Página 11 dos resultados de 38479 itens digitais encontrados em 0.037 segundos

Avaliação da eficácia da injeção da vacina de DNA HSP65 do Mycobacterium leprae em pacientes com estádio avançado de carcinoma epidermóide de cabeça e pescoço, em ensaio clínico de fase I/II; Effectiveness evaluation of the injection of the vaccine of DNA HSP65 of Mycobacterium leprae in patients with advanced stage head and neck squamous cell carcinoma in a phase I/II trial

Smith, Rodney Berzoini
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/02/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.29%
Introdução: O carcinoma epidermóide de cabeça e pescoço avançado é uma doença de difícil tratamento. Apesar dos avanços nas técnicas de diagnóstico e tratamento nos últimos 30 anos não ocorreram ganhos significativos em sobrevida. A falha no tratamento ocorre principalmente pela recidiva locorregional e freqüentemente impede a realização de tratamentos de resgate. Com o desenvolvimento da imunoterapia novas abordagens tem sido descritas para o combate ao câncer. Estudos em animais demonstraram a redução de tumores com a utilização de vacinas de DNA contendo a HSP-65 do Mycobacterium leprae. Neste estudo avaliou-se a utilização desta proteína em pacientes portadores de carcinoma epidermóide de cabeça e pescoço em estádio avançado e fora de possibilidades terapêutica curativa pelos métodos convencionais. Objetivos: Testar a viabilidade de realização da injeção intratumoral do DNA HSP65 nesse grupo de doentes, avaliar a resposta tumoral através da análise comparativa do volume, pesquisar a transfecção do DNA HSP65 do M. Leprae e verificar se o tratamento realizado apresentou impacto na evolução dos pacientes. Casuística e métodos: Foram incluídos 21 pacientes em três grupos. Cada grupo recebeu diferentes doses da vacina de DNA HSP-65 do Mycobacterium leprae: 150...

Avaliação dos parâmetros de halitose e sialometria em pacientes submetidos à radioterapia de cabeça e pescoço; Evaluation of oral halitosis parameters in patients submitted to the head and neck radiotherapy

Albuquerque, Danielle Frota de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.29%
O objetivo deste estudo foi investigar as relações entre os parâmetros de halitose e sialometria em pacientes submetidos à radioterapia de cabeça e pescoço, avaliando a presença de saburra, classificada em termos de peso seco, fluxo salivar, teste BANA e halimetria oral e comparar os resultados entre os grupos. Foram examinados 48 pacientes divididos em três grupos. O grupo 1 ("saúde") foi constituído de pacientes que haviam terminado o tratamento na Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB), sem queixa de halitose e com íntegra saúde oral; o grupo 2 ("N. O.") por indivíduos com necessidades odontológicas e o grupo 3 ("radio") pacientes que haviam sido submetidos à radioterapia na região de cabeça e pescoço. Foram avaliadas as concentrações bucal de Compostos Sulfurados Voláteis (CSVs) através do monitor portátil de sulfetos HalimeterTM, os valores relacionados à taxa de fluxo salivar em repouso e estimulado, teste BANA com material proveniente da saburra lingual e peso seco da mesma. Os resultados foram analisados utilizando o teste de análise de variância que quantificaram o hálito antes e após a remoção da saburra. As relações entre halimetria bucal, peso seco da saburra, fluxo salivar com e sem estímulo...

Fase 1 do estudo da aplicação da vacina de DNA HSP 65 (Heat Shock Protein) do Mycobacterium leprae no tratamento de formas avançadas de carcinomas epidermóide de cabeça e pescoço; Gene therapy of advanced-stage head and neck squamous cell carcinoma with Mycobacterium leprae heat shock protein 65 DNA: a phase 1 study

Lima, Fanny Dantas de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.29%
O objetivo deste estudo foi descrever e mapear a toxicidade local e sistêmica da aplicação da vacina de DNA HSP 65 do Mycobacterium leprae em pacientes com formas avançadas de carcinoma epidermóide de cabeça e pescoço e definir qual a dose máxima tolerada. Trata-se de um estudo prospectivo, randomizado, aberto, sem grupo controle, de fase 1, com utilização de uma nova vacina para o tratamento de dezoito pacientes com carcinoma epidermóide avançado de cabeça e pescoço, sem opção terapêutica curativa, índice de Karnofsky maior que 70%, sem outra doença sistêmica grave. Propôs-se 3 grupos de 6 indivíduos, cada grupo recebendo diferente dose da vacina, respectivamente 150ug; 600ug e 1200ug por dose. A administração desta foi feita em 3 injeções com intervalo de 21 dias. Durante 90 dias os pacientes eram rigorosamente avaliados clinico e laboratorialmente quanto à ocorrência de eventos adversos (EA). A pesquisa de EA foi baseada no Common Terminology Criteria for Adverse Events (CTCAE) elaborado pelo National Cancer Institute (NCI). No primeiro grupo (150ug) um paciente morreu por sangramento abundante de úlcera tumoral antes do fim do protocolo. Todos os pacientes referiram aumento da dor; três tiveram maior edema e dois piora da astenia; três tiveram infecções de pele e/ou tecido subcutâneo da cabeça e pescoço e um infecção do trato respiratório superior. No 2º grupo (600ug) três pacientes faleceram antes dos 90 dias de protocolo por causas não relacionadas ao tratamento...

Planejamento e relação estrutura-atividade de inibidores da MARK3 em câncer de cabeça e pescoço; Design and structure-activity relationship of inhibitors of MARK3 in head and neck cancer

Volpini, Josiana Garcia de Araujo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.29%
O Projeto Genoma Humano do Câncer (PGHC), financiado pela FAPESP e pelo Instituto Ludwig de Pesquisa sobre o câncer, buscou identificar os genes expressos nos tipos mais comuns de câncer no Brasil. Tal projeto conseguiu identificar aproximadamente um milhão de sequências de genes de tumores frequentes no Brasil. A contribuição brasileira foi maior para tumores de cabeça e pescoço, mama e cólon. Uma das iniciativas mais recentes e estimuladas pelo PGHC é o projeto Genoma Clínico, o qual visa desenvolver novas formas de diagnóstico e tratamento do câncer através do estudo de genes expressos. A partir da análise molecular de tecidos saudáveis e neoplásicos em diferentes estágios, é possível identificar marcadores de prognóstico, permitindo escolhas de terapias mais adequadas e eficientes. A proteína MARK3 foi identificada como um desses marcadores, em neoplasias de tecidos de cabeça e pescoço, sendo o objetivo deste estudo a aplicação de técnicas de bioinformática e modelagem molecular no planejamento baseado em estrutura de candidatos a fármacos antineoplásicos que bloqueiem a atividade da proteína MARK3. Após screening virtual em bases de dados de compostos (1.000.000 aproximadamente) com propriedades drug-like...

Análise da expressão de microRNAs e alvos candidatos em carcinomas epidermóides de cabeça e pescoço; Analysis of the expression of microRNAs and potential targets in head and neck squamous cell carcinoma

Sandoval, Flavio Trevisan Barbosa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.29%
Os microRNAs (miRNAs, miRs) são pequenos RNAs não codificadores presentes em diferentes organismos. Esses RNAs regulam a tradução de genes alvos por meio de ligação seqüência-específica a RNAs mensageiros (mRNAs). Dependendo do grau de complementaridade, podem inibir a tradução e/ou induzir a degradação desses mRNAs. No presente estudo, foi investigado por PCR em tempo real o padrão de expressão de quatro microRNAs (miR-21, -205, -342 e let-7a ) em quatro linhagens celulares derivadas de tumores da cavidade oral e da faringe (FaDu, Hep-2, SCC9 e UM-SCC-38), em queratinócitos orais normais e em amostras de tumor e margens cirúrgicas pareadas de 34 pacientes com carcinomas epidermóides de cabeça e pescoço (CECP). Foi também investigada a correlação da expressão dos MiRs de interesse com as características clinicopatológicas de pacientes com CECP. Nas linhagens celulares, os níveis dos miRs foram similares ou mais baixos que os de queratinócitos normais, ou os miRs não se expressaram. Somente o miR-342 mostrou níveis elevados na linhagem FaDu. Em células Hep-2 tratadas com estradiol, a expressão de miR-let-7a mostrou-se reduzida. Em tumores primários, níveis baixos de miR-let-7a foram observados em carcinomas de soalho de boca e laringe. A expressão de miR-21...

Avaliação da efetividade de um protocolo de cuidados odontológicos no alívio da dor, sintomas bucais e melhora da qualidade de vida em pacientes com câncer de cabeça e pescoço em cuidados paliativos: ensaio clínico não-controlado; Assessment of the effectiveness of a dental care protocol in relieving pain and oral symptoms and improving the quality of life of head and neck cancer patients in palliative care: non-controlled clinical trial

Jales, Sumatra Melo da Costa Pereira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/09/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.29%
INTRODUÇÃO: Doentes com câncer de cabeça e pescoço têm sérias restrições funcionais e grande comprometimento das funções bucais. Esses problemas tornam-se complexos quando o câncer é incurável, exigindo exclusivamente cuidados paliativos. Nesta condição, os sintomas habituais agravam-se necessitando de atenção e cuidados especiais. Foi realizado um ensaio clínico não-controlado, incluindo doentes com câncer avançado de cabeça e pescoço exclusivamente em cuidados paliativos, com o objetivo de caracterizar a sua condição clínica orofacial; avaliar a funcionalidade, a qualidade de vida relacionada à saúde e a efetividade de um protocolo de cuidados odontológicos (preventivos, curativos e paliativos) no controle da dor e das queixas orofaciais, na qualidade de vida, prognóstico e sobrevida desses doentes. MÉTODOS: Avaliação Odontológica através da Ficha Clínica da Equipe de Dor Orofacial/ATM - HCFMUSP, Prontuário médico, Escala Visual Analógica (EVA), Índice gengival, Avaliação quanto à presença de cálculo dentário, Avaliação da mobilidade dentária, Escala de Numérica de Dor (END), Classificação do odor das feridas, Avaliação do edema lingual, Índice CPO-D, Questionário de Qualidade de Vida da Universidade de Washington (UW-QOL)...

Estudo das proteínas pequenas ricas em prolina (SPRRs) em câncer de cabeça e pescoço; Study of small proline rich proteins (SPRRs) in head and neck cancer

Carregaro, Fernanda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.29%
As proteínas pequenas ricas em prolina (small proline-rich protein/SPRRs) compreendem uma sub-classe específica de precursores da camada córnea, codificadas por uma família multi-gênica do complexo de diferenciação epidérmica mapeado no cromossomo 1q21. Vários estudos têm sugerido que as SPRs estão relacionadas com proliferação epitelial elevada e processos malignos. O presente trabalho teve como objetivo investigar a participação das SPRs no desenvolvimento de carcinomas epidermóides de cabeça e do pescoço e no fenótipo da célula neoplásica. O perfil de expressão de onze genes SPRRs foi avaliado em cinco linhagens celulares (FADU, HEP-2, UM-SCC-38, SCC-9) e em carcinomas primários da cabeça e pescoço, utilizando PCR em tempo real. Os tumores foram classificados em agressivos (A) e menos agressivos (LA) dependendo da presença ou da ausência de células neoplásicas nos nódulos linfáticos regionais. Os resultados revelaram baixa expressão de genes SPRRs em todas as linhagens celulares, exceto o SPRR4. Por outro lado, foram observados níveis elevados de transcritos de SPRR2G, SPRR4 e SPRR2E e níveis reduzidos de transcritos de SPRR3 tanto nos grupos A e LA de carcinomas. A expressão ectópica de SPRR2E resultou em menor capacidade de invasão celular em ensaio de câmara de Boyden...

Identificação e caracterização de marcadores moleculares em carcinomas epidermóides de cabeça e pescoço; Identification and characterization of molecular markers in head and neck squamous cell carcinoma

Rodrigues, Rodrigo Vieira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.29%
A programação epigenética do genoma por metilação do DNA, modificação das histonas e remodelamento da cromatina é crucial para o desenvolvimento e o crescimento normal dos mamíferos e alterações nesses mecanismos contribuem diretamente para a transformação maligna. Em função do papel relevante da metilação do DNA na carcinogênese, da importância e da necessidade de identificação de marcadores moleculares em tumores de cabeça e pescoço e dos resultados já obtidos pelo grupo, o presente trabalho teve por objetivo geral investigar o perfil de metilação de ilhas CpG em carcinomas primários de cabeça e pescoço (CECP), bem como identificar e iniciar estudos funcionais de biomarcadores candidatos para diagnóstico e prognóstico desses tumores. Alguns genes previamente descritos com padrões anormais de metilação em neoplasias humanas (CDH1, CDH13, DAPK, CDKN2A, RASSF1A, SOCS3 e TIMP3), além de outros dois genes (MX1 e SLC15A3) identificados em nosso estudo anterior, foram analisados em amostras normais e margens cirúrgicas de CECP por meio da técnica de pirosequencimento de DNA após tratamento com bissulfito de sódio. As análises estatísticas não mostraram diferenças significativas para a maioria dos genes analisados...

Prevalências e características clínico-epidemiológicas do câncer bucal e de cabeça e pescoço no Hospital Estadual de Bauru/SP; Prevalence and clinical and epidemiological characteristics of oral cancer and head and neck in the state hospital Bauru/sp

Figueiredo, Andréa Mendes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/05/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.29%
O câncer tem sido considerado uma doença de países desenvolvidos e em desenvolvimento, sendo que a maior parte do ônus global do câncer é observada nos países em desenvolvimento, convertendo-se em um evidente problema de saúde pública mundial. Devido a sua alta incidência, prevalência e mortalidade, o câncer de cabeça e pescoço, é considerado um dos principais tumores no Brasil e no mundo, sendo o câncer bucal um dos tipos mais incidentes, correspondendo a 10% de todos os tumores malignos, com aproximadamente 390.000 novos casos a cada ano. As taxas de incidências variam conforme as regiões do Brasil, tendo a região sudeste e sul as maiores taxas de incidência do mundo, sendo a região sudeste responsável por 42% do número total de casos o Brasil. Os fatores de risco são tabagismo, alcoolismo, hábitos alimentares, radiação solar, vírus, idade, sexo, irritação mecânica/química, nível socioeconômico além de fatores genéticos. Embasados neste contexto, o objetivo deste estudo foi verificar a prevalência, perfil clínico e epidemiológico do câncer bucal e de cabeça e pescoço de pacientes registrados no Hospital Estadual de Bauru/SP, um hospital público no interior do estado de São Paulo, através de revisão de prontuários no período de junho de 2008 à janeiro de 2011...

Estudo retrospectivo das radiografias de necrose asséptica da cabeça femoral em cães; Retrospective study of radiographs of aseptic necrosis of the femoral head in dogs

Tiaen, Gustavo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/11/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.29%
A necrose asséptica da cabeça do fêmur (NACF) em cães é uma doença auto limitante do quadril em desenvolvimento, caracterizada por uma necrose asséptica, seguida por fratura subcondral, fragmentação, revascularização e remodelação na cabeça femoral. A etiologia da doença é obscura. A radiografia é a modalidade de imagem padrão utilizada para diagnosticar a doença em cães. Foi realizado um estudo retrospectivo de janeiro de 2000 até janeiro de 2010 nas radiografias de coxal com NACF nos cães atendidos no Hospital Veterinário da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo. Radiografias com NACF foram reavaliadas e os graus de alterações radiográficas foram correlacionados a raça, sexo, idade, membro(s) acometido(s). Foi estudado também a evolução radiográfica dos pacientes que tinham mais de um exame realizado. Analisando os resultados, observou-se que as três principais raças acometidas foram Poodles, Yorkshires e Pinschers. A NACF acomete principalmente animais jovens e de pequeno porte, porém no estudo houve um animal de grande porte e alguns animais com idade avançada. Não houve uma predisposição sexual. Com relação aos membros acometidos, notou-se que o grau 5 da doença apresenta maior incidência no membro pélvico direito e ao estudar a evolução da NACF...

Prevalência e caracterização do trismo em pacientes tratados por câncer de cabeça e pescoço; Prevalence and characterization of trismus in patients treated for head and neck cancer

Gonçalves, Mayara
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.29%
Introdução: O câncer de cabeça e pescoço acomete diversas estruturas do trato aerodigestivo superior e seu tratamento pode ser multimodal ou exclusivo envolvendo cirurgia (CR), radioterapia (RDT) e quimioterapia (QT). O câncer assim como seu tratamento pode levar a diversas alterações funcionais, entre elas a limitação na abertura da boca, o trismo. Esta complicação geralmente afeta hábitos de vida diária, como alimentação e higiene oral. Assim, pode haver significativo impacto na qualidade de vida. Objetivos: Avaliar pacientes com câncer de cabeça e pescoço submetidos a tratamento cirúrgico e/ou radioquimioterápico quanto à presença de trismo, identificar a prevalência de trismo e características comuns para o seu desenvolvimento nestes pacientes, além do seu impacto na qualidade de vida. Material e Método: Estudo descritivo que avaliou pacientes do A.C. Camargo Cancer Center, tratados por câncer de cabeça e pescoço. A avaliação foi composta de anamnese, medida de máxima abertura vertical (MAV) bucal com um paquímetro, avaliação da dor pela Escala Visual Analógica (EVA) e avaliação da qualidade de vida pelo questionário de qualidade de vida da Universidade de Washington. Foram incluídos no estudo 313 participantes entre 19 e 89 anos...

Estudo piloto de aplicabilidade da fisioterapia pré-operatória em pacientes candidatos à cirurgia oncológica de cabeça e pescoço; Pilot study of feasibility of preoperative physiotherapy in candidates for oncologic head neck surgery patients

Paiva, Thatiana Moreira de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.29%
INTRODUÇÃO: O tratamento cirúrgico em pacientes com neoplasias de cabeça e pescoço envolve a abordagem de uma região de anatomia complexa. São procedimentos cirúrgicos prolongados e com grandes riscos de complicações pós-operatórias. Dentre os tipos de complicações, as de origem respiratória estão entre as mais descritas na literatura. A fisioterapia respiratória pré-operatória, além de identificar pacientes com função pulmonar comprometida, pode otimizar e tratar as disfunções respiratórias apresentadas. Este estudo teve por objetivo avaliar a viabilidade e os resultados da aplicação de duas abordagens de fisioterapia respiratória pré-operatória em pacientes candidatos à cirurgia de grande porte em pacientes com câncer de cabeça e pescoço, com presença de traqueostomia e esvaziamento cervical, bem como correlacionar aspectos nutricionais, cirúrgicos e do período pós-operatório com o desfecho das complicações respiratórias observadas no período pós-operatório. MÉTODOS: Os pacientes selecionados realizaram avaliação respiratória, por meio da espirometria e manuvacuometria, e avaliação nutricional. Os pacientes foram submetidos a fisioterapia pré-operatória, fases: 1) Estímulos para drive respiratório efetivo e umidificação das vias aéreas nos dois primeiros dias; 2) treinamento muscular respiratório com carga linear pressórica (Grupo A)...

Substituição do ligamento redondo por membrana biológica e pino transarticular na redução de luxação coxofemoral bilateral em cães; Substitution of femoral head ligament by biological membrane and transarticular pinnig in reduction of bilateral coxofemoral luxation in dogs

Sia, Daniel Barbosa; Gomes, Cristiano; Contesini, Emerson Antônio; Both, Ana Carolina; Gaiga, Leandro Haczkiewwicz; Ferreira, Márcio Poletto; Colomé, Lucas Marques; Sousa, Eduardo Martins; Hünning, Paula Stieven; Viana, Suellen Zabalaga
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.29%
A luxação coxofemoral é a mais freqüente nos pequenos animais, sendo geralmente causada por trauma, levando a ruptura do ligamento redondo e da cápsula articular. O exame clínico identifica o tipo de luxação e a severidade da lesão, sendo de fundamental importância também para a avaliação sistêmica do animal traumatizado. O diagnóstico definitivo é realizado através de radiografia simples, que ajuda a direcionar o tratamento. Este trabalho tem o objetivo de relatar a redução de luxação coxofemoral bilateral com ruptura de cápsula e ligamento redondo de um cão. Para tanto, esse ligamento foi substituído por um “flap” de fáscia lata autógena no membro esquerdo e fixada a articulação com pino transarticular no membro direito, na premissa tentativa de redução. Com a reluxação do membro esquerdo, o “flap” de fáscia lata autógena foi substituído por centro frênico eqüino conservado em glicerina 98%. O centro frênico permitiu o uso funcional do membro 15 dias após a cirurgia, enquanto o pino transarticular em apenas 40 dias de pós-operatório. Sugere-se que o centro frênico eqüino conservado possa ser uma alternativa viável na redução de luxação coxofemoral.; Coxofemoral luxation is the most common injury in pets. It’s generally caused by trauma...

Saúde bucal e qualidade de vida em pacientes com câncer de cabeça e pescoço; Oral health and quality of life in head and neck cancer patients

Araújo, Silvânia Suely Caribé; Padilha, Dalva Maria Pereira; Baldisserotto, Julio
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.29%
A QV (Qualidade de Vida) em pacientes com câncer é afetada por fatores relacionados à doença e seu tratamento. A saúde bucal de pacientes com câncer de cabeça e pescoço é bastante afetada pela própria doença e pelas seqüelas do tratamento comprometendo assim sua QV. Este estudo tem por objetivo realizar uma análise da literatura sobre a QV em pacientes com câncer de cabeça e pescoço, relacionando às condições adversas na saúde bucal conseqüentes do tratamento oncológico, enfatizando a importância da atuação de uma equipe de cuidado oncológico multidisciplinar na qual o cirurgião-dentista deve estar inserido.; The quality of life (QL) in patients with cancer is affected by factors which are related to the disease and its treatment. The oral health of patients with head and neck cancer is highly affected by the cancer itself and sequels of treatment, wich might compromise his/her QL. The purpose of this study is to review the literature about QL in patients with head and neck cancer, relating the adverse conditions to oral health, these are consequents of the oncologic treatment, it is giving emphasis to the importance of team performance in multidisciplinary oncologic care; in which the dentist should be part.

Education, tobacco smoking, alcohol consumption, and IL-2 and IL-6 gene polymorphisms in the survival of head and neck cancer

López, R.V.M.; Zago, Marco Antonio; Eluf-Neto, Jose; Curado, Maria Paula; Daudt, Alexander Welaussen; Silva Junior, W.A. da; Zanette, D.L.; Levi, J. E.; Carvalho, M.B. de; Kowalski, Luiz Paulo; Abrahão, M.; Góis Filho, J.F. de; Boffetta, Paolo; Wünsch
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
36.29%
The association of education, tobacco smoking, alcohol consumption, and interleukin-2 (IL-2 +114 and -384) and -6 (IL-6 -174) DNA polymorphisms with head and neck squamous cell carcinoma (HNSCC) was investigated in a cohort study of 445 subjects. IL-2 and IL-6 genotypes were determined by real-time PCR. Cox regression was used to estimate hazard ratios (HR) and 95% confidence intervals (95%CI) of disease-specific survival according to anatomical sites of the head and neck. Mean age was 56 years and most patients were males (87.6%). Subjects with 5 or more years of schooling had better survival in larynx cancer. Smoking had no effect on HNSCC survival, but alcohol consumption had a statistically significant effect on larynx cancer. IL-2 gene +114 G/T (HR = 0.52; 95%CI = 0.15-1.81) and T/T (HR = 0.22; 95%CI = 0.02-3.19) genotypes were associated with better survival in hypopharynx cancer. IL-2 +114 G/T was a predictor of poor survival in oral cavity/oropharynx cancer and larynx cancer (HR = 1.32; 95%CI = 0.61-2.85). IL-2 -384 G/T was associated with better survival in oral cavity/oropharynx cancer (HR = 0.80; 95%CI = 0.45-1.42) and hypopharynx cancer (HR = 0.68; 95%CI = 0.21-2.20), but an inverse relationship was observed for larynx cancer. IL-6 -174 G/C was associated with better survival in hypopharynx cancer (HR = 0.68; 95%CI = 0.26-1.78) and larynx cancer (HR = 0.93; 95%CI = 0.42-2.07)...

Recurrent copy number gains of ACVR1 and corresponding transcript overexpression are associated with survival in head and neck squamous cell carcinomas

Ambrosio, Eliane P.; Drigo, Sandra A.; Bergamo, Nadia A.; Rosa, Fabiola E.; Bertonha, Fernanda B.; de Abreu, Francine B.; Kowalski, Luis P.; Rogatto, Silvia Regina
Fonte: Wiley-Blackwell Publicador: Wiley-Blackwell
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 81-89
ENG
Relevância na Pesquisa
36.29%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Aims: This study aimed to evaluate the copy number alteration on 2q24, its association with ACVR1 transcript expression and the prognostic value of these data in head and neck squamous cell carcinomas.Methods and results: Twenty-eight samples of squamous cell carcinoma were evaluated by fluorescence in situ hybridization (FISH) using the probes RP11-546J1 (2q24) and RP11-21P18 (internal control). Significant gains at 2q24 were detected in most cases at frequencies varying from 3 to 35%. ACVR1 gains and amplifications were associated with longer overall survival (P = 0.022). ACVR1 mRNA expression analysis in 78 cases revealed overexpression in 44% (34 of 78) of these tumours, suggesting that gene copy number alterations could be involved in gene overexpression. In laryngeal carcinomas, overexpression of ACVR1 mRNA levels was associated with longer overall survival (P = 0.013). Multivariate analysis revealed that ACVR1 is an independent prognostic marker in laryngeal carcinomas (P = 0.012, hazard ratio = 0.165, 95% confidence interval = 0.041-0.668).Conclusions: These findings suggest that copy number alterations at 2q24 can be involved in ACVR1 overexpression...

Classical and molecular cytogenetic analysis in head and neck squamous cell carcinomas

Veiga, Luciana CS; Bérgamo, Nádia A; Kowalski, Luiz Paulo; Rogatto, Silvia Regina
Fonte: Sociedade Brasileira de Genética Publicador: Sociedade Brasileira de Genética
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 121-128
ENG
Relevância na Pesquisa
36.29%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Head and neck carcinomas represent the sixth most frequent type of cancer in the world, and 90% are derived from squamous cells (HNSCC). In this study of 15 HNSCC cases, extensive aneuploidy was detected by G banding in most tumors. The most frequently observed numerical changes involved gain of a chromosome 22, and loss of chromosomes Y, 10, 17, and 19. The most frequent structural alteration was del(22)(q13.1). As compared to G-banding, fluorescence in situ hybridization (FISH) proved to be an effective technique for detecting aneuploidy. Interphase FISH with a chromosome 17 centromere probe disclosed a high frequency of monosomy for chromosome 17, in contrast with G-banding, by which clonal monosomy 17 was detected in only three of the tumors. Painting probes for chromosomes 5 and 16 were used to evaluate a selected series of HNSCC in which G-banding analysis had shown marker chromosomes. FISH analysis failed to confirm the origin of the marker chromosomes, but four out of five cases showed a significant loss of chromosomes 5. This difference between FISH and G-banding results may reflect the smaller number of metaphase analyzed as well as the criteria adopted for sorting these metaphases. Therefore results obtained solely by G-banding analysis should be considered with caution. Our data confirmed the involvement of chromosome 17 in head and neck squamous cell carcinomas.

CYP1A2*1C, CYP2E1*5B, and GSTM1 polymorphisms are predictors of risk and poor outcome in head and neck squamous cell carcinoma patients

Ribeiro Olivieri, Eloisa Helena; da Silva, Sabrina Daniela; Mendonca, Fernando Fernandes; Urata, Yuri Nagamine; Vidal, Daniel Onofre; Medrado Faria, Marcilia de Araujo; Nishimoto, Ines Nobuko; Rainho, Claudia Aparecida; Kowalski, Luiz Paulo; Rogatto, Silv
Fonte: Elsevier B.V. Publicador: Elsevier B.V.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: E73-E79
ENG
Relevância na Pesquisa
36.29%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Processo FAPESP: 04/00639-2; Processo CEPID/FAPESP: 98/14335; Head and neck squamous cell carcinoma (HNSCC) is associated with environmental factors, especially tobacco and alcohol consumption. Most of the carcinogens present in tobacco smoke are converted into DNA-reactive metabolites by cytochrome P450 (CYPs) enzymes and detoxification of these substances is performed by glutathione S-transferases (GSTs). It has been suggested that genetic alterations, such as polymorphisms, play an important role in tumorigenesis and HNSCC progression. The aim of this study was to investigate CYP1A1, CYP1A2, CYP2E1, GSTM1, and GSTT1 polymorphisms as risk factors in HNSCC and their association with clinicopathologic data. The patients comprised 153 individuals with HNSCC (cases) and 145 with no current or previous diagnosis of cancer (controls). Genotyping of the single nucleotide polymorphisms (SNPs) of the CYP1A1, CYP1A2, and CYP2E1 genes was performed by PCR-RFLP and the GSTM1 and GSTT1 copy number polymorphisms (CNPs) were analyzed by PCR-multiplex. As expected, a significant difference was detected for tobacco and alcohol consumption between cases and controls (P < 0.001). It was observed that the CYP1A2*1D (OR = 16.24) variant and GSTM1 null alleles (OR = 0.02) confer increased risk of HNSCC development (P < 0.001). In addition...

LHX6 is a sensitive methylation marker in head and neck carcinomas

Estecio, M. R. H.; Youssef, E. M.; Rahal, Paula; Fukuyama, E. E.; Gois-Filho, J. F.; Maniglia, J. V.; Goloni-Bertollo, E. M.; Issa, J-P J.; Tajara, E. H.
Fonte: Nature Publishing Group Publicador: Nature Publishing Group
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 5018-5026
ENG
Relevância na Pesquisa
36.29%
Head and neck cancer remains a morbid and often fatal disease and at the present time few effective molecular markers have been identified. The purpose of the present work was to identify new molecular markers for head and neck squamous cell carcinoma (HNSCC). We applied methylation-sensitive arbitrarily primed PCR (MS/APPCR) to isolate sequences differentially methylated in HNSCC. The most frequently hypermethylated fragment we found maps close to a cytosine guanine dinucleotide (CpG) island on chromosome 9q33.2, and hypermethylation of this CpG island was associated with transcriptional silencing of an alternative transcript of the LHX6 gene. Using combined bisulfite restriction analysis (COBRA), hypermethylation of this fragment was detected in 13 of 14 (92.8%) HNSCC cell lines studied and 21 of 32 (65.6%) primary tumors, whereas little or no methylation was seen in 10 normal oral mucosa samples. We extended this investigation to other cancer cell lines and methylation was found in those derived from colon, breast, leukemia and lung, and methylation was also found in 12/14 primary colon tumors. These findings suggest that differentially methylated (DIME)-6 hypermethylation is a good cancer marker in HNSCC as well as in other kinds of neoplasias and confirm the importance of searching for markers of epigenetic dysregulation in cancer.

Loss of imprinting and loss of heterozygosity on 11p15.5 in head and neck squamous cell carcinomas

Rainho, C. A.; Kowalski, L. P.; Rogatto, Silvia Regina
Fonte: Wiley-Blackwell Publicador: Wiley-Blackwell
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 851-859
ENG
Relevância na Pesquisa
36.29%
Background. IGF2 and H19 are reciprocal imprinted genes with paternal and maternal monoallelic expression, respectively. This is interesting, because IGF2 is known as a growth factor, and H19 encodes a RNA with putative tumor suppressor action. Furthermore, IGF2 and H19 are linked genes located on chromosome 11p15.5, a common site of loss of heterozygosity in human cancers.Methods. We performed an allelic-typing assay using a PCR-RFLP-based method for identification of heterozygous Informative cases in head and neck squamous cell carcinomas. Tumoral total RNA was extracted from each of the heterozygotes and further studied by RT-PCR analysis.Results. We detected the expression of the IGF2 gene in 10 of 10 informative cases. Two cases exhibited LOI of the IGF2 gene as evidenced by biallelic expression, and in another case, LOH was coupled with monoallelic expression of this growth factor. LOI for the H19 gene was observed in 1 of 14 informative samples analyzed. In this case, we also detected parallel mono-allelic expression of the IGF2 gene. Down-regulation of the H19 gene was observed in 10 of 14 cases.Conclusion. These findings support the hypothesis that H19 may be a tumor suppressor gene involved In head and neck carcinogenesis. Furthermore...