objetivos desta pesquisa foram verificar se o modelo de Vigilância Ambiental em Saúde e Educação Ambiental reduz a frequência de infestação do Ae. aegypti e, consequentemente, o risco de incidência e analisar a distribuição espacial dos criadouros do mosquito do gênero Aedes aegypti na cidade de Araguari, MG. O desenho de estudo adotado foi o ecológico e a teoria dos Complexos Patogênicos. Utilizou-se dados epidemiológicos, entomológicos, climatológicos, espaciais, divididos por setores censitários, e os programas livres Google Earth para geocodificação e Terra View para espacialização dos criadouros...

Influenza A H1N1 no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC/FMUSP); perfil clínico dos casos atendidos e utilização de serviços hospitalares; Influenza A H1N1 in Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP): clinical profile from patients and use of health services

Calmona, Carlos Odair
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
16.29%
A atenção à saúde compreende múltiplas formas de prestação de serviços, sendo o hospital a instituição nuclear para os sistemas de saúde. Em maio de 2009 iniciou-se uma epidemia que evoluiu para escala mundial, com novo subtipo de vírus influenza identificado como Influenza A (H1N1)09pdm, caracterizado pela alta demanda de consultas e internações hospitalares, o que impactou na gestão e custos do serviço. O objetivo da pesquisa foi estudar o consumo de serviços hospitalares dos casos suspeitos e confirmados de Influenza A(H1N1)09pdm no Instituto Central do Hospital das Clínicas da FMUSP (ICHC-HCFMUSP), entre maio e dezembro de 2009. Tomando como informação inicial os registros do banco de notificações e do de saídas hospitalares do Núcleo de Informação em Saúde do HCFMUSP, foram selecionados 430 indivíduos que preencheram os critérios de inclusão da pesquisa e que levaram à 632 internações hospitalares. Em 26% (n=112) das pessoas e em 22,3% (n=141) das internações foi confirmada a suspeita para infecção por H1N1. Nas internações de casos suspeitos, a mediana de duração da internação foi de 5+17 (0-161) dias e 23,4% (n=148) foram admitidos nas UTIs, com mediana de internação 4,5+7,8 (0-46) dias. Nos casos confirmados...

Monitoramento de séries de contagem por meio de gráficos de controle; Monitoring time series of counts using control charts..

Esparza Albarracin, Orlando Yesid
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
16.29%
Na área da saúde, várias abordagens nos últimos anos têm sido propostas baseadas nos gráficos de controle CUSUM para a detecção de epidemias infecciosas em que a caraterística a ser monitorada é uma série temporal de dados de contagem, como o número de internações. Neste trabalho foram implementados os modelos lineares generalizados (MLG) no monitoramento, por meio dos gráficos CUSUM e Shewhart, da série do número diário de internações por causas respiratórias para pessoas com 65 anos ou mais residentes no município de São Paulo. Por meio de simulações, avaliaram-se a eficiência de cinco estatísticas diferentes para detectar mudanças na média em séries de contagem. Uma das abordagens consistiu na implementação de três transformações normalizadoras simples que dependem unicamente dos parâmetros das distribuições Poisson e binomial negativa: a transformação Rossi para dados com distribuição Poisson, a transformação Jorgensen para dados com distribuição binomial negativa e os sesíduos de Anscombe para modelos lineares generalizados. As duas últimas estatísticas já foram propostas como gráficos CUSUM: o Método Rogerson e Yamada (2004) é apresentado para dados com distribuição Poisson e neste trabalho foi proposto um novo parâmetro kt para dados binomial negativa; já o método proposto por Hohle (2007) é baseado na função de verossimilhança da distribuição binomial negativa. Utilizando limites de controle para obter um valor ARL0 = 500 sob normalidade...

Avaliação da taxa de dispensação de isoniazida utilizada no tratamento preventivo de tuberculose em serviço especializado em HIV/aids; Evaluation of withdrawal of isoniazid for preventive treatment of tuberculosis in HIV/aids outpatient clinic

Santana, Claudinei Alves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
16.29%
INTRODUÇÃO: A Tuberculose (TB) e a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS) são, individualmente, grandes ameaças à saúde pública. As epidemias de AIDS e TB são sinérgicas e criaram uma crise de grandes proporções e desafios para o manejo clínico dos doentes, serviços de saúde e órgãos governamentais. A infecção pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) é um dos principais fatores de risco para TB. O tratamento de pacientes com HIV ou aids e TB requer o uso concomitante de medicamentos tuberculostáticos e antirretrovirais, e as dificuldades a serem superadas incluem alto número de comprimidos, adesão aos tratamentos, interações medicamentosas com possibilidade de sobreposição de efeitos tóxicos e síndrome de reconstituição imune inflamatória. Uma forma de prevenção da TB é o Tratamento Preventivo com Isoniazida (TPI) nos pacientes com Infecção Latente por Mycobacterium tuberculosis (ILMTb), para os quais taxas de adesão de 80% ou mais são adequadas. A baixa adesão ao TPI diminui a sua efetividade. Neste cenário, avaliar a adesão ao TPI é de grande importância. O Serviço de Farmácia pode ser um instrumento altamente eficiente para realizar esta avaliação, através do acompanhamento das taxas de dispensação de isoniazida (INH) prescrita como TPI. OBJETIVO: Avaliar a taxa de adesão ao TPI em sujeitos com HIV ou aids e ILMTb...

Caracterização molecular dos vírus da dengue isolados em Ribeirão Preto de 2010 a 2011; Molecular characterization of dengue vírus isolated in Ribeirão Preto in 2010 and 2011

Soares, Adriana Moreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
16.29%
A dengue é uma doença infecciosa causada pelo vírus da dengue (DENV) e transmitida principalmente pela picada de mosquitos Aedes aegypti. A dengue é a doença viral transmitida por artrópodes de maior importância em saúde pública, afetando principalmente a países tropicais e subtropicais do mundo. As epidemias de dengue têm aumentado consideravelmente nos últimos anos em todo o mundo e as fronteiras de circulação do vírus vem se expandido constantemente. Assim, estudos de diferentes aspectos da doença e do vírus são de grande importância para aperfeiçoar os conhecimentos sobre esta ameaça. Neste sentido, é importante que algumas análises, como as filogenéticas e evolutivas dos vírus sejam realizadas para identificação dos genótipos circulantes, a origem dos mesmos, o relacionamento com outros subtipos e a evolução sofrida ao longo do tempo. Este estudo teve por objetivo analisar o relacionamento filogenético e evolutivo dos DENV isolados em Ribeirão Preto entre 2010 e 2011. Amostras de soro (n=79) de pacientes com dengue estocadas a -80ºC foram inoculadas em células C6/36 para tentativa de isolamento viral, o qual foi confirmado a partir de 39 amostras por imunofluorescência indireta e/ou RT-PCR em tempo real. Sequenciamento de parte do gene da proteína viral NS5 ou do gene da proteína E mostrou que 25 pertenciam ao DENV-1...

Estudo descritivo da pandemia da Influenza A(H1N1)pdm09 no Brasil, 2009-2010; Descriptive study of pandemic influenza A(H1N1)pdm09 in Brazil, 2009-2010

Rossetto, Erika Valeska
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
16.29%
A influenza ou gripe é uma doença aguda do sistema respiratório, de alta transmisssibilidade e presente em todo o mundo. Os vírus influenza A tem freqüente capacidade de mutação antigênica, podendo assim causar epidemias sazonais e pandemias com repercussão social e econômica. O objetivo deste estudo foi descrever a pandemia de influenza pelo vírus A(H1N1)pdm09 no Brasil. Foi desenvolvido um estudo descritivo, nos anos de 2009 e 2010. Utilizou-se como fonte de dados os casos notificados no SINAN, módulo influenza pandêmica e da declaração de óbito do SIM. Foram calculadas medidas de frequência, medida de tendência central e medidas de dispersão. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da FM-USP. Foram notificados no SINAN 105.054 casos suspeitos de influenza A(H1N1)pdm09. Destes, 53.797 (51,20%) foram encerrados como influenza por novo subtipo viral. Entre os casos confirmados, 56,73% eram do sexo feminino. A média de idade dos confirmados foi de 26,31 (dp ± 18,10) anos. O período mais freqüente de início de sintomas compreende as SE 31 a 34 de 2009. A febre foi o sinal mais freqüente entre os confirmados (99,74%) e a presença de comorbidades foi notificada em 32,53% dos casos. Em 2009, foram confirmados casos nos 26 Estados e no Distrito Federal. A incidência de SRAG por influenza na população no ano de 2009 foi de 28...

Phylogeography of the 2013 urban outbreak of dengue virus in Guarujá, São Paulo.; Filogeografia do surto urbano de 2013 da dengue em Guarujá, São Paulo

Arenas, Christian Julian Villabona
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/11/2014 EN
Relevância na Pesquisa
16.29%
Dengue virus type 1 (DENV-1) was introduced in Brazil in 1986 and caused several epidemics. The first autochthonous cases of DENV-2 and DENV-3 were detected respectively in 1990 and 2000. Since then, the viruses have spread throughout Brazil and became endemic in most areas infested with Aedes aegypti. DENV-4 was isolated for the first time in 1982 in a focal epidemic in the northwestern region of the Brazilian Amazon. Later, in 2008, this serotype emerged as an important pathogen during outbreaks. The study of the historical processes that may be responsible for the contemporary geographic distributions of viruses is critical to understand viral epidemiology. However, those processes in urban scales are not well understood. 2013 was one of the worst years for dengue in the Brazils history, with 1.4 million cases, including 6,969 severe cases and 545 deaths. This project aimed to understand the dynamics of evolutionary change, origins and distributions of different viral strains in an urban setting during 2013. We expect this study to provide new perspectives for viral control.; O vírus da dengue tipo 1 (DENV-1) foi introduzido no Brasil em 1986 e foi responsável por numerosas epidemias. Os primeiros casos autóctones do DENV-2 e DENV-3 foram detectados respectivamente em 1990 e 2000. Desde então...

Estabelecimento de pyrenophora avenae Ito & Kurib, em grãos de aveia (Avena sativa L.) em formação sob condições de campo

Rosa, Carlos Renato Echeveste da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
16.29%
O aumento da área de cultivo da aveia branca no Brasil, principalmente em plantio direto, tem ocasionado o aumento na intensidade da mancha foliar e do grão causada por Pyrenophora avenae. Por ser um patógeno necrotrófico, é extremamente dependente dos restos culturais da aveia para sobreviver entre uma estação de cultivo e outra. Assim, a suscetibilidade do hospedeiro, a presença de inóculo do patógeno e condições ambientais favoráveis tem sido as principais causas da ocorrência freqüente de epidemias no sul do Brasil. O objetivo deste trabalho foi identificar a fase do desenvolvimento das sementes que é mais suscetível para o estabelecimento do fungo e correlacioná-la com a quantidade de inóculo produzida nas folhas basais mortas. Sob condições de campo, panículas de aveia foram expostas ao inóculo por determinados períodos de tempo desde a sua emergência, em diferentes condições de temperatura e precipitação pluviométrica. As sementes em formação, expostas ao inóculo durante o estágio de grão leitoso e massa mole, apresentaram as maiores incidências do patógeno. A temperatura e a quantidade de chuva do período de observação não influenciaram a porcentagem de sementes infectadas pelo patógeno. No entanto...

Ascensão e queda na mortalidade por doença isquêmica do coração no século XX : a epidemia nos EUA e um inquérito epidemiológico sobre sua causa

Azambuja, Maria Ines Reinert
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
16.29%
Os fatores de risco clássicos para o desenvolvimento de doença isquêmica do coração (DIC) explicam menos de 50% da queda na mortalidade observada desde 1950. A transição em curso, do paradigma degenerativo para o inflamatório/infeccioso, requer nova interpretação causal das tendências temporais. Este é um estudo ecológico, baseado em dados dos Estados Unidos, que mostra, em homens e mulheres, uma associação entre a distribuição etária da mortalidade por influenza e pneumonia (I&P) associada à pandemia de influenza de 1918-1919 na faixa dos 10 aos 49 anos e a distribuição da mortalidade por DIC, entre 1920 e 1985, em sobreviventes das coortes de nascimento correspondentes. Mostra ainda uma correlação negativa significativa (r = -0,68, p = 0,042) entre o excesso de mortalidade por I&P acumulado em epidemias entre 1931-1940 (utilizado como indicador da persistência da circulação de vírus H1N1 aliada à vulnerabilidade à infecção) e a ordem do início do declínio na mortalidade por DIC, em nove divisões geográficas dos Estados Unidos. Os dados sugerem, à luz do conhecimento biológico atual, que a pandemia de influenza de 1918 (e as que se seguiram até 1957) pudesse ter tido papel determinante na epidemia de mortalidade por DIC registrada no século XX.; The classic risk factors for developing coronary heart disease (CHD) explain less than 50% of the decrease in mortality observed since 1950. The transition currently under way...

Eosinófilos e proteína catiônica eosinofílica em bronquiolite viral aguda

Muller, Helena
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
16.29%
Introdução: Bronquiolite viral aguda (BVA) é a doença respiratória mais grave de lactentes previamente hígidos. Ocorre em epidemias anuais durante os meses de inverno, sendo uma causa freqüente de hospitalizações nesta faixa etária. O agente etiológico mais freqüente é o vírus respiratório sincicial (VRS). É uma doença benigna na maioria dos casos, mas pode apresentar-se de forma grave em alguns pacientes e freqüentemente produz seqüelas após o episódio agudo. Nos últimos anos vários estudos têm procurado elucidar a patogênese da BVA e suas seqüelas, e mecanismos imunológicos e de resposta inflamatória têm sido pesquisados. O papel dos eosinófilos e suas proteínas citotóxicas, como a Proteína Catiônica Eosinofílica (PCE), têm sido investigado na BVA, com resultados inconclusivos. O objetivo do presente estudo é determinar a contagem de eosinófilos no sangue periférico e a concentração sérica de PCE em pacientes internados com BVA e comparar com diferentes graus de gravidade. Pacientes e Métodos: Foi realizado um estudo com lactentes menores de 1 ano que internaram no Hospital da Criança Santo Antônio (HCSA) no período de junho a agosto de 1999 com quadro clínico de BVA com os seguintes critérios de inclusão: freqüência respiratória maior ou igual a 60 movimentos por minuto...