Página 10 dos resultados de 1305 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Identidade na velhice : um jogo de espelhos

Farinha, Vanessa Alexandra Marques
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.96%
O aumento da esperança de vida, considerado uma vitória da humanidade, comporta transformações no indivíduo ao nível bio-psico-social, transformações essas mais evidentes na fase da velhice, pelo que o indivíduo se vai readaptando de acordo com a realidade que o rodeia. A identidade e representação social da velhice cruzam-se, com auto-percepções e com a representação social que a sociedade em geral vai construindo sobre o envelhecimento e sobre a população nesta fase da vida, num jogo de sobreposição e (re)contrução de imagens. Este estudo propôs-se compreender, através de uma reflexão teórica e dos discursos dos próprios, o envelhecimento, as percepções dos idosos e suas vivências e as representações sociais que os mesmos consideram existir sobre esta realidade na sociedade portuguesa. Como parte da relação teoria-prática, o estudo pretende igualmente aprofundar conhecimentos sobre os idosos das Residências Assistidas dos Inválidos do Comércio, e compreender os seus pontos de vista com o intuito de melhorar a intervenção que a autora desenvolve enquanto Assistente Social junto da população idosa nesta instituição. Esta investigação é de índole qualitativa, elaborada segundo um estudo exploratório-descritivo simples...

Afetividade e funções executivas em idosos: estudo normativo com Wisconsin Card Sorting Test e Pfister; Affectivity and executive functions in elderly: estudo normativo com Wisconsin Card Sorting Test e Pfister.

Formighieri, Mariana de Siqueira Bastos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
26.96%
BASTOS-FORMIGHIERI, M. S. Afetividade e funções executivas em idosos: estudo normativo com Wisconsin Card Sorting Test e Pfister. 2007. 143 f. Dissertação (Mestrado). Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2007. A avaliação psicológica no Brasil tem recebido grandes estímulos para seu desenvolvimento, advindos das necessidades práticas, bem como das diretrizes atuais do Conselho Federal de Psicologia, buscando-se parâmetros técnicos adequados às características da população brasileira. Paralelamente, o significativo crescimento dos idosos no mundo e também no Brasil tem justificado investimentos científicos voltados à investigação das características psicológicas do envelhecimento, muitas vezes recorrendo aos recursos da avaliação psicológica como estratégia de acesso informativo. Dentro desta realidade, o presente estudo objetivou desenvolver padrões normativos do desempenho de idosos para o Teste de Pirâmides Coloridas de Pfister e para o Wisconsin Card Sorting Test (WCST), almejando também conhecer características da afetividade e das funções executivas na velhice. Foram estudados 100 voluntários de 60 a 75 anos de idade, distribuídos entre os sexos...

Memória e velhice: entre a imaginação na arte de contar histórias e a emoção ao narrar a história vivida; Memória e velhice: entre a imaginação na arte de contar histórias e a emoção ao narrar a história vivida

Sousa, Gerson de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
26.96%
O objetivo desta tese é analisar como as táticas e estratégias empregadas pelos velhos no cotidiano instigados pelos trabalhos de contadores de história no asilo Lar Betel, em Piracicaba, e a Oficina de Memória para reconstruir a história de Campinas contribuem para pensar o sujeito no processo de comunicação no Brasil. Ao partir da história oral, a tese busca entender o significado da cultura popular em uma modernidade em crise. A proposta metodológica se sustenta em analisar o momento de ação do sujeito diante da ação da racionalidade da estrutura. Recusa-se aqui a afirmativa da morte do homem diante de um mundo padronizado. Ao partir da análise da memória subterrânea, esta pesquisa se sustenta na fundamentação teórica dos trabalhos alternativos e na contextualização da história de vida dos velhos. A contradição exibe a luta do homem no cotidiano. A lágrima, o sorriso, o silêncio, o sonho de vida ou o sonho noturno indicam a intensidade em que pulsa a vida. Em vez da morte, o velho ressignifica o sentido da vida no asilo e na cidade. A pluralidade do homem é assim construída no tempo e espaço. A lucidez vem no momento em que o testemunho oral conduz o velho ao estado de consciência do eu e da sociedade onde atua.; The objective of this thesis is to analyse how the tactics and strategies used for the old people everyday urged for the work of the story tellers in the Lar Betels home...

Gestão e vivências de velhices nas Repúblicas de Idosos de Santos; Management and livings of old age in the Santos Residences for the Elderly

Oliveira, Glaucia da Silva Destro de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
26.96%
O objetivo dessa pesquisa é apresentar, a partir do método etnográfico, diversos discursos sobre velhices presentes nas Repúblicas de Idosos de Santos (SP). Trata-se de uma política habitacional voltada à população envelhecida orientada pela idéia da moradia estudantil. O seu projeto inicial instaura um conceito de velhice baseado no termo de autonomia e independência. Os agentes da prefeitura desenvolvem a percepção de atividade e boa convivência. E os velhos, por sua vez, acionam suas noções plurais articuladas com seus interesses e interpretações. A pesquisa pretende, portanto, analisar diferentes sentidos atribuídos à velhice.; The objective of this study is to present, through an ethnographic methodology, different discussions on old age in the Repúblicas de Idosos de Santos (Santos Residences for the Elderly). This forms part of a housing policy for elderly, inspired by student accommodation, that defines concepts about aging based on autonomy and independence. Council staff work to develop notions around activity and good relationships. The elderly, for their part, are empowered to action their ideas articulated with their interests and points-ofview. The aim of this research is to analyze different meanings attributed to old age.

A infância e a velhice: percursos em Manuelzão e Miguilim; Childhood and old age: pathways in Manuelzão e Miguilim.

Ferraz, Luciana Marques
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
26.96%
Este trabalho é um estudo das novelas Campo geral e Uma estória de amor (Festa de Manuelzão), de Guimarães Rosa, que compõem o livro Manuelzão e Miguilim, um dos três volumes da obra Corpo de baile, desmembrada pelo autor na terceira edição. O intento aqui é articular aspectos da teoria psicanalítica, especialmente a partir dos estudos de Freud e Lacan, à análise estilística das novelas, na tentativa de desvendar as marcas que indicam a constituição do sujeito das personagens Miguilim e Manuelzão. Tais personagens, que desenham um percurso de começo e de fim de vida, são observadas não só em rituais de iniciação que marcam a passagem da infância para a vida adulta, em Miguilim, e da vida adulta para a velhice, em Manuelzão , mas também em pistas deixadas, literariamente, sobre o processo de constituição do sujeito estudado pela psicanálise. Em ambas as histórias, são observados os processos identificatórios, fundamentais para a constituição de um eu, articulados ao processo de descoberta dos sentidos da existência, um dos temas centrais na obra do autor. Nesse recorte, as relações familiares, as figuras da mãe e do pai, as marcas da infância carregadas ao longo da vida, as relações entre o mundo interno e externo...

Lazer, ninho vazio e terceira idade : estudo sobre administradores de empresas na cidade de São Paulo

Giglio, Karin Maria Ribas Haikal
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Relevância na Pesquisa
26.96%
Poucos trabalhos existem a respeito do consumo cultural e de entretenimento dos indivíduos pertencentes à fase do ciclo de vida familiar ninho vazio, pois a opinião pública ainda acredita que a aposentadoria ou velhice é sinônimo de reclusão social e domiciliar. Este trabalho veio contestar este paradigma e demonstrar que indivíduos da terceira idade, pertencentes ao estrato social A/B são consumidores potenciais da indústria cultural e do entretenimento, onde a idade não é fator restritivo do consumo. Quando se consideram as tendências demográficas apontadas por especialistas sociais sobre o crescimento do percentual de idosos no total da população brasileira e o aumento de sua expectativa de vida, percebe-se, que existe um segmento crescente, com grande potencial de consumo ainda não explorado pelos setores da economia. Esta pesquisa examina a relação entre o ciclo de vida familiar, o habitus, o gênero, o estado civil real e o status laboral com as práticas de lazer, chamando atenção para as principais atividades de lazer domiciliares e externas praticadas pelos indivíduos que já entraram na velhice e procura compreender seus respectivos significados. Este trabalho de caráter exploratório teve como população alvo ex-alunos do Curso de Graduação em Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas de São Paulo e foi conduzido através da técnica de entrevistas em profundidade baseadas em roteiro. Os resultados sugerem que se trata de indivíduos que são turistas em potenciais...

Entre a saudade do passado e os desafios do presente : representações da velhice, saúde e doença entre homens

Silva, Alessandra Dartora da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.96%
Esta dissertação de mestrado analisa as representações de velhice, saúde e doença entre homens em um contexto específico, que são as casas de passagem. O corpus empírico desta pesquisa foi constituído por homens acima de 60 anos em situação de adoecimento que vieram para Porto Alegre fazer tratamento, permanecendo em casas de passagem. A pesquisa qualitativa e a realização de entrevistas semi-estruturadas constituíram-se em estratégias metodológicas que permitiram estabelecer um diálogo entre a aprendiz de pesquisadora e os participantes, possibilitando que estes (re)construíssem sentidos e significados relativos às situações vividas; também foi elaborado um diário de campo. O enfoque dado a este trabalho está em um dos possíveis modos de olhar para as situações consideradas, a partir do campo dos Estudos Culturais e de Gênero que se aproximam da perspectiva pós-estruturalista. Foi possível a criação de categorias analíticas que abordam as questões relativas ao processo de construções de identidades masculinas. Outra categoria buscou trabalhar as masculin-“idades” e representações sobre velhice, algo para muitos impensado. O engendramento entre saúde, doença e masculinidades articula as questões relativas às construções das identidades masculinas e as distintas representações de saúde e doença. As viagens para Porto Alegre carregam consigo dificuldades e esperança. Este trabalho busca a discussão de situações cotidianas...

Políticas públicas: a construção de imagens e sentidos para o envelhecimento humano

França, Sônia Aparecida Moreira; Hashimoto, Francisco; Correa, Mariele Rodrigues
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 219-238
POR
Relevância na Pesquisa
26.96%
The present study aims to analyze the Brazilian public policies made for the elderly citizen population and to examine their resonance in the production of senses and images on the process of aging. For this, we draw cartographies that could find producing figures of sense about the aging, passing through some politics formulated for to this age group, since the decade of 1920 until the creation of the “Estatuto do Idoso”, in 2003. We checked that the appearance of public policies for the old age happened as an answer to the challenge of managing and controlling the aging process courses in front of the increase of the elderly citizen population. The “Estatuto do Idoso” is an important landmark of the management advance of the State upon the oldness and of the substitution of an philanthropic-assistance model for a preventive model which is based on the promotion of a healthy and productive longevity. With that, next to the figure of the sick and inactive elderly , it begins to appear figurations of a healthy and powerful aging, crossed by images of vitality and rejuvenation.; O presente estudo visa analisar as políticas públicas brasileiras dirigidas à população idosa e examinar suas ressonâncias na produção de sentidos e imagens sobre o processo de envelhecimento. Para tanto...

Sintomas depressivos entre idosos : relações com classe, mobilidade e suporte social percebidos e experiencia de eventos estressantes

Samila Sathle Tavares
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/2004 PT
Relevância na Pesquisa
26.96%
A literatura gerontológica tem apontado os sintomas depressivos na velhice como capazes de alterar o curso de envelhecimento normal. Por esta razão, eles são considerados um tema relevante para a pesquisa clínica, epidemiológica e desenvolvimental. Objetivos: Este estudo tem um foco metodológico e um desenvolvimental. O primeiro buscou explorar as características psicométricas da CES-D em comparação à GDS, a consistência interna da versão reduzida da ISEL e a correlação entre as medidas objetivas e subjetivas de classe e mobilidade social. O segundo objetivo foi o de identificar o impacto relativo à experiência de eventos estressantes, do suporte social percebido e da classe e mobilidade social percebidas sobre a sintomatologia depressiva entre 903 idosos residentes na comunidade (M=72,3 anos DP=8,21), amostra esta pertencente a um projeto de pesquisa sobre Envelhecimento Saudável (PENSA) realizado na cidade de Juiz de Fora (MG). Resultados: 1) Em comparação à GDS (15%) a CES-D (2:11) superestimou a prevalência de depressão (33,8%). Entretanto, encontrou-se alta consistência interna para a CES-D (alpha=0,86), uma estrutura fatorial de três fatores (afetos negativos; dificuldades de iniciar comportamentos; afetos positivos); altos índices de sensibilidade (74...

Memoria, loucura e velhice : os ganhos no processo de envelhecimento pos reforma psiquiatrica (Serviço de Saude Dr. Candido Ferreira - Campinas/SP)

Reginaldo Moreira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
26.96%
A pesquisa investiga os ganhos e as perdas dos idosos, moradores do Serviço de Saúde Dr. Cândido Ferreira - uma instituição psiquiátrica localizada no interior de São Paulo - após a implementação da reforma psiquiátrica. Com a utilização da Metodologia da História Oral, foram coletados registros das pluralidades de memória dos velhos e de informantes colaboradores. As pessoas consideradas "normais" na sociedade ocidental, pertencentes a uma família e rede social, apresentam um declínio, com perdas sociais e cognitivas consideráveis quando envelhecem. Na contramão deste declínio, a pesquisa mostra que a maioria dos idosos desta instituição tiveram ganhos sociais importantes, como aumento de qualidade de vida, justamente na velhice de suas vidas. Estas pessoas que passaram a vida apartadas de direitos e convívio social, somente na velhice iniciam o processo de ressocialização, conquistando documentação, moradia, trabalho, benefício social e uma vida minimamente digna. Apesar disso, ainda existem na instituição idosos com problemas clínicos que não conseguiram desfrutar dos benefícios desta reforma, pois os recursos financeiros são escassos. A instituição inaugurada em 1924, passou por todos os tipos de tratamento manicomial. No ano de 1990 iniciou-se a reforma psiquiátrica: grades foram retiradas...

Eventos de vida estressantes, estrategias de enfrentamento, senso de auto-eficacia depressivos em idosos residentes na comunidade : dados do PENSA; Stressful life events, coping, seif-efficacy of coping, and depression in community-dwelling elderly: data from PENSA

Andrea Cristina Garofe Fortes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/04/2005 PT
Relevância na Pesquisa
26.96%
O presente estudo é uma investigação psicológica sobre a depressão na velhice. Foram investigados os efeitos dos eventos de vida estressantes, estratégias de enfrentamento, e auto-eficácia no enfrentamento sobre depressão em 544 participantes do PENSA, um estudo sobre o envelhecimento bem-sucedido, envolvendo os idosos residentes na comunidade de Juiz de Fora/MG, que relataram ter vivido eventos de vida estressantes nos últimos cinco anos (74,6% mulheres; Média de idade = 72.11; DP = 8.29; 42,1% entre 60-69 anos; 39% 70-79 e 18,9% 80-99). Os eventos de vida estressantes foram classificados em cinco categorias: relacionados à finitude, incontroláveis, relacionados ao cuidado, pontuais ou de crise, e relacionados com o bem-estar psicológico. Os 19 itens do Inventário de Estratégias de Enfrentamento da Califórnia – Califórnia Coping Invetory (Aldwin, Sutton e Lachman, 1996) foram reduzidos em cinco fatores através de análise fatorial: expressão de emoções negativas, controle ambiental, religiosidade, comportamentos de esquiva, e inibição das emoções. A auto-eficácia no enfrentamento foi avaliada como adequada x inadequada. A depressão foi avaliada através da versão da CES-D (Radloff, 1977) validada no Brasil (Tavares...

Memorias das transformações de grupos comunitarios como forma de favorecimento do envelhecimento bem-sucedido; Memory of the transformations of communitarian groups as form of aiding the well-succeeded aging

Denise Castanho Antunes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
26.96%
Introdução: Pesquisas gerontológicas têm ressaltado a importância da reconstrução de memórias de pessoas mais velhas para favorecimento de reflexões acerca do sentido de vida e do estabelecimento de novas metas e formas de enfrentamento. Objetivos: Reconstruir a memória social de grupos comunitários de bairros populares que se envolveram ativamente nos processos de criação e manutenção de grupos comunitários como Mulheres da Periferia, Grupo Reviver, Cantinho da Nossa Senhora de Guadalupe e Giravida. Procuramos identificar a) os significados atribuídos pelos moradores à participação nos movimentos sociais; b) fatores que influenciaram no envolvimento inicial dos participantes e sua permanência nos grupos; c) a relação entre a sua participação social atual e passada e as características de sua rede de suporte social e d) a relação entre geratividade e a participação em grupos comunitários dos segmentos meia-idade, velhice e velhice avançada. Procedimentos: A pesquisa utilizou-se da metodologia da História Oral. Os depoimentos foram coletados através de entrevistas e um Inventário de Geratividade (Neri, 1998), em um grupo de 14 mulheres todas praticantes do catolicismo, e membros e/ou organizadoras grupos comunitários. Análise de dados: As histórias e outras informações foram analisadas dentro do paradigma fenomenológico...

Velho aposentado

Sacramento, Maria Terezinha da Silva
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.96%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciencias Humanas; A tese trata da interpretação da representação da velhice do ponto dos atores destacando as características da classificação da vida em termos das regras que definem o fim da vida objetivando a relativização do conceito de velhice sob a perspectiva da geriatria e gerontologia.

A funcionalidade e incapacidade na velhice: ficar ou não ficar quieto

Pereira,Josianne Katherine; Giacomin,Karla Cristina; Firmo,Josélia Oliveira Araújo
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2015 PT
Relevância na Pesquisa
27.11%
O objetivo deste trabalho é investigar como idosos residentes na comunidade de Bambuí, Minas Gerais, Brasil, lidam com a perspectiva da incapacidade/funcionalidade na velhice, bem como compreender de que forma o contexto sociocultural modula esse processo. Trata-se de abordagem qualitativa, na qual o modelo de signos, significados e ações foi utilizado na coleta e análise dos dados. Foram entrevistados 57 idosos com idades entre 61 e 96 anos, cadastrados nas seis unidades básicas de saúde de Bambuí. “Ficar ou não ficar quieto” é a dúvida que subjaz ao processo de funcionalidade e incapacidade na velhice; todavia, não se trata de uma questão de escolha individual, pois a resposta depende dos recursos financeiros, intelectuais, subjetivos e de apoio social disponível. Além disso, ficar quieto reflete uma concepção de velhice inexoravelmente associada à incapacidade, deixando os idosos conformados com sua condição, de modo que, quando as dificuldades aumentam, resta-lhes somente “esperar a morte chegar”. As equipes de saúde precisam interferir nessa concepção, oferecendo cuidado aos idosos na sua recuperação até o fim da vida.

Dramas, cenas e tramas : a situação de foruns e conselhos do idoso no Rio de Janeiro

Serafim Fortes Paz
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/09/2001 PT
Relevância na Pesquisa
27.11%
O objetivo desta tese é analisar as políticas públicas voltadas para a questão do idoso no contexto brasileiro dos anos 90. Com esta finalidade, tornamos como foco principal de estudo os conselhos e os fóruns do idoso no Estado do Rio de Janeiro. O interesse principal era identificar as organizações produzidas em torno da questão da velhice, como elas percebem quais as demandas dos idosos e como se organizam para responder a estas demandas. Interessava, ainda, caracterizar os tipos de conflitos e de disputas que se podem observar entre estas instituições que lutam para se constituir em representantes legítimas dos idosos. Partindo-se de uma perspectiva qualitativa, os caminhos recorridos nesta tese se apóiam nos seguintes procedimentos: observações participativas em encontros de fóruns (Fórum Nacional Permanente da Política Nacional do Idoso, Fórum Regional Sudeste da Política Nacional do Idoso, Fórum Permanente da Política Nacional e Estadual do Idoso do Rio de Janeiro, Fórum Permanente do Idoso da Baixada Litorânea do Estado do Rio de Janeiro...

Norbert Elias e uma narrativa acerca do envelhecimento e da morte

Agra do Ó,Alarcon
Fonte: Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.11%
Este artigo aborda contribuições de Norbert Elias (1897-1990) para a problematização da velhice, mediante a análise do seu texto "Envelhecer e morrer". O sociólogo é aqui tomado como o autor de textos que podem vir a contribuir para a construção de referências que transcendam os limites disciplinares, ou mesmo a polarização entre saberes 'da saúde' e 'do social', e possibilitem atingir um desejado campo de estudos sobre o envelhecimento. Ainda que, em alguns momentos, compactue com idéias próximas à idealização da 'Era de Ouro' pré-capitalista da velhice, Elias oferece ao leitor pistas instigantes que merecem ser levadas em conta, sobretudo quando relaciona a experiência contemporânea da velhice à invenção da própria modernidade.

Cartografias do envelhecimento na contemporaneidade: velhice e terceira idade

Fonte: Editora UNESP Publicador: Editora UNESP
Tipo: Livro Formato: pdf; epub
Publicado em //2009 PT
Relevância na Pesquisa
27.11%
Desde a década de 1950, diversas pesquisas e estatísticas têm apontado o crescente envelhecimento da população mundial. O Brasil, acostumado a se representar como um país jovem, foi surpreendido com o aumento continuado dos mais velhos, como apontam os censos das últimas décadas, e está sendo forçado a encarar essa nova realidade, acrescentando a velhice no conjunto das preocupações e dos investimentos sociais. Com base em um vasto levantamento bibliográfico sobre o tema e na sua experiência de trabalho com grupos de idosos, a autora analisa o envelhecimento humano no cenário brasileiro como algo que ultrapassa os determinismos biológicos e a ação decisiva do tempo, sendo modelado também por imagens e sentidos criados pelo conhecimento científico e por políticas públicas do Estado. Além disso, ressalta que os estigmas relacionados à velhice cederam lugar a tentativas de representá-la como um período da vida que pode comportar atividades produtivas, realização de projetos e participação ativa no mercado de consumo e que a velhice não é um fato uno e inexorável, mas uma construção humana que abre margens para experiências e significações múltiplas.

O significado da velhice e da experiência de envelhecer para os idosos; Significado de la vejez y de la experiencia de envejecer para los ancianos; The meaning of old age and the aging experience of in the elderly

Freitas, Maria Célia de; Queiroz, Terezinha Almeida; Sousa, Jacy Aurélia Vieira de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/06/2010 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
27.11%
O estudo objetivou conhecer e analisar o significado da velhice e da experiência de envelhecer para os idosos moradores da zona rural do Estado do Ceará. Pesquisa descritiva-exploratória, realizada com 48 idosos, homens e mulheres, cadastrados e atendidos na estratégia saúde da família da zona rural do Ceará, no primeiro semestre de 2005. Os discursos dos idosos revelaram que a velhice traz muitas perdas, principalmente quando acometidos pelo adoecimento. No entanto, relatam que, hoje, são felizes pelas conquistas pessoais e materiais, além da família que conseguiram formar. A experiência de envelhecer e a velhice para o grupo pesquisado revelam-se como acontecimento positivo, comparado aos mitos e preconceitos oriundos do meio urbano.; El estudio tuvo como objetivo conocer y analizar el significado de la vejez y de la experiencia de envejecer para los ancianos habitantes de la zona rural del Estado de Ceará. Investigación descriptivo-exploratoria, realizada con 48 ancianos, hombres y mujeres, censados y atendidos en la estrategia Salud de la Familia de la zona rural de Ceará, durante el primer semestre de 2005. Las declaraciones de los ancianos revelaron que la vejez acarrea muchas pérdidas, principalmente cuando están afectados por alguna enfermedad. Aún así...

Alterações cognitivas de idosos no contexto domiciliar e atitudes de crianças em relação à velhice; Alteraciones cognitivas del anciano en contexto domiciliario y actitudes de infantes en relación a la vejez; Cognitive alterations of the elderly in home settings and the attitudes of children towards aging

Luchesi, Bruna Moretti; Pavarini, Sofia Cristina Iost; Viana, Aline Silveira
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2012 POR
Relevância na Pesquisa
27.11%
Crianças desenvolvem atitudes em relação à velhice desde o nascimento, influenciadas por fatores cotidianos. Objetivou-se avaliar e comparar a atitude em relação à velhice de crianças morando com idosos com e sem alterações cognitivas. Realizaram-se entrevistas domiciliares com 54 crianças de cinco USF, 25 morando com idosos com alterações cognitivas (grupo 1) e 29 com idosos sem alterações cognitivas (grupo 2). Os cuidados éticos foram observados. Aplicou-se a Escala de Atitudes em Relação à Velhice para Crianças, na qual a pontuação média foi de 1,66 pontos (grupo 1) e 1,52 (grupo 2). Um ponto representava a pontuação mais positiva e três pontos a mais negativa possível. Comparando os grupos, os domínios cognição e relacionamento social apresentaram índices significativos, indicando que crianças convivendo com idosos com alteração cognitiva têm atitudes mais negativas nestes domínios. Profissionais de saúde na atenção básica devem atentar-se às famílias multigeracionais e investir na educação das mesmas.; Los niños desarrollan actitudes relacionadas a la vejez desde el nacimiento, influenciadas por factores cotidianos. Se objetivó evaluar y comparar la actitud relacionada a la vejez de niños viviendo con ancianos con y sin alteraciones cognitivas. Se realizaron entrevistas domiciliarias con 54 infantes de cinco USF...

A funcionalidade e incapacidade na velhice: ficar ou não ficar quieto

Pereira,Josianne Katherine; Giacomin,Karla Cristina; Firmo,Josélia Oliveira Araújo
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2015 PT
Relevância na Pesquisa
27.11%
O objetivo deste trabalho é investigar como idosos residentes na comunidade de Bambuí, Minas Gerais, Brasil, lidam com a perspectiva da incapacidade/funcionalidade na velhice, bem como compreender de que forma o contexto sociocultural modula esse processo. Trata-se de abordagem qualitativa, na qual o modelo de signos, significados e ações foi utilizado na coleta e análise dos dados. Foram entrevistados 57 idosos com idades entre 61 e 96 anos, cadastrados nas seis unidades básicas de saúde de Bambuí. “Ficar ou não ficar quieto” é a dúvida que subjaz ao processo de funcionalidade e incapacidade na velhice; todavia, não se trata de uma questão de escolha individual, pois a resposta depende dos recursos financeiros, intelectuais, subjetivos e de apoio social disponível. Além disso, ficar quieto reflete uma concepção de velhice inexoravelmente associada à incapacidade, deixando os idosos conformados com sua condição, de modo que, quando as dificuldades aumentam, resta-lhes somente “esperar a morte chegar”. As equipes de saúde precisam interferir nessa concepção, oferecendo cuidado aos idosos na sua recuperação até o fim da vida.