Página 12 dos resultados de 352 itens digitais encontrados em 0.031 segundos

Aerossois de queimadas e doencas respiratorias em criancas, Manaus, Brasil

Andrade Filho,Valdir Soares de; Artaxo,Paulo; Hacon,Sandra; Carmo,Cleber Nascimento do; Cirino,Glauber
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
16.24%
OBJETIVO: Analisar a relação entre a exposição ao material particulado fino emitido em queimadas e as internações hospitalares por doenças respiratórias em crianças. MÉTODOS: Estudo descritivo com delineamento ecológico de séries temporais realizado em Manaus de 2002 a 2009. Os dados de internações hospitalares foram obtidos a partir do banco de dados do Sistema Único de Saúde. Os níveis de PM2.5 foram estimados por sensoriamento remoto a partir da espessura ótica de aerossóis no comprimento de onda de 550 nm. Foram utilizadas a correlação de Pearson e a regressão linear múltipla entre as variáveis com intervalo de 95% de confiança. RESULTADOS: A região de Manaus apresentou baixas concentrações de PM2.5, quando comparada com a porção sul da região Amazônica. Os meses de agosto a novembro (período seco) apresentaram os maiores níveis médios de PM2.5 (de 18 a 23 µg/m³) e os maiores números de focos de queimadas detectados. A média do PM2.5 para a estação chuvosa foi de 12 µg/m³, 66% menor que a média da estação seca...

AS INCERTEZAS ASSOCIADAS ÀS CONDIÇÕES CLIMÁTICAS OBTIDAS PELO MODELO ETA CPTEC/HADCM3: AVALIAÇÃO COMPARATIVA ENTRE OS DADOS SIMULADOS E OBSERVADOS DE PRECIPITAÇÃO, EVAPOTRANSPIRAÇÃO E VAZÃO NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO IJUÍ, BRASIL.

Oliveira,Guilherme Garcia de; Pedrollo,Olavo Correa; Castro,Nilza Maria dos Reis
Fonte: Sociedade Brasileira de Meteorologia Publicador: Sociedade Brasileira de Meteorologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
16.24%
Este estudo tem como objetivo avaliar as condições climáticas obtidas pelo modelo Eta CPTEC/HadCM3, conduzido por quatro membros do modelo global HadCM3 (CNTRL, LOW, MID e HIGH), na bacia do rio Ijuí, RS. O período de controle utilizado foi de 1961 a 1975, visando a avaliação dos cenários climáticos e de vazão entre 1976 e 1990. O trabalho foi estruturado em cinco etapas: interpolação espacial dos dados climáticos; correção das séries climáticas simuladas; cálculo da evapotranspiração de referência; simulação hidrológica da vazão mensal; comparação entre as condições simuladas e as observadas de precipitação, evapotranspiração e vazão. Embora os métodos de correção utilizados para eliminar as tendências das séries climáticas simuladas tenham originado cenários bem distintos, nenhum método apresentou desempenho superior a outro em todos os critérios analisados. Tanto no caso das precipitações, quanto das vazões resultantes do processo de modelagem hidrológica, as diferenças entre os valores simulados com base no modelo Eta e os valores observados atingiram erros algumas vezes superiores a 20%. Portanto...

Suscetibilidade da vegetação ao fogo no sul do Amazonas sob condições meteorológicas atípicas durante a seca de 2005

Vasconcelos,Sumaia Saldanha de; Fearnside,Philip Martin; Graça,Paulo Maurício Lima de Alencastro; Silva,Paulo Ricardo Teixeira da; Dias,David Valentim
Fonte: Sociedade Brasileira de Meteorologia Publicador: Sociedade Brasileira de Meteorologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
16.23%
As condições meteorológicas desempenham importante função no comportamento de queimadas e incêndios florestais na Amazônia. Em anos de secas severas, as queimadas utilizadas no manejo da terra podem sair do controle e queimar extensas áreas de vegetação. Parâmetros meteorológicos e focos de calor foram utilizados para avaliar a suscetibilidade da vegetação ao fogo no sul do Amazonas em um ano sem seca (2004) e com seca severa (2005). O número de células suscetíveis ao fogo foi 84% maior em 2005 (72%), comparando com 2004 (39%). Em 2005, o número de células com focos aumentou 66% e o número de focos 121%. Em 2004, 65% dos focos ocorreram com precipitação entre 40 e 90 mm, 96%, com temperatura média entre 26 e 28 ºC, e 89% com umidade inferior a 65%. Em 2005, 83% dos focos ocorreram com precipitação inferior a 70 mm, 96% com temperatura média entre 24 e 28 ºC e 99% com umidade inferior a 65%. Os parâmetros meteorológicos apresentaram tendência de separação entre anos, mas não entre áreas com e sem focos (PC1 = 84%). Houve maior amplitude de variação desses parâmetros no ano com seca severa...

Eutrofização em reservatórios – Estudo de caso: reservatório de Rio Bonito (ES)

Trindade,Priscilla Basilio Cardoso Barros; Mendonça,Antônio Sérgio Ferreira
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental - ABES Publicador: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental - ABES
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
16.23%
O reservatório da Pequena Central Hidrelétrica de Rio Bonito, localizado na bacia do Rio Santa Maria da Vitória, no Estado do Espírito Santo, Brasil, é um dos principais mananciais de abastecimento da região metropolitana da Grande Vitória e recebe aporte de nutrientes provenientes de esgotos domésticos, cultivos agrícolas e granjas. O presente estudo tem como objetivo analisar as condições do referido corpo de água, quanto a aspectos relacionados com a eutrofização, para o ano hidrológico outubro de 2008 a setembro de 2009, a partir de resultados de monitoramento bimestral de qualidade de água realizado em pontos situados no seu interior, a montante e a jusante. Além disto, procurou-se verificar a influência de precipitações pluviométricas e sazonalidade sobre a classificação relativa a estados tróficos. Foi realizada classificação das águas do reservatório, quanto ao estado trófico, de acordo com diferentes modelos matemáticos e Índices de Estado Trófico (IET), incluindo modelos de Salas e Martino e da OECD, além de IETs de Carlson e de Lamparelli. Concluiu-se que diferentes modelos podem resultar em diferentes classes de níveis de trofia e que precipitações pluviométricas e sazonalidade apresentam grande influência na classificação. Dessa forma...

Análise climática da Bacia Hidrográfica do Rio Mamanguape

Santos,Elydeise C. A. dos; Araújo,Lincoln E. de; Marcelino,Aliny dos S.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2015 PT
Relevância na Pesquisa
16.24%
A precipitação no Nordeste brasileiro apresenta grande variabilidade, motivo pelo qual o monitoramento dos períodos secos e chuvosos se faz necessário, haja vista ser imprescindível para garantir o gerenciamento adequado dos recursos hídricos. Neste sentido foi utilizado o Índice de Anomalia de Chuva a fim de monitorar os períodos secos e chuvosos e suas intensidades. Utilizaram-se dados de 31 postos distribuídos ao longo da Bacia Hidrográfica do Rio Mamanguape com série histórica de 18 anos (de 1994 a 2011). Dentro de cada ano foram observados dois períodos distintos, um período úmido, que vai de março a agosto e um período seco, que se estende de setembro a fevereiro. Esta pesquisa apresenta a climatologia espacial da bacia, a qual evidenciou três regiões distintas, sendo a primeira a região leste, a segunda é a região central e a terceira é a região oeste. Por fim, foram efetuadas projeções de redução e aumento da precipitação em 20% sobre o valor atual obtido a partir da série histórica...

Modelagem probabilística de eventos de precipitação extrema no estado do Rio Grande do Sul

Caldeira,Tamara L.; Beskow,Samuel; Mello,Carlos R. de; Faria,Lessandro C.; Souza,Mayara R. de; Guedes,Hugo A. S.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
16.24%
A gestão de cheias em bacias hidrográficas brasileiras deve ser discutida e priorizada, porém o cenário atual indica lacunas quanto às informações hidrológicas com variabilidade espacial e temporal condizentes. A modelagem probabilística de eventos extremos de precipitação, buscando a extrapolação para uma frequência e duração, pode servir como excelente ferramenta de análise e tomada de decisões. O objetivo principal deste trabalho foi analisar o ajuste de diferentes modelos probabilísticos a séries de precipitação máxima diária anual no Rio Grande do Sul. Séries pluviométricas de 342 estações foram ajustadas às distribuições Log-Normal a 2 e 3 parâmetros e Gumbel e a adequação foi realizada pelos testes de Kolmogorov-Smirnov e Qui-Quadrado. Todas as distribuições de probabilidade consideradas foram adequadas; entretanto, a distribuição Log-Normal a 3 parâmetros apresentou os melhores ajustes segundo os resultados do teste Qui-Quadrado. Os parâmetros das distribuições de probabilidades apresentaram variabilidade ao longo do estado e forte relação com a localização...

Balanço hídrico em área de pastagem no semiárido pernambucano

Souza,Rodolfo M. S.; Souza,Eduardo S. de; Antonino,Antonio C. D.; Lima,José R. de S.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2015 PT
Relevância na Pesquisa
16.24%
Propôs, neste trabalho, avaliar a distribuição e a interação entre os componentes do balanço hídrico em uma área de pastagem cultivada em Serra Talhada, no semiárido pernambucano. Foram realizados monitoramentos da precipitação pluvial (P), da variação no armazenamento de água (ΔA) e do escoamento superficial (ES) para determinação do balanço hídrico. A evapotranspiração (ET) foi obtida a partir da covariância dos vórtices turbulentos. O fluxo total de água no solo (Q), ou seja, a drenagem (-Q) ou ascensão capilar (+Q) foi obtido a partir da equação do balanço hídrico. A taxa de ET da pastagem foi baixa; ainda assim, foi o principal componente de saída de água do sistema seguido pelo ES que, juntos, totalizaram aproximadamente 80% da precipitação pluvial. Esta pesquisa demonstrou que mesmo em anos de seca é necessário se quantificar o ES e as perdas e/ou ganhos de água no limite inferior do solo para se ter uma avaliação precisa da dinâmica da água no sistema solo-pastagem em condições de semiárido.

TENDÊNCIA DE TEMPERATURA NA SUPERFÍCIE DO MAR NOS OCEANOS ATLÂNTICO E PACÍFICO E VARIABILIDADE DE PRECIPITAÇÃO EM PERNAMBUCO

Nóbrega,Ranyére Silva; Santiago,Gabriela Ayane Chagas Felipe
Fonte: Universidade Federal do Ceará Publicador: Universidade Federal do Ceará
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
16.24%
A dinâmica existente entre o oceano e a atmosfera interfere em grande parcela do clima do planeta. A configuração do campo de pressão atmosférico próximo à superfície terrestre, normalmente esta fortemente relacionada com a temperatura da própria superfície de contato, principalmente nos oceanos. Dois eventos de grandes magnitudes desta relação que interferem na precipitação do Nordeste do Brasil (NEB) são o El Niño e o Dipolo do Atlântico. O fenômeno El Niño-Oscilação Sul (ENOS) sobre o Pacífico Equatorial, e o gradiente meridional de anomalias de TSM sobre o Atlântico Tropical modulam conjuntamente uma grande parte da variância interanual do clima sobre o NEB. Este trabalho tem por objetivo verificar possíveis tendências nas Temperaturas da Superfície do Mar (TSM) dos oceanos Pacífico e Atlântico e verificar possíveis influências na precipitação do estado de Pernambuco. Para identificar essas influências os dados de anomalias do oceano Pacífico e Atlântico foram comparados com o índice de anomalia de chuva e as médias anuais para cada município em estudo. Os resultados obtidos mostraram que ambos os oceanos apresentam uma tendência positiva ao aquecimento sendo uma evidencia de mudanças climáticas e os totais pluviométricos do estado são fortemente influenciados com a ocorrência do El Niño e do Dipolo do Atlântico.

Interpretação fenológica de cinco espécies de Chrysobalanaceae na reserva florestal Adolpho Ducke, Manaus, Amazonas, Brasil

RUIZ,Jorge Elias Alván; ALENCAR,Jurandyr da Cruz
Fonte: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Publicador: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1999 PT
Relevância na Pesquisa
16.25%
Este estudo foi desenvolvido na Reserva Florestal Adolpho Ducke, ao norte de Manaus. Analisaram-se dados de observações fenológicas sobre cinco espécies da família Chrysobalanaceae, Licania heteromorpha L. longistyla L octandra Couepia longipendula, C. robusta e dados meteorológicos obtidos no período de 1970 a 1994. Determinaram-se as percentagens médias mensais de ocorrência, frequência, regularidade, data e duração média anual das fenofases, e o índice de sincronia entre indivíduos e na população para a plena floração (F2), frutos maduros (F5) e folhas novas (F8) de cada espécie. L. heteromorpha apresentou pico máximo de plena floração na transição para a estação chuvosa (Nov.-Jan.); L. longistyla (Jun.) e L. octandra (Jul.) na transição para a estação seca; C. longipendula e C. robusta na estação seca (Out.). As espécies apresentaram frequência anual a supra-anual na floração, com padrão irregular, com exceção de L. octandra supra-anual e padrão muito irregular. A duração média da floração foi de 4,8 meses e de 5...

Implicações ecológicas da fenologia reprodutiva de Salix martiana Leyb. (Salicaceae) em áreas de várzea da Amazônia Central1

OLIVEIRA,Astrid Câmara de; PIEDADE,Maria Teresa Fernandez
Fonte: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Publicador: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2002 PT
Relevância na Pesquisa
16.24%
Salix martiana Leyb. é uma planta que ocupa margens de rios de água branca, situando-se em cotas a partir de 23 m sobre o nível do mar (s.n.m.). Com o objetivo de verificar a influência do tempo de inundação anual e da precipitação no comportamento fenológico desta espécie, três sítios em diferentes cotas, de 23 a 27 m (s.n.m.), foram escolhidos e em cada um deles 25 árvores foram marcadas e observadas semanalmente, durante 14 meses. Para determinação do tempo médio de formação dos frutos, três árvores por sítio tiveram 25 inflorescências marcadas, das quais 79% formaram frutos, com uma média de 48 frutos formados por inflorescência. Não houve interferência da inundação ou da precipitação em qualquer das fenofases, sendo a produção de sementes contínua ao longo do ano. Dentro das populações não foi observada variação individual nos eventos reprodutivos. Considerando o ambiente instável habitado pela espécie, a produção ininterrupta de sementes pode representar uma importante adaptação para aumentar o sucesso reprodutivo.

INFLUENCE OF THE EXTRACTION METHOD ON THE YIELD, PROTEIN PROFILE AND SOLUBILITY OF AMARANTH PROTEIN CONCENTRATES; INFLUÊNCIA DO MÉTODO DE EXTRAÇÃO NO RENDIMENTO, PERFIL PROTÉICO E SOLUBILIDADE DE CONCENTRADOS PROTÉICOS DE AMARANTO

Reis, Cathia; Universidade Estadual de Campinas; Netto, Flavia Maria; Universidade Estadual de Campinas
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 09/03/2007 POR
Relevância na Pesquisa
16.24%
Foram produzidos quatro concentrados protéicos de amaranto, variando-se as condições da etapa de extração alcalina: pH 8,0/água, pH 9,0/água, pH 8,0/0,4 M NaCl e pH 9/0,4 M NaCl. Os dois últimos foram dialisados após a etapa de precipitação em pH 4,5 e neutralização para eliminação do excesso de NaCl. Foram verificadas perdas de 30-50% das proteínas nas principais etapas de obtenção do concentrado, extração em pH alcalino e precipitação no pI. Obteve-se recuperação máxima de 24% quando a extração foi realizada em pH 9/água e mínima de 11,3% em  pH 8,0/0,4 M de NaCl. O perfil eletroforético das proteínas evidenciou que a fração com baixo peso molecular (albuminas) é extraída em maior proporção nas soluções 0,4 M  NaCl. O perfil das proteínas presentes no resíduo da extração alcalina mostrou-se semelhante ao dos concentrados protéicos obtidos, no entanto, os extraídos em solução salina revelaram maior proporção de frações com baixo peso molecular. A solubilidade das proteínas do concentrado protéico de amaranto dependeu do método de extração...

TRATAMENTO GRÁFICO DE INFORMAÇÃO PARA VAZÃO E PRECIPITAÇÃO UTILIZANDO A TÉCNICA DE FICHÁRIO-IMAGEM

Grizio-Orita, Edinéia Vilanova; Universidade Estadual de Ponta Grossa; Queiroz, Deise Regina Elias; Universidade Estadual de Maringá
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 05/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
16.24%
A informação visual, não é nem natural e nem espontânea porque possui uma linguagem própria que precisa ser apreendida. Ela para ser realmente compreendida, requer uma aprendizagem. O presente estudo procura enfocar a importância da imagem nas representações gráficas. Procura discutir a semiologia gráfica como um importante recurso para a cartografia. A questão da informação e da percepção visual são colocadas como recursos que requerem um aprendizado, pois a linguagem gráfica é um sistema de signos com significados e significantes. Nesse trabalho, será aplicado a técnica do fichário-imagem para o entendimento de algumas situações de precipitação e vazão, facilitando dessa forma a análise das informações. E foi possível concluir que, o sistema fluvial é marcado por uma resposta lenta à precipitação, o que pode ser explicado pela forma da bacia, pela baixa declividade das vertentes, e pela grande capacidade de armazenamento das coberturas superficiais.

Incremento sazonal do diâmetro de 7 espécies de uma Floresta Ombrófila Mista no Sul do Paraná.; SEASONAL DIAMETER INCREMENT FOR 7 SPECIES FROM AN OMBROPHYLLOUS MIXED FOREST, SOUTHERN STATE OF PARANÁ, BRAZIL

Figueiredo Filho, Afonso; Rode, Rafael; Figueiredo, Décio José de; Machado, Sebastião do Amaral
Fonte: FUPEF DO PARANÁ Publicador: FUPEF DO PARANÁ
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 30/09/2008 POR
Relevância na Pesquisa
16.24%
O incremento sazonal em diâmetro de sete espécies de uma Floresta Ombrófila Mista localizada em São João do Triunfo, região sul do estado do Paraná, foi avaliado durante sete anos (período de setembro de 1998 a setembro de 2005), com o uso de cintas dendrométricas. Foram incluídas no estudo 61 árvores de Araucaria angustifolia, 19 de Nectandra grandiflora, 12 de Campomanesia xanthocarpa, 10 de Cinnamomum vesiculosum, 10 de Prunus brasiliensis, 9 de Ocotea porosa e 8 de Matayba elaeagnoides. Para cada espécie, foram realizadas medições ao final de cada estação do ano. O incremento em diâmetro foi avaliado com análises de variância usando-se o delineamento em blocos casualizados para as espécies, anos e ainda por estação. Pelas análises realizadas para seis anos (período de setembro de 1999 a setembro de 2005), concluiu-se que a maior taxa do incremento em diâmetro ocorreu no verão, seguida da taxa de incremento na primavera, no outono e no inverno, responsáveis por 53, 26, 17 e 4% da produção anual, respectivamente. Prunus brasiliensis e Nectandra grandiflora apresentaram as maiores taxas de incremento. A média do incremento anual em diâmetro das seis folhosas estudadas foi de 0...

SEDIMENTOS PROVENIENTES DE ESTRADAS DE USO FLORESTAL EM CONDIÇÃO DE RELEVO ONDULADO A FORTEMENTE ONDULADO; Sediments proceeding from forest roads in wavy to strong waved relief conditions.

Corrêa, Carla Maria Camargo; Dedecek, Renato Antônio; Roloff, Gláucio
Fonte: FUPEF DO PARANÁ Publicador: FUPEF DO PARANÁ
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 25/03/2010 POR
Relevância na Pesquisa
16.24%
. For one year were evaluated, the soil losses by runoff proceeding to parts of fire breaks and secondary roads with it’s respectively contribution areas, for estimative equations for soil losses in function of the accumulated precipitation. Tree treatments were established: roads with conservation measure, using water bars for control the runoff equidistant in 50 meters, associated with drain into the stands; roads without conservation and fire breaks. The soil losses as follow: 5,2 t.km-1 for roads without conservation measure, 4.1 t.km-1 in roads with conservation measure and 1,4 t.km-1 in fire breaks, totalizing 10,7 t.km-1 soil losses in the period. The conservation measures adopted had reduced the soil losses in 11,9% in the Forest Management Units Ruthes and Leonel - Itaiopolis / SC. The road density with 59,92 m.ha-1 just about the maximum limit recommended for forest certification. Associated to the longitudinal profile conditions, draining system and covering of the stream bed road, had pointed with respect to the necessity of better sizing of the conservation measures and more frequent maintenance. The control of precipitation was presented confidence statistical information for estimative the soil losses procceding from erosive process in the evaluated forest roads.; Avaliaram-se...

A TIPOLOGIA PLUVIOMETRICA DE BAURU/SP

Pinheiro, Gabriela Marques; UFPR; Danni-Oliveira, Inês Moresco; Universidade Federal do Paraná
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 23/01/2013 POR
Relevância na Pesquisa
16.24%
Os problemas ambientais são todos aqueles que afetam negativamente a qualidade de vida dos indivíduos no contexto de sua interação com o espaço, seja ele natural ou social. Dentre estes problemas ambientais, encontra-se inserido os impactos de ordem extrema, em especial aqueles oriundos da atmosfera, que afetam de maneira inesperada o ambiente. Desta forma o presente trabalho teve como objetivo o estudo da tipologia pluviométrica da cidade de Bauru por meio de uma análise temporal das chuvas ocorridas nos meses de maior precipitação, para o período de 1978 a 2008.O uso de tipologias climáticas constituiu-se em eficiente proposta de analise como meio de informação para a caracterização do ritmo pluviométrico de dado lugar. Dessa forma conclui-se que houve leve tendência de aumento nos totais de precipitação nos últimos trinta anos de análise a partir da linha de tendência linear, porem em relação a sua media móvel, esta sofreu oscilações ao longo de sua historia principalmente na década de 2000, onde observou-se uma ligeira queda.

ANÁLISE DO BALANÇO HÍDRICO CLIMATOLÓGICO DO SISTEMA AQUÍFERO GUARANI, EM SUA ÁREA DE AFLORAMENTOS NO ESTADO DE SÃO PAULO

Santos, Maurício Moreira; Universidade Tecnológica Federal do Paraná; Chang, Maria Rita Caetano; Universidade Estadual Paulista; Kiang, Chang Hung; Universidade Estadual Paulista
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 23/01/2013 POR
Relevância na Pesquisa
16.24%
A pluviosidade e a temperatura do ar representam atributos fundamentais na análise dos climas tropicais, refletindo a atuação das principais correntes de circulação atmosférica e fornecendo subsídios essenciais para a avaliação do balanço hídrico regional. A partir da análise de dados de precipitação e temperatura disponíveis na área de afloramento do Sistema Aquífero Guarani (SAG) no estado de São Paulo, procedeu-se à determinação do balanço hídrico regional e ao cálculo da recarga direta por precipitação. Os dados pluviométricos e de temperatura utilizados pertencem à série histórica de 1982 a 1995, obtidos junto ao Departamento de Água e Energia Elétrica do Estado de São Paulo (DAEE). Constatou-se que as taxas pluviométricas na área de afloramento das formações geológicas constituintes do SAG são da ordem de 1400 mm/ano a 1600 mm/ano, com média para o período levantado de 1570 mm/ano, sendo o excedente hídrico estimado em um volume total médio de 604 mm/ano...

DENGUE: UMA ANÁLISE CLIMATO-GEOGRÁFICA NA CIDADE DE JATAÍ-GO; DENGUE: UMA ANÁLISE CLIMATO-GEOGRÁFICA NA CIDADE DE JATAÍ-GO

Cardoso Pereira, Clarissa; de Fátima Mariano, Zilda; Ricardo Rodrigues Rocha, José
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 16/01/2012 POR
Relevância na Pesquisa
16.25%
Os atuais estudos de geografia da saúde vêm abordando, principalmente, ainfluência do meio geográfico, as alterações ambientais e a organização social,sobre a saúde e qualidade de vida das pessoas. Esses estudos, em sua maioria,visam contribuir com os programas de saúde pública e de planejamentoambiental urbano. Nesse sentido, este presente artigo tem como objetivoanalisar a variabilidade da precipitação pluvial com o número de casos dedengue no município de Jataí-GO, no período de 2007 a 2009. Foram instaladasestações automáticas para mensuração dos elementos climáticos comotemperatura do ar e umidade do ar e pluviômetros para a coleta da precipitaçãopluvial, em vários pontos no perímetro urbano. Esses dados foram tabulados ecorrelacionados com os casos confirmados de dengue. Desta forma, no períodode 2007 a 2009, ocorreu grande variabilidade na distribuição da dengue nosbairros. Os maiores números de casos se concentraram na região do CentroTécnico Sucam, com 181 de ocorrências, de um total de 703 casos registrados...

DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL E TEMPORAL DA PRECIPITAÇÃO E TEMPERATURA MÉDIA NA REGIÃO DA SERRA DO CADEADO (PR).

Manosso, Fernando Cesar; Universidade Estadual de Maringá; Gomes, Márcio Fernando; Uniesp; Aoki, Alessandro; Universidade Estadual de Maringá
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 09/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
16.36%
Considerando a carência de estudos sobre as condições climáticas da região da Serra do Cadeado, localizada no setor Norte-Nordeste do estado do Paraná e a influência orográfica direta que esta exerce na dinâmica climática local, este trabalho objetiva fazer uma caracterização da distribuição espacial e temporal das temperaturas e precipitação média acumulada a partir das médias mensais da série histórica das estações climatológicas localizadas no entorno da área, com objetivo de subsidiar novas interpretações e análises sobre a ocorrência da precipitação e da temperatura na área. Os dados indicam que a elevação topográfica e configuração geomorfológica da região influenciam na dinâmica das temperaturas e precipitações médias ao longo do ano.

VARIABILIDADE DA PRECIPITAÇÃO E PRODUTIVIDADE AGRÍCOLA NA REGIÃO DO MEDIO PARANAPANEMA, SP; RAINFALL VARIABILITY AND AGRICULTURAL PRODUCTIVITY, IN THE (MÉDIO PARANAPANEMA), SP

Fernanda da Silva, Daniela; Unesp; Prela-Pantano, Angélica; Instituto Agronômico de Campinas; Lima Sant’ Anna Neto, João; Unesp
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 18/05/2011 POR
Relevância na Pesquisa
16.24%
The climatic elements mainly rainfall in tropical countries, is show how essentialinputs for agricultural productivity, and the social importance, political andeconomic. The region of study (Medio Paranapanema), is located in thesouthwest of state, is a range of climates transitional zone, characterized bygreater inter irregularity of rain. In this regard, this research aims to show the role of climatic variables, notably the phenomenon rainwater, as part of theregulatory agricultural productivity. The universe of analysis chosen covers 12cities in the Medio Paranapanema. The analysis was based data from agriculturalproduction, referring to the years from 1983 to 2000 (IEA). Information onrainfall are concerning the same period and were collected along the network ofDAEE / SP and IAC. It was observed that the cultures practised for agribusinessin the region (sugar cane) proved to be less subject to variations pluviometricsthan the traditional crops produced by small and medium producers, as cornand soybeans, showing that the degree of modernisation of agriculture, toincorporate the income gap as climatic influences of the earth, gives greaterprotection and greater chance of success in the seasons, even though theinvestment for such actions (adapted cultivars...

Aerossois de queimadas e doencas respiratorias em criancas, Manaus, Brasil

Andrade Filho,Valdir Soares de; Artaxo,Paulo; Hacon,Sandra; Carmo,Cleber Nascimento do; Cirino,Glauber
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
16.24%
OBJETIVO: Analisar a relação entre a exposição ao material particulado fino emitido em queimadas e as internações hospitalares por doenças respiratórias em crianças. MÉTODOS: Estudo descritivo com delineamento ecológico de séries temporais realizado em Manaus de 2002 a 2009. Os dados de internações hospitalares foram obtidos a partir do banco de dados do Sistema Único de Saúde. Os níveis de PM2.5 foram estimados por sensoriamento remoto a partir da espessura ótica de aerossóis no comprimento de onda de 550 nm. Foram utilizadas a correlação de Pearson e a regressão linear múltipla entre as variáveis com intervalo de 95% de confiança. RESULTADOS: A região de Manaus apresentou baixas concentrações de PM2.5, quando comparada com a porção sul da região Amazônica. Os meses de agosto a novembro (período seco) apresentaram os maiores níveis médios de PM2.5 (de 18 a 23 µg/m³) e os maiores números de focos de queimadas detectados. A média do PM2.5 para a estação chuvosa foi de 12 µg/m³...