Página 1 dos resultados de 222 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

A percep????o materna sobre viv??ncia e aprendizado de cuidado de um beb?? prematuro; The mothers perceptions about experience and learning of caring for a premature baby

Siqueira, Marly Beserra de Castro; Dias, Marcos Augusto Bastos
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.06%
Objetivo: analisar a percep????o materna sobre viv??ncia e aprendizado de cuidado de um beb?? prematuro. Metodologia: pesquisa qualitativa, com 21 m??es atendidas no ambulat??rio de neonatologia de um hospital geral do SUS, em Fortaleza-CE. Os dados foram coletados por meio de entrevistas e formul??rio, submetidos a t??cnica de an??lise de conte??do tem??tica e estat??stica descritiva. Resultados: a viv??ncia das m??es ?? marcada pelo trauma do parto prematuro. Ocorrem conflitos e sofrimento, decorrentes da inexist??ncia de uma rotina de suporte social perinatal para essas mulheres, aus??ncia da sistematiza????o do acolhimento e capacita????o das m??es no cuidado de seus filhos, quando internados na UTI neonatal, contrapondo a assist??ncia humanizada praticada na Enfermaria Canguru, al??m da dificuldade no acesso ao ambulat??rio especializado ap??s alta hospitalar. Conclus??o: necessidade de maior organiza????o da assist??ncia materno-infantil, com incorpora????o da integralidade do cuidado e humaniza????o da rela????o entre a fam??lia e os profissionais de sa??de.

A qualidade das informa????es da linha de cuidado m??e-beb?? no Hospital Nossa Senhora da Concei????o

L??ders, Susana Szortyka
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.06%
Este trabalho tem como objetivo geral avaliar a qualidade das informa????es da Linha de Cuidado M??e-Beb?? do Hospital Nossa Senhora da Concei????o atrav??s da identifica????o e an??lise das etapas do processo de cuidado que geram dados, suas formas e dificuldades de registro e dificuldades dos atores em alimentar este sistema de informa????o. A informa????o em sa??de tem um conceito muito amplo e pode ser vista com diversas conota????es mas, de modo geral, descreve uma realidade com o objetivo de atuar sobre ela. O uso de grandes bancos de dados sobre a produ????o de servi??os de sa??de tem sido acompanhada com grande preocupa????o quanto a qualidade destes dados, pois sua utiliza????o depende da qualidade dos dados. Tem sido comum o relato que o registro em papel e digita????o posterior aumenta a possibilidade de erros e vieses na informa????o produzida e utilizada para tomada de decis??es. As diferentes fontes de informa????o utilizadas ser??o analisadas atrav??s da confiabilidade interobservador e da concord??ncia das informa????es coletadas.(Resumo do autor)

Dor e supera????o de m??es e beb??s prematuros: trajet??rias da UTI para o conv??vio familiar

Costa, Manola Vidal de Souza
Fonte: Instituto Fernandes Figueira Publicador: Instituto Fernandes Figueira
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.75%
Trata-se de uma investiga????o sobre o humor materno na rela????o m??e-beb?? prematuro ap??s a alta hospitalar. Utilizei o m??todo qualitativo de pesquisa, que possibilitou investigar o significado atribu??do por m??es de r??cem-nascidos prematuros ao acompanhamento da interna????o hospitalar e ?? intera????o com o beb?? em ambiente dom??stico atrav??s da constru????o de quatro hist??rias de vida. O per??odo enfocado ?? o da interna????o em unidade de tratamento intensivo, UTI neonatal, e os primeiros meses de conv??vio do egresso em ambiente dom??stico. Este trabalho possibilitou a amplia????o e o aprofundamento da compreens??o sobre o humor materno no puerp??rio em sua interface com a assist??ncia oferecida pela unidade de tratamento intensivo em neonatologia e com as rea????es emocionais maternas por ocasi??o do ingresso do beb?? prematuro em ambiente dom??stico. Desta forma, seus resultados s??o uma contribui????o para a sa??de perinatal pois ser?? o humor materno fator a ser considerado como objetivo em intera????es relativas a preven????o e promo????o da sa??de dirigidas a unidade m??e-beb?? prematuro norteadas pela pol??tica de humaniza????o de assist??ncia a sa??de. Na continuidade da recupera????o do beb?? prematuro em domic??lio...

Redes sociais de suporte aos pais dos beb??s internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal

Braga, Maria Christina de Almeida
Fonte: Instituto Fernandes Figueira Publicador: Instituto Fernandes Figueira
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.35%
O objetivo desta pesquisa foi o de estudar as a????es de suporte em torno da hospitaliza????o neonatal realizadas pelas redes sociais que s??o significativas para os pais dos beb??s, examinando sua composi????o, densidade e fun????es. Para tanto, foi realizada - numa maternidade municipal - uma investiga????o de natureza qualitativa atrav??s de entrevistas semi-estruturadas cujos sujeitos eram os pais de beb??s internados na unidade de tratamento intensivo neonatal (UTIN) e os m??dicos neonatologistas, enfermeiros, t??cnicos de enfermagem, assistente social, psiquiatria e psic??logas. Foram entrevistados quatorze pais e nove profissionais de sa??de. Os resultados obtidos demonstram que, tanto as redes de suporte preexistentes quanto aquelas que se formam por causa da interna????o do rec??m-nascido, exercem de diversas maneiras suas atividades solid??rias para com os pais. Os profissionais de sa??de lidam de maneira diferenciada com estas redes, sendo que as compostas dentro do espa??o hospitalar encontram mais dificuldades para exercer suas pr??ticas. Neste sentido, o presente estudo sugere a implanta????o de algumas medidas de modo a favorecer a ado????o de uma perspectiva de rede por parte dos profissionais de modo a minimizar os entraves criados e multiplicar as parcerias com estas matrizes de apoio de fundamental import??ncia para todos os que circulam por um ambiente t??o estressante como o de uma UTIN.

Prematuro, quem ?? esse beb??? as singularidades de beb??s que nascem pr??-termo em quest??o

Ribeiro, Leda Maria Souza de Ara??jo
Fonte: Instituto Fernandes Figueira Publicador: Instituto Fernandes Figueira
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
28%
Considerando que o beb?? pr??-termo n??o teria s??mente um crescimento f??sico - par??metro b??sico da assist??ncia a ele dirigida - mas que estaria em pleno processo de desenvolvimento, evidenciado por seus gestos, posturas,expressoes e movimentos que representariam manifesta??oes pouco valorizadas nos cuidados a esses bebes, mas fundamentais para seu reconhecimento enquanto ser humano e, consequentemente, para seu desenvolvimento, esse trabalho pretendeu explorar o cotidiano de beb??s que nasceram pr??-termo em uma unidade de cuidados neonatais. Em um di??logo com a literatura, buscou-se refletir sobre a representa????o que se teria da prematuridade, iniciando com um breve percurso atrav??s da hist??ria nos reportamos tanto a literatura sobre os beb??s nascidos a termo, num enfoque distinto do da biologia, preocupado com os prim??rdios da vida emocional quanto aquela que estuda beb??s pr??-termo. Para reconhecer o pr??-termo na sua totalidade, a partir de suas especificidades de beb?? - como qualquer beb?? - realizamos um estudo explorat??rio de observa????o, tendo como instrumento principal a filmagem em v??deo, acompanhando tr??s beb??s que nasceram pr??-termo e que estavam no ber????rio intermedi??rio do Instituto Fernandes Figueira. Na an??lise foram considerados tanto o material gravado em v??deo quanto as informa??oes registradas no caderno de campo...

O m??todo de observa????o de beb??s modelo Esther Bick

Costa, Manola Vidal de Souza
Fonte: Instituto Fernandes Figueira Publicador: Instituto Fernandes Figueira
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.35%
Ao apresentar o m??todo de observa????o de bebes, segundo Esther Bick, julgamos ser importante esclarecer que se trata de uma aplica????o de teoria da t??cnica e de hip??tese conceituais provenientes de determinado segmento do conhecimento psicanal??tico. Objetivando definir a origem deste m??todo, tra??amos um pequeno relato das metodologias anteriormente utilizadas nas pesquisas de tal intera????o. Essas observa????es realizam-se sob a ??tica de pesquisa experimental e etol??gica, em cujos experimentos a observa????o ?? realizada por controle do ambiente e dos est??mulos apresentados ao beb??. O trabalho ?? realizado em ambiente artificial, produzido em laborat??rio, com a utiliza????o de recursos audiovisuais na documenta????o do comportamento observado, sendo a presen??a da m??e, ora ?? utilizada como est??mulo, ora necess??ria para os objetivos da experimenta????o. Foi demostrado o encontro de determinada modalidade de conceitua????o dos sentimentos contra transfer??ncias do observador da rela????o m??e-beb?? que se construiu a articula????o central desta disserta????o. Esta conceitua????o pareceu-me o elemento n??o modificado de sua metodologia que se encontra presente tanto no momento de sua inser????o e utiliza????o no contexto da pedagogia da psican??lise...

Interference caused by the insertion of an h-BEB station in standard shared-Ethernet networks: Simulation analysis

moraes, r; vasques, f
Fonte: Universidade do Porto Publicador: Universidade do Porto
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
27.87%
In this paper, it is presented the simulation analysis of an enhanced algorithm for the collision resolution in shared Ethernet networks. Such algorithm, referred as high priority Binary Exponential Backoff (h-BEB), provides high priority traffic separation, enabling the Support of real-time communications. One of the main features of the h-BEB algorithm is to enable the coexistence in the same network segment of Ethernet standard stations with h-BEB modified stations, by imposing higher priority for the transfer of h-BEB messages (privileged traffic). The simulation analysis shows that the proposed traffic separation guarantees a predictable and significantly smaller access delay for the h-BEB station, when compared with the access delay for standard Ethernet stations. The simulation analysis also shows that the h-BEB traffic must be tightly controlled, as it has a high interference level over the non-real-time traffic. Otherwise, if the load generated by the h-BEB station is not closely controlled, the standard Ethernet stations may experience extended access delays.

Real-time traffic separation in shared ethernet networks: Simulation analysis of the h-BEB collision resolution algorithm

moraes, r; vasques, f
Fonte: Universidade do Porto Publicador: Universidade do Porto
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
27.81%
In this paper, the enhanced collision resolution algorithm, referred as high priority Binary Exponential Backoff (h-BEB) is analyzed. Such algorithm provides high priority traffic separation, enabling the support of real-time communication in shared Ethernet networks. It allows multiple Ethernet standard devices to coexist in the same network segment with one h-BEB enhanced station, imposing higher priority for the transfer of h-BEB related traffic. The simulation analysis shows that the h-BEB algorithm guarantees values for both the average access delay and the related standard deviation, that are significantly smaller for the h-BEB station than for the BEB stations.

Abreviação em Relações de Bebês com seus Pares de Idade

Costa,Carolina Alexandre; Amorim,Katia Souza
Fonte: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília Publicador: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
27.66%
Considerando relações no primeiro ano de vida, a abreviação da comunicação é entendida como processo em que elementos negociados aparecem, gradativamente, de forma abreviada nas interações. Esse processo tem sido estudado, fundamentalmente, em relações mãe-bebê. Objetivou-se, assim, verificar abreviação em relações de bebês com pares de idade. Baseou-se em videogravações de bebês em creche. Os sujeitos são um casal de gêmeos (11m) e seus parceiros preferenciais (9-14m). Episódios interativos foram transcritos e analisados microgeneticamente. A abreviação foi identificada nos comportamentos dos bebês, sendo diferenciada nas várias díades. Dependeu do parceiro e das formas de coconstrução das relações e dos recursos de negociações (choro, olhar, balbucios) utilizados entre eles, ao longo do tempo e situações. Implicações teóricas e práticas são apontadas.

Instrumentos de avaliação do vínculo entre mãe e bebê

Perrelli,Jaqueline Galdino Albuquerque; Zambaldi,Carla Fonseca; Cantilino,Amaury; Sougey,Everton Botelho
Fonte: Sociedade de Pediatria de São Paulo Publicador: Sociedade de Pediatria de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
27.54%
Objetivo: Identificar os instrumentos utilizados na avaliação do vínculo entre mãe e bebê com até um ano de vida, descrevê-los e fornecer informações sobre suas medidas de confiabilidade, validade e adaptação para o contexto brasileiro. Fonte de dados: Trata-se de um estudo de revisão integrativa realizado com base nas publicações contidas nas bases de dados PUBMED, LILACS, ScienceDirect, PsycINFO e CINAHL. Utilizaram-se os descritores mother-child relations e mother infant relationship, e as expressões validity, reliability e scale. Selecionaram-se 23 pesquisas, que foram lidas em sua integralidade. Síntese dos dados: Foram identificados 13 instrumentos de avaliação do apego entre mãe e bebê: sete escalas, três questionários, dois inventários e um método de observação. Do total de ferramentas analisadas, o Prenatal Attachment Inventory apresentou maior validade e confiabilidade para analisar a relação entre a mãe e o feto durante a gestação. Quanto ao período puerperal, foram encontrados melhores coeficientes de consistência interna para o Maternal Attachment Inventory e o Postpartum Bonding Questionnaire. Além disso...

Avalia??o e interven??o de beb?s em institui??o de acolhimento infantil

LOPES, Andreza Mour?o
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
27.75%
O presente estudo aborda a avalia??o e interven??o com beb?s em uma institui??o de acolhimento infantil na cidade de Bel?m-Pa, atrav?s da aplica??o da Escala de Desenvolvimento do Comportamento da Crian?a ? EDCC e de um programa de atividades elaborado pela pesquisadora para a estimula??o precoce/essencial das habilidades motoras, cognitivas, linguagem e afetivas. Dados referentes ? hist?ria pregressa de todas as crian?as envolvidas no estudo tamb?m foram considerados e obtidos por meio de relatos informais da equipe da institui??o de acolhimento e atrav?s de documentos (prontu?rios) junto ? dire??o. Participaram do estudo quatro beb?s, com idade entre seis a onze meses, que n?o apresentavam disfun??es neurol?gicas e com o maior tempo de perman?ncia na institui??o. A abordagem metodol?gica utilizada foi qualitativa, com caracter?stica descritiva e interventiva de pesquisa. A avalia??o com a utiliza??o da EDCC no per?odo pr?-interven??o demonstrou que todos os beb?s participantes da pesquisa obtiveram a pontua??o ?4? referente a classifica??o ?bom? da escala, sendo que inicialmente apresentaram dificuldades na realiza??o de comportamentos que envolvem a linguagem e a intera??o social. Na reavalia??o, a maioria dos beb?s participantes manteve a pontua??o ?4? com apenas um evoluindo para ?5? (excelente)...

Entre o lar e a creche: observa??o de um beb? atrav?s do m?todo Bick

SOUZA, Eliana de Jesus da Costa de
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
38.04%
A presente pesquisa teve como objetivo investigar, a partir de um estudo de caso com o m?todo Bick de observa??o, a rela??o entre um beb? e seus cuidadores em sua resid?ncia e na creche em um per?odo de quatro meses. O referencial te?rico utilizado foi a psican?lise especificamente fundamentadas nas propostas de estudiosos do desenvolvimento humano como Leibovic, Stern, Spitz, Winnicott e Mahler, que concordam que o v?nculo formado entre a m?e e seu filho ? essencial para o desenvolvimento ps?quico do beb?. O estudo foi realizado a partir do m?todo qualitativo, atrav?s de um estudo de caso realizado e analisado atrav?s do m?todo Bick de observa??o de beb?s, no ambiente familiar e tamb?m adaptado em um ambiente institucional: a creche. Nesta vers?o do m?todo n?o se acompanhou o per?odo p?s-parto imediato, pois o beb? foi observado tamb?m na creche na qual ingressou quando j? havia completado 07 (sete) meses. Com rela??o ao tempo de observa??o, o m?todo original preconiza a dura??o de dois anos, por?m o tempo de observa??o foi reduzido para quatro meses. Tal adapta??o se faz necess?ria por tratar-se de uma pesquisa ligada ao Programa de P?s-Gradua??o em Psicologia da Universidade Federal do Par?, com per?odo de atividades e t?rmino pr?-estabelecidos e n?o compat?veis com a proposta de Bick. Os dados coletados foram analisados em categorias as quais se seguem: Clarice e seu desenvolvimento emocional...

O olhar que revela o desenvolvimento emocional de um beb? abrigado

NASCIMENTO, Rose Daise Melo do
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
27.87%
O presente trabalho consiste em uma pesquisa qualitativa que se prop?s a observar e analisar sob o enfoque psicanal?tico, o desenvolvimento emocional de um beb? institucionalizado. Para isso realizou-se um estudo de caso, cujo instrumento metodol?gico consistiu na adapta??o do m?todo Bick de Observa??o de Beb?s. As adapta??es versam sobre o ambiente que ? institucional, ? redu??o do tempo de observa??o para o per?odo de quatro meses, ao contexto das supervis?es que, devido ? escassez de pesquisadores que utilizam este m?todo em Bel?m, restringiu a maioria das supervis?es ao par observador e supervisor, sendo que este ?ltimo exerceu a fun??o paralela de orientador deste estudo. Realizou-se a pesquisa em um abrigo estadual que acolhe crian?as de zero a seis anos, onde vivia Miguel, um beb? que foi abandonado por motivo de dificuldades financeiras justificadas pela m?e. Miguel foi observado desde os seus 20 dias de vida at? os quatro meses, atrav?s de observa??es semanais, com dura??o de uma hora, totalizando 20 observa??es, as quais foram registradas e submetidas ?s supervis?es. Os resultados foram organizados em tr?s cap?tulos principais: 1) Sobre o desenvolvimento emocional de beb?s que remonta ao campo te?rico da psican?lise de crian?as 2) Sou visto...

Cuidados parentais e trajet?rias de desenvolvimento: um estudo observacional de d?ades m?e-beb? de dois n?veis socioecon?micos de Bel?m, Brasil

SILVA, Mariane Sarmento da
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.75%
Este estudo utilizou como referencia te?rico o Modelo de Investimento Parental proposto por Heidi Keller, que indica seis sistemas parentais ? cuidados prim?rios, contato corporal, estimula??o corporal, estimula??o por objeto, troca face-a-face e envelope narrativo ? e tr?s mecanismos de intera??o ? aten??o, conting?ncia e calor emocional, os quais s?o independentes entre si e a predomin?ncia de um ou outro depender? da cultura e de caracter?sticas socioecon?micas. Os objetivos desse trabalho foram caracterizar o investimento parental de d?ades m?e-beb? pertencentes ?s classes socioecon?micas baixa (CEB) e m?dia (CEM) da cidade de Bel?m e o estilo conversacional utilizado nas emiss?es verbais das m?es quando em intera??o verbal com seus beb?s. Participaram 20 m?es, sendo nove da CEB e 11 da CEM. A m?dia da idade das m?es da CEB foi 24,5, a maioria tinha o n?vel de escolaridade fundamental (77,8%) e m?dio (22,2%), completos ou n?o, apresentaram renda mensal inferior que as m?es do outro grupo e residiam em ?reas perif?ricas. Quanto a CEM, a m?dia da idade das m?es foi 30,7, e a maioria tinha n?vel educacional superior (63,3%) e residiam no centro da cidade. Foram observadas e gravadas as intera??es m?e-beb? em sess?es de banho e troca...

Investimento parental de m?e surda e m?e ouvinte e seus beb?s ouvintes

ALBUQUERQUE, Raphaella Duarte Lopes de
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.97%
O beb? humano nasce prematuramente para o padr?o dos primatas e essa imaturidade f?sica gera um maior tempo de depend?ncia dos adultos e uma intensifica??o dos cuidados parentais. Este estudo teve como referencial te?rico o Modelo de Investimento Parental proposto por Heidi Keller, o qual indica seis sistemas parentais, evolu?dos em resposta a problemas adaptativos enfrentados por nossos ancestrais e que representam investimentos parentais que diferem com rela??o ? energia, tempo, aten??o e tom emocional direcionados ao beb?. Os sistemas parentais propostos s?o: sistemas de cuidados, sistema de contato corporal, sistema de estimula??o corporal, sistema de estimula??o por objeto, sistema face-a-face e envelope narrativo. A predomin?ncia de um ou outro sistema depender? da cultura. No entanto, as investiga??es realizadas at? o momento contemplam d?ades t?picas e, adicionalmente, n?o foram encontrados estudos longitudinais focalizando as caracter?sticas dos sistemas parentais desenvolvidos entre d?ades cujos canais sensoriais utilizados para trocas iniciais diferem, como no caso de m?es surdas e seus beb?s ouvintes. Este estudo investigou os sistemas parentais priorizados por uma m?e surda e uma m?e ouvinte com seus beb?s ouvintes, bem como as caracter?sticas das inst?ncias de intera??o da d?ade m?e surda ? beb? ouvinte. As m?es eram prim?paras...

Sucessivas revers?es de discrimina??es simples e a forma??o de classes funcionais em beb?s

MAU?S, Silvia de Nazar? da Costa
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
27.35%
O presente estudo procurou investigar a forma??o de classes funcionais de est?mulos em beb?s (crian?as com menos de 3 anos de idade) por meio do treino de sucessivas revers?es de discrimina??o simples (SRDS). Foram utilizadas quatro caixas como est?mulos discriminativos, divididas em dois subconjuntos: A1/B1 e A2/B2. O treino ocorreu em duas fases. Na Fase 1 o treino de SRDS envolveu a apresenta??o de duas caixas por sess?o at? que as quatro caixas funcionaram uma vez como est?mulo positivo (S+) e outra como est?mulo negativo (S-). Na Fase 2 as quatro caixas foram apresentadas simultaneamente na sess?o, sendo que duas caixas funcionavam inicialmente como S+ e duas como S-. Respostas nas caixas designadas como S+ na sess?o eram consequenciadas por encontrar brinquedos dentro delas. As revers?es nas fun??es dos est?mulos eram realizadas at? que o participante respondesse corretamente a partir das primeiras tentativas de uma sess?o. Os tr?s participantes aprenderam a tarefa de SRDS com dois est?mulos. O treino com as quatro caixas (Fase 2) ocorreu sem que nenhum dos tr?s participantes atingisse o crit?rio de aprendizagem para a realiza??o do teste de forma??o de classes funcionais de est?mulos. Discutem-se as vari?veis que favorecem a manuten??o de beb?s no ambiente experimental e aquelas vari?veis que podem facilitar e/ou dificultar a aprendizagem de uma tarefa.; ABSTRACT: The present study aimed to investigate the formation of functional classes of stimuli in infants (children under 3 years old) by means of the training of repeated reversals of simple discrimination (RRDS). Four boxes with discriminative stimulus function were used...

Constru????o da fun????o materna nos cuidados com beb??s prematuros em UTI neonatal

Coutinho, Cleide de Medeiros
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.81%
O objetivo deste estudo foi analisar a constru????o da fun????o materna em UTI neonatal, numa perspectiva de Winnicott, psicanalista ingl??s. A partir deste conceito foi explicado como se d?? a constru????o do processo de maternagem; descrito como o processo de interna????o em UTI neonatal pode afetar o desenvolvimento dos beb??s prematuros bem como as implica????es dos cuidados maternos neste ambiente. Este estudo foi realizado a partir de referenciais te??ricos/revis??o de literatura, baseados na teoria psicanal??tica Winnicottiana, articulado com reflex??es sobre experi??ncia pessoal de est??gio em contexto de sa??de. Este estudo se justifica pela necessidade de sensibiliza????o dos profissionais da sa??de que trabalham em UTIs neonatais quanto ao atendimento humanizado ao beb?? e sua fam??lia, bem como expandir seus entendimentos quanto aos efeitos psicol??gicos advindos desta perman??ncia dos beb??s em uma UTI neonatal que, por vezes, pode se tornar longa, gerando sofrimento ps??quico intenso. No primeiro cap??tulo foram abordados os aspectos psicol??gicos e afetivos que envolvem o amor materno, ou seja, a maternagem ou fun????o materna segundo Winnicott. As quest??es relativas aos beb??s internados em UTI Neonatal foram desenvolvidas no segundo cap??tulo e o trabalho do psic??logo no contexto de UTI neonatal foi abordado no terceiro cap??tulo. Diante deste estudo concluiu-se que os beb??s internados em UTI neonatal carecem de maternagem...

Aspectos psicol??gicos na rela????o m??e-beb?? em gestantes de alto risco

Poncioni, Marcela de Oliveira
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.75%
O per??odo grav??dico ?? considerado um momento de grande relev??ncia para o psiquismo da mulher. In??meras quest??es est??o atreladas a este momento, entre elas a ideia de completude feminina e de maternagem inata, vis??o bastante presente no discurso social. Em um contexto de diagn??stico de risco gestacional, a mulher v??-se diante de um realidade que a faz rever o seu imagin??rio frente ao beb??. Na literatura s??o encontrados estudos que avaliam a liga????o entre os conte??dos ps??quicos maternos e o impacto destes sobre o desenvolvimento do beb??. Por meio de uma revis??o bibliogr??fica, este estudo analisou a condi????o de risco dentro da ??tica do sistema SUS, a rela????o institu??da entre m??e-beb?? e as poss??veis atua????es da psicologia na sa??de perinatal, tendo como foco o setor de alto risco. Foram avaliados como limitadores da pesquisa, a dificuldade em encontrar trabalhos te??ricos que fizessem articula????o com a pr??tica profissional e a pouca literatura voltada para as implica????es de um gesta????o de risco quando se pensa na estrutura????o do psiquismo materno e do beb??. Pode-se concluir que este momento ?? muito singular e individual, ainda que sejam detectadas similaridades entre as pacientes. Foi poss??vel analisar tamb??m...

Structure and Superconducting Properties of "BeB_2"

Young, D. P.; Adams, P. W.; Chan, J. Y.; Fronczek, F. R.
Fonte: Universidade Cornell Publicador: Universidade Cornell
Tipo: Artigo de Revista Científica
Relevância na Pesquisa
27.54%
We present the crystal structure and low temperature electronic transport properties of the intermetallic commonly known as BeB_2. In contrast to the much simpler AlB_2-type structure of the 39K superconductor MgB_2, BeB_2 forms a complex structure type that is nearly unique in nature. The structure has 110.5 atoms per unit cell and a stoichiometry BeB_{2.75}. Polycrystalline Be(^{10.8}B)_{2.75} is superconducting below T_c=0.72K with a critical magnetic field H_{c2}=0.175T. Isotopically pure ^{10.0}B samples of have an enhanced$T_c=0.79K, consistent with a BCS isotope effect. Hall effect measurements suggest that the material is intrinsically compensated.; Comment: submitted to PRL

Fruit texture related changes and enhanced shelf-life through tomato root inoculation with Bacillus subtilis BEB-13BS

Mena-Violante,Hortencia G.; Cruz-Hernández,Adrés; Paredes-López,Octavio; Gómez-Lim,Miguel Á.; Olalde-Portugal,Víctor
Fonte: Colegio de Postgraduados Publicador: Colegio de Postgraduados
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 EN
Relevância na Pesquisa
27.35%
Bacillus subtilis BEB-13bs, a plant growth promoting rhizobacteria, has improved tomato firmness. Since firmer fruits are be expected to be more resistant to spoilage microorganisms and to have a longer shelf-life, root inoculation with this strain could be an alternative to extend tomato shelf-life. Thus, fruit texture-related changes were studied in tomato plants (Lycopersicon esculentum Mill.) inoculated with Bacillus subtilis BEB-13bs. Treatments were: 1) non-inoculated control treatment (CTL); 2) PGPR inoculated treatment (BS13). Evaluation was made at different ripening stages. Pericarp firmness and activity of poligalacturonase (PG), the major cell wall polyuronide degrading enzyme in tomato, were measured. The expression pattern of ripening-related genes was also examined. Pericarp firmness was significantly greater in light red (LR) fruits in the BS13 treatment compared to those in the CTL treatment. PG activity was reduced significantly by the BS13 treatment in LR and red (R) fruits compared to the CTL treatment. The expression pattern of Aco, gene coding for 1-aminocyclopropane-1-carboxylate oxidase (ACO), an enzyme that has a regulatory role in ethylene production during fruit ripening, showed a significant decrease in accumulation of the transcript at the R stage in the BS13 treatment compared to that in the CTL treatment. A shelf-life test was performed storing fruits at 25-27 °C for 10 d at the end of this trial...