Página 11 dos resultados de 1964 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Moscas-das-frutas em citros: densidade de armadilhas para monitoramento, efeito do pH na atração e determinação do nível de controle. ; Fruit flies in orange groves: trap density for monitoring, effect of attractant ph and establishiment of an action threshold level.

Paiva, Paulo Eduardo Branco
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/08/2004 PT
Relevância na Pesquisa
27.23%
Este trabalho teve por objetivos: avaliar o efeito do pH inicial e o tempo de permanência no campo do atrativo alimentar Milhocina® com o conservante bórax (tetraborato de sódio) na captura de moscas-das-frutas em armadilhas do tipo McPhail; estudar densidades de armadilhas para monitoramento de moscas-das-frutas e determinar um nível de dano e de controle em cultura de laranja. Foram realizados três experimentos de campo, o primeiro em junho de 2002 em pomar de laranja de maturação precoce, cultivar Hamlin, em Itaju, região central do estado de São Paulo, para se avaliar a captura de moscas-das-frutas em armadilhas com os atrativos Milhocina® em pH 4,5, Milhocina® com bórax em pH 4,5, 6,5 e 8,5, aos 2, 4, 6 e 8 dias após a instalação no pomar. O segundo experimento foi desenvolvido de junho a agosto de 2002 (inverno seco) com laranja Hamlin em Itaju, e o terceiro experimento foi realizado de janeiro a março de 2003 (verão chuvoso) com laranja de maturação tardia, cultivar Natal, em Porto Feliz, região sul do estado, ambos para se avaliar as densidades de uma, duas, quatro e oito armadilhas por hectare e a relação entre a captura de moscas-das-frutas nas armadilhas e frutos danificados. Em Itaju, as maiores capturas de Ceratitis capitata (Wiedemann...

Estudos básicos para a utilização de plantio-isca visando ao controle de cigarrinhas vetoras de Xylella fastidiosa em pomares cítricos; Establishment of a trap cropping strategy for controlling sharpshooter vectors of Xylella fastidiosa in citrus groves

Marques, Rodrigo Neves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/01/2007 PT
Relevância na Pesquisa
27.23%
Clorose Variegada dos Citros (CVC), causada pela bactéria Xylella fastidiosa Wells et al., tem causado grandes perdas na citricultura do estado de São Paulo, afetando cerca de 40% das plantas de laranja doce. A bactéria é transmitida por 12 espécies de cigarrinhas sugadoras de xilema (Hemiptera: Cicadellidae) da subfamília Cicadellinae. O manejo da CVC é baseado no plantio de mudas sadias, poda ou eliminação de árvores infectadas no campo, assim como o controle químico dos vetores. No entanto, as cigarrinhas vetoras possuem hábitats e hospedeiros alternativos que servem como refúgio, particularmente na vegetação adjacente aos pomares cítricos. Esta característica ecológica explica a rápida reinfestação dos pomares de laranja pelas cigarrinhas após a aplicação de inseticidas. O uso de plantas hospedeiras atrativas às cigarrinhas em uma estratégia de plantio-isca poderia reduzir a imigração de vetores da vegetação adjacente. O objetivo deste trabalho foi selecionar plantas hospedeiras adequadas para serem usadas neste tipo de estratégia, assim como testar a eficácia do plantio-isca em reduzir a população de cigarrinhas em um pomar de laranja. Experimentos de livre escolha foram conduzidos sob condições de casa-de-vegetação para avaliar a preferência de dois importantes vetores...

Avaliação do potencial erosivo do suco de laranja modificado pela adição de caseína e ovalbumina; Evaluation of the erosive potential of an orange juice modified by the addition of casein and ovalbumin [dissertation

Ferreira, Stella da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
27.23%
Nesse estudo in vitro foi avaliado o potencial erosivo do suco de laranja modificado pela adição de caseína, ovalbumina e a combinação entre elas, sobre o esmalte e a dentina humanos. Duas proteínas da dieta, 0.2 g/l de caseína (CAS), 2.0 g/l de ovalbumina (OVA) e a combinação entre elas (CAS + OVA) foram adicionadas a um suco de laranja disponível comercialmente. O suco de laranja sem aditivos foi utilizado como controle negativo (C-) e o suco de laranja com adição de cálcio, também disponível comercialmente, como controle positivo (C+). O potencial erosivo dos sucos experimentais foi primeiramente comparado utilizando o método do pHStat, e em seguida, através de um modelo in vitro de erosão-remineralização. 55 espécimes de esmalte e 55 de dentina radicular (4 x 4 x 2mm) foram obtidos e incluídos em um bloco de resina acrílica. Esses blocos foram então planificados com discos de lixa abrasivos e polidos com disco de feltro e pasta diamantada. As superfícies polidas receberam a aplicação de fitas adesivas, expondo uma janela de 4 x 1mm. Os espécimes foram aleatoriamente distribuídos entre os 5 grupos experimentais (n = 11), e imersos nos respectivos sucos por 5 min, 6x ao dia, durante 5 dias. Entre as imersões e durante o período noturno...

Transformação genética de laranja doce com uma construção gênica do tipo hairpin de um fragmento do gene da V-ATPase-A de Diaphorina citri Kuwayama; Sweet orange genetic transformation with a hairpin type construction gene fragment of V-ATPase-A of Diaphorina citri Kuwayama

Silva, Tatiane Loureiro da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
27.27%
O Brasil é o maior produtor de laranja doce no mundo. Entretanto, a cultura enfrenta grandes problemas, devido ao ataque de pragas e doenças, o que reduz a produtividade da cultura. Entre estas doenças, destaca-se o huanglongbing (HLB), doença associada a três espécies da bactéria Candidatus Liberibacter. No Brasil, o psilídeo Diaphorina citri é o inseto transmissor do HLB. A falta de cultivares de laranja doce resistentes ao HLB torna a transformação genética de plantas uma medida em potencial para o controle desta doença. Plantas transgênicas de laranja doce expressando um RNA de dupla fita (dsRNA) de um gene essencial à sobrevivência de D. citri podem resultar no controle do inseto por meio do mecanismo de RNA de interferência. Tal mecanismo resulta na degradação do RNAm homólogo ao dsRNA. Este trabalho teve por objetivo produzir plantas transgênicas de laranja doce, expressando um fragmento do gene DcV-ATPase-A de D. citri, em uma construção gênica tipo hairpin. Dessa forma, o silenciamento gênico por RNA de interferência seria ativado no psilídeo quando este for submetido à alimentação nas plantas transgênicas. O trabalho foi iniciado com a elaboração da construção gênica contendo uma sequência repetida e invertida do gene DcV-ATPase-A de D. citri...

Determinação da razão isotópica delta13C em bebidas comerciais a base de laranja

Queiroz, Elvio Cardoso; Ducatti, Carlos; Venturini Filho, Waldemar Gastoni; Silva, Evandro Tadeu; Nojimoto, Toshio
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras (UFLA) Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras (UFLA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1085-1094
POR
Relevância na Pesquisa
27.27%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Processo FAPESP: 03/05467-2; Conduziu-se este trabalho, com o objetivo de quantificar a proporção de carbono de fonte C3 (suco de laranja) e carbono C4 (açúcar de cana) em bebidas comerciais à base de laranja. Foram analisadas isotopicamente 33 diferentes marcas comerciais de bebidas de laranja. A composição isotópica do carbono (δ13C) foi determinada por espectrometria de massa de razão isotópica (IRMS). As equações empregadas para quantificar a proporção da fonte C3 e C4 de carbono nas bebidas apresentam fatores de correções baseados na concentração de açúcares redutores totais em relação aos sólidos solúveis. Os sólidos insolúveis (polpa) foram usados como padrão isotópico interno do suco de laranja empregado na formulação da bebida comercial, o que permitiu a quantificação de fonte C3 nessas bebidas. As análises isotópicas das bebidas comerciais mostraram quatro adulterações, sendo uma amostra de suco de laranja integral, uma amostra de suco concentrado, duas amostras de suco adoçado de laranja. Para amostras com ausência de polpa na sua constituição, adotou-se como padrão de fonte C3 o valor isotópico de δ13C -26,19 ...

Compostos volateis de meis de eucalipto e laranja

Deborah Helena Markowicz Bastos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/1996 PT
Relevância na Pesquisa
27.33%
Os compostos voláteis de méis de eucalipto e laranja recém extraídos dos favos, provenientes de São Paulo e Minas Gerais foram isolados pela técnica de "Headspace" Dinâmico, empregando-se polímero Porapak Q, e separados por cromatografia gasosa de alta resolução. A metodologia de isolamento foi padronizada para o tempo de captura dos voláteis e o solvente para eluição do polímero, levando- se em consideração o cromatograma obtido e a intensidade de aroma característico de mel, à partir do isolado obtido. Foram detectados 21 picos referentes aos compostos voláteis no mel de eucalipto, dos quais foram identificados por espectrometria de massas e índice de Kovats, os compostos nonanal, 2-heptanona, 2-heptanol, octanol e nonanol. Em mel de laranja, foram detectados 21 picos referentes aos compostos voláteis, entre os quais foram identificados o benzaldeído, o óxido eis de linalol, n-heptanal, 6-metil-5-hepten-2-ona, octanal, fenilacetaldeído, 2-isononenal, e 1-p-menten-9-al. O fenilacetaldeído foi o composto majoritário nos dois lotes analisados. A composição de voláteis diferiu de acordo com a origem floral dos méis analisados. A descrição sensorial dos méis de eucalipto e laranja foi obtida por Análise Descritiva Quantitativa...

Expressão diferencial de genes de laranja doce em resposta a infecção por Xanthomonas axonopodis pv. citri e axonopodis pv. aurantifolii; Gene expression analysis in sweet orange in response to Xanthomonas axonopodis pv. citri and Xanthomonas axonopodis pv. aurantifolii

Raul Andres Cernadas
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.3%
A forma mais agressiva de cancro cítrico, cancrose A, é causada pela bactéria Xanthomonas axonopodis pv citri (Xac), que ataca qualquer variedade ou espécie de citros. Além de Xac, Xanthomonas axonopodis pv aurantifolii (Xaa) causa um tipo mais leve da doença, cancrose C, restrita ao limão Galego (Citrus aurantifolii). Na laranja Pêra (Citrus sinensis), Xaa provoca uma resposta de defesa que impede o desenvolvimento dos sintomas do cancro incluindo a ruptura da epiderme que é fundamental à disseminação da bactéria. Neste trabalho, abordamos a patogenicidade diferencial entre Xac e Xaa na laranja Pêra para estudar a expressão gênica na planta associada ao desenvolvimento dos sintomas (hipertrofia e hiperplasia celular) e à resposta de defesa. O projeto apresenta a identificação e caracterização de genes expressos diferencialmente em resposta à infecção por Xac e Xaa responsáveis pelo cancro cítrico. A partir de três estratégias independentes (Display diferencial de PCR, Hibridação subtrativa suprimida e micro arranjos de DNA) detalhou-se o perfil transcricional de folhas de laranja infiltradas com Xaa, Xac ou água como controle. Mais de 120 genes candidatos foram validados através de PCR quantitativo em tempo real ou hibridação Northern. Os genes diferencialmente expressos a 6 ou 48 hs após da infecção (hai) aparecem agrupados em categorias funcionais como: remodelamento de parede celular...

Caracterização físico-química e comportamento reológico de sucos de cenoura e laranja e suas misturas

Vandresen, Solange
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 133 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
27.3%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Alimentos.; Dentre os principais avanços do segmento de bebidas, destaca-se o crescente interesse da sociedade pelos sucos e polpas. As frutas e vegetais consistem em fonte nutricional de vitaminas, minerais e carboidratos solúveis, sendo que os mesmos possuem teor mais elevado de um ou de outro nutriente. Devido a isso, a formulação de blends prontos para beber pode ser utilizada com intuito de melhorar as características nutricionais de determinados sucos pela complementação de nutrientes fornecidos por frutas e vegetais diferentes, como por exemplo a mistura de cenoura e laranja. A cenoura é uma rica fonte de vitaminas e devido à sua grande quantidade de carotenóides e minerais, como cálcio, sódio e potássio, possui propriedades antioxidantes que ajudam a combater os radicais livres causadores de envelhecimento celular. O suco de laranja é uma fonte muito importante de ácido ascórbico, um nutriente que além da ação vitamínica é valioso pelo seu efeito antioxidante, estímulo ao sistema imunológico e outros benefícios à saúde. O comportamento reológico dos sucos é fortemente afetado pelas suas propriedades físicas e químicas...

Os pigmentos amarelo-laranja do grão de milho como precursores da vitamina a na alimentação dos pintos

Graner,E. A.; Torres,A. P.
Fonte: Universidade de São Paulo; Escola Superior de Agricultura Publicador: Universidade de São Paulo; Escola Superior de Agricultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1947 PT
Relevância na Pesquisa
27.3%
A presente experiência foi realizada afim de se constatar a influência de dois tipos de milho comerciais, com grãos coloridos de amarelo-laranja, como precursores de vitamina A no crescimento de pintos. Um deles, denominado "Cateto", duro, de côr laranja muito forte e outro, chamado "Armour", dente, de coloração amarelo-laranja. Para testemunha foi empregado o milho "Cristal", duro e branco. Uma análise dos pigmentos dos dois tipos de milho com gráos coloridos mostrou que o milho Cateto, com grãos de coloração laranja forte, tem aproximadamente o dobro de pigmentos, tanto total como quanto a parte ativa em relação à vitamina A, quando comparado com o milho dente amarelo-laranja. Três lotes de pintos de 3 semanas foram utilizados, cada um recebendo a mesma ração onde variava somente o tipo de milho. Nas três primeiras semanas os três lotes reagiram bem, sem quaisquer diferenças apreciáveis. Após a terceira semana, o lote que recebeu milho branco apresentou uma queda sensível de peso dos pintos, os quais apresentaram todos os sinais de avitaminose A. Os outros dois lotes que receberam ração contendo milho de grãos coloridos não apresentaram sinal de avitaminose A. Os resultados obtidos indicam assim que a) o milho "Armour"...

Determinação da razão isotópica δ13C em bebidas comerciais a base de laranja

Queiroz,Elvio Cardoso; Ducatti,Carlos; Venturini Filho,Waldemar Gastoni; Silva,Evandro Tadeu; Nojimoto,Toshio
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
27.27%
Conduziu-se este trabalho, com o objetivo de quantificar a proporção de carbono de fonte C3 (suco de laranja) e carbono C4 (açúcar de cana) em bebidas comerciais à base de laranja. Foram analisadas isotopicamente 33 diferentes marcas comerciais de bebidas de laranja. A composição isotópica do carbono (δ13C) foi determinada por espectrometria de massa de razão isotópica (IRMS). As equações empregadas para quantificar a proporção da fonte C3 e C4 de carbono nas bebidas apresentam fatores de correções baseados na concentração de açúcares redutores totais em relação aos sólidos solúveis. Os sólidos insolúveis (polpa) foram usados como padrão isotópico interno do suco de laranja empregado na formulação da bebida comercial, o que permitiu a quantificação de fonte C3 nessas bebidas. As análises isotópicas das bebidas comerciais mostraram quatro adulterações, sendo uma amostra de suco de laranja integral, uma amostra de suco concentrado, duas amostras de suco adoçado de laranja. Para amostras com ausência de polpa na sua constituição, adotou-se como padrão de fonte C3 o valor isotópico de δ13C -26,19‰, proveniente da compilação de um banco de dados de 31 amostras de sucos puros de laranja provenientes de 12 regiões produtoras do Estado de São Paulo. Nas bebidas denominadas repositores energéticos...

Microencapsulação do óleo essencial de laranja

Muller, Piscila Schultz
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
27.27%
Resumo: A grande producao de laranjas no mundo e particularmente no Brasil faz com que os subprodutos do seu processamento tenham alto valor comercial. Dentre eles, tem-se, por exemplo, o oleo de casca de laranja obtido por prensagem a frio, que constitui materia prima de grande valor na industria de aromatizantes, podendo ser utilizado para reforcar o aroma de laranja em sucos. O oleo essencial de laranja apresenta alta volatilidade e sensibilidade a oxidacao pelo efeito de temperatura, luz e oxigenio. A tecnica de microencapsulacao permite o aumento do tempo de vida util de compostos volateis presentes durante o processamento e a estocagem de produtos alimenticios e cosmeticos. No presente trabalho foi estudada a viabilidade do uso da microencapsulacao de oleo essencial de laranja atraves de dois metodos. Um deles pela secagem por spray dryer, utilizando a maltodextrina e amido modificado e o segundo pelo metodo de microencapsulacao por coacervacao, o qual foi realizado com alginato de sodio. Pelas analises morfologicas as microparticulas de oleo essencial de laranja com maltodextrina e amido modificado obtidas por spray dryer e com alginato de sodio obtidas por coacervacao apresentaram superficie lisa e homogenea. As de maltodextrina e amido modificado por spray dryer apresentaram granulometria media de 1...

Determinação da razão isotópica δ13C em bebidas comerciais a base de laranja

Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
PT
Relevância na Pesquisa
27.27%
Conduziu-se este trabalho, com o objetivo de quantificar a proporção de carbono de fonte C3 (suco de laranja) e carbono C4 (açúcar de cana) em bebidas comerciais à base de laranja. Foram analisadas isotopicamente 33 diferentes marcas comerciais de bebidas de laranja. A composição isotópica do carbono (δ13C) foi determinada por espectrometria de massa de razão isotópica (IRMS). As equações empregadas para quantificar a proporção da fonte C3 e C4 de carbono nas bebidas apresentam fatores de correções baseados na concentração de açúcares redutores totais em relação aos sólidos solúveis. Os sólidos insolúveis (polpa) foram usados como padrão isotópico interno do suco de laranja empregado na formulação da bebida comercial, o que permitiu a quantificação de fonte C3 nessas bebidas. As análises isotópicas das bebidas comerciais mostraram quatro adulterações, sendo uma amostra de suco de laranja integral, uma amostra de suco concentrado, duas amostras de suco adoçado de laranja. Para amostras com ausência de polpa na sua constituição, adotou-se como padrão de fonte C3 o valor isotópico de δ13C -26,19 , proveniente da compilação de um banco de dados de 31 amostras de sucos puros de laranja provenientes de 12 regiões produtoras do Estado de São Paulo. Nas bebidas denominadas repositores energéticos...

Efeito da polpa de laranja sobre parametros fisiologicos, morfologicos e a absorção intestinal de glicose e metionina em ratos normais jovens e adultos

Silvana Maria Guida Cardoso
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/07/1998 PT
Relevância na Pesquisa
27.36%
As fibras alimentares exercem efeitos fisiológicos importantes na prevenção e tratamento de diversas doenças. Isso implica na necessidade de se ampliar os conhecimentos sobre os alimentos fibrosos existentes como também caracterizar outras opções como fonte de fibras: A fonte de fibra escolhida para este estudo foi a polpa de laranja, subproduto da rodução de suco, em função de resultados obtidos anteriormente em nosso laboratório. Este trabalho teve como objetivo a avaliação das características fisico químicas da polpa de laranja utilizada, bem como os efeitos da sua ingestão sobre o teste de tolerância à glicose, taxa de absorção intestinal "in vivo" de glicose e metionina e parâmetros fisiológicos e morfológicos em ratos Wistar normais jovens e adultos. A polpa de laranja apresentou a seguinte composição e características: 71,1% de . ,fibra alimentar total (55% fibra solÚvel e 45% fibra insolÚvel); 10,7% de proteína; 1,2% de gordura; 9,9% de carboidrato; granulometria com 69,83%, 29,82% e 0,34% de partículas médias (200 a 500 µm), pequenas (menor que 200 µm) e grandes (maior que 800 µm) respectivamente; densidade aparente de 0,79 g/rnL.; capacidade de hidratação de 8,03 g de água/g de amostra seca. Para a realização do ensaio biológico foram utilizados ratos Wistar formando grupos controle jovens (.1-5) e adultos (A-S)...

Efeito da polpa de laranja sobre o crescimento e a gestação em ratas alimentadas com dietas normo e hipoproteicas

Estela Maria Gonçalves
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/02/1996 PT
Relevância na Pesquisa
27.27%
As fibras alimentares podem diminuir a digestão e a absorção de nutrientes e influenciar negativamente sua utilização, dependendo de sua fonte e características físico-químicas. Nos países em desenvolvimento, a população consumidora de grande quantidade de fibra é, geralmente, a mesma que apresenta deficiências nutricionais. Dessa forma, um alto consumo de fibra, aliado à desnutrição, pode dificultar a satisfação das necessidades nutricionais, especialmente em situações de alta demanda energética. Assim, fatores como crescimento, gestação precoce, desnutrição e alto consumo de fibra podem, associados ou não, colocar em risco o desenvolvimento infantil, materno e fetal. Por outro lado, a necessidade de adequação nutricional em condições de desnutrição, abre caminho para o estudo dos efeitos do consumo de fontes alimentares não convencionais em indivíduos nutricionalmente carentes. A polpa de laranja, subproduto da produção de suco, é uma fonte não purificada de fibra alimentar (71,1 % de fibra total) que contém, também, proteína (10,7%), gordura (1,2%) e carboidrato (9,9%). Ratas Wistar de 21 dias foram distribuídas em grupos alimentados com as seguintes dietas: normoprotéicas - 25% de proteína sem (N) ou com (NF) a adição de 20% da polpa de laranja; hipoprotéicas - 6% de proteína sem (H) ou com (HF) a adição de 20% da polpa de laranja. Durante o período pré-puberal...

VIABILIDADE DO PÓLEN EM VARIEDADES DE LARANJA DOCE

Domingues,Edson Tobias; Tulmann Neto,Augusto; Teófilo Sobrinho,Joaquim
Fonte: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" Publicador: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1999 PT
Relevância na Pesquisa
27.3%
Uma vez que a polinização é um dos pontos decisivos para o crescimento e desenvolvimento do fruto, contribuindo com os gametas masculinos para a fecundação e determinando, na maioria das vezes, a fixação dos frutos em citros, torna-se necessário conhecer o grau de esterilidade masculina nas diferentes variedades de laranja doce para sua possível utilização em programas de melhoramento. A esterilidade é limitante para programas que envolvam a hibridação sexual, por outro lado possui sua importância econômica em citros induzindo menor número de sementes por fruto em certas variedades. Com a finalidade de caracterizar 44 variedades de laranja doce (Citrus sinensis [L.] osbeck) quanto à viabilidade do pólen, foram coletadas anteras das variedades enxertadas sobre tangerineira Cleópatra. As variedades estudadas pertencem aos principais grupos de laranja doce: com acidez (como a laranja 'Pêra'), de baixa acidez (como a laranja 'Lima'), com umbigo (como a laranja 'Bahia') e sangüíneas (como a laranja 'Rubi Blood'). O percentual de pólen viável foi avaliado por meio da coloração com carmim acético a 25% e contagem sob microscópio ótico. Foram observados valores que variaram desde 12,0% para a 'Pêra Sem Sementes' até 88...

Os pigmentos amarelo-laranja do grão de milho como precursores da vitamina a na alimentação dos pintos

Graner, E. A.; Torres, A. P.
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1947 POR
Relevância na Pesquisa
27.3%
A presente experiência foi realizada afim de se constatar a influência de dois tipos de milho comerciais, com grãos coloridos de amarelo-laranja, como precursores de vitamina A no crescimento de pintos. Um deles, denominado "Cateto", duro, de côr laranja muito forte e outro, chamado "Armour", dente, de coloração amarelo-laranja. Para testemunha foi empregado o milho "Cristal", duro e branco. Uma análise dos pigmentos dos dois tipos de milho com gráos coloridos mostrou que o milho Cateto, com grãos de coloração laranja forte, tem aproximadamente o dobro de pigmentos, tanto total como quanto a parte ativa em relação à vitamina A, quando comparado com o milho dente amarelo-laranja. Três lotes de pintos de 3 semanas foram utilizados, cada um recebendo a mesma ração onde variava somente o tipo de milho. Nas três primeiras semanas os três lotes reagiram bem, sem quaisquer diferenças apreciáveis. Após a terceira semana, o lote que recebeu milho branco apresentou uma queda sensível de peso dos pintos, os quais apresentaram todos os sinais de avitaminose A. Os outros dois lotes que receberam ração contendo milho de grãos coloridos não apresentaram sinal de avitaminose A. Os resultados obtidos indicam assim que a) o milho "Armour"...

Laranja Mecânica violência ou violação?; Clockwork Orange: violence or violation?

Menezes, Paulo
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/1997 POR
Relevância na Pesquisa
36.86%
The article analyzes the film Clockwork Orange by Stanley Kubrick, made in 1971. In opposition to the traditional analyses which try to see this film as a libel against violence – or curiously, an apology for this same violence –, the purpose here is to give an interpretation which follows the visual fundaments that render the spectator this perception of “violence”, emphasizing there mainly the values put into evidence by the images the film shows us. Consequently an analytical redirectioning of well-watched and discussed film is suggested, and other fundamental elements are brought to light as well as the manner by which these elements are exposed to the audience, in order to build up a new dimension of unexpected meanings.; O artigo investiga o filme Laranja Mecânica de Stanley Kubrick, realizado em 1971. Ao contrário das análises tradicionais, que buscam ver nesse filme um libelo contra a violência - ou, curiosamente, uma apologia desta mesma violência -, propõe-se uma interpretação que caminha em direção dos fundamentos visuais que constroem no espectador essa percepção de “violência”, ressaltando-se aí primordialmente os valores que são colocados em questão pelas imagens que o filme nos mostra. Propõe-se...

THE APPLY OF ANTIDUMPING MEASURES BY THE UNITED STATES OF AMERICA ON BRAZILIAN´S ORANGE JUICE IMPORTATION; APLICAÇÃO DE MEDIDAS ANTIDUMPING PELOS ESTADOS UNIDOS NA IMPORTAÇÃO DE SUCO DE LARANJA BRASILEIRO

Arriola Sperandio, Helena; UFPR
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/2009 POR
Relevância na Pesquisa
36.86%
The defense measures regarding commerce are imposed in order to protect the national industry against the illegal practices of commerce, such as dumping. There was a significant increase in the orange juice importation by United States of America, which made necessary the implication of anti-dumping measures to protect the North American domestic industry. The measurements were imposed by the decision of the U.S. Department of Commerce, creating some concerns to Brazil, guiding it to the Dispute Settlement Body at the World Trade Organization to discuss those measures at the WTO; As medidas de defesa comercial são impostas com a finalidade de proteger a indústria nacional de práticas desleais do comércio, como é o caso do dumping. Houve uma significativa importação de suco de laranja brasileiro por parte dos Estados Unidos, o que ensejou a aplicação de medidas antidumping para proteção da indústria doméstica norte-americana. As medidas foram impostas através de decisão do Departamento do Comércio dos Estados Unidos, no entanto, gerou preocupações, levando o Brasil ao Órgão de Solução de Controvérsias da OMC para dirimir tais questões.

Efeito da interação abelha-flor na produção de frutos em cultura de laranja (Citrus sinensis L. Osbeck)

Teresinha Malerbo-Souza,Darclet; Luiz Halak,André
Fonte: Instituto Nacional de Investigaciones Agricolas INIA, Maracay, Venezuela. Publicador: Instituto Nacional de Investigaciones Agricolas INIA, Maracay, Venezuela.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.86%
Os objetivos deste trabalho foram estudar a biologia floral, a biodiversidade e comportamento de polinizadores em florada de laranja (Citrus sinensis L. Osbeck), variedade “Pera-rio”, em diferentes localidades e anos e seu efeito na produção dos frutos. A frequência dos insetos foi obtida por contagem nos primeiros 10 minutos de cada horário, das 7h00 às 18h00, com três repetições. Para a porcentagem de frutifi cação, foram marcados 300 botões florais, sendo 150 deles mantidos descobertos e 150 cobertos, impedindo a visita dos insetos. Os frutos foram avaliados quanto a contagem, número de gomos e sementes, pesagens (g), altura (cm), largura (cm), espessura da polpa (mm), pH e volume do suco (ml). Os insetos mais frequentes observados foram abelhas africanizadas Apis mellifera, seguidas por outras espécies de himenópteros, lepidópteros, vespídeos e coleópteros. As abelhas africanizadas preferiram coletar néctar comparado ao pólen e preferiram visitar as flores no período da manhã. Foi observado aumento de 9,6% na fecundação das flores e de 7,35% na produção de frutos livremente visitadas. A abelha africanizada foi espécie mais frequente e constante nas flores. Houve aumento na porcentagem de frutificação das flores...

Determinação quantitativa de grupos de bactérias em sucos de laranja ao natural

Nascimento,Dirceu do; Furlanetto,Sirdeia M. P.
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/1981 PT
Relevância na Pesquisa
36.86%
Foi realizada investigação com a finalidade de se conhecer a microbiota aeróbia do suco de laranja ao natural oferecido ao consumo público, através das contagens de bactérias mesófilas e ácido-produtoras, e da determinação do número mais provável (NMP) de bactérias coliformes totais e fecais e de estreptococos fecais.